Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

sexta-feira, 13 de março de 2015

Fim de contratos da Chesf com empresas pode deixar 146 mil desempregados

O fim de contratos firmados entre a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) com empresas siderúrgicas e petroquímicas da região nordeste, que expiram no próximo mês de julho, pode dempregar cerca de 146 mil pessoas. O alerta foi feito nesta sexta-feira (13) pelo deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA), ao lembrar das "demissões em massa" do estaleiro Enseada, em Maragojipe. "Se a presidente Dilma não renovar os contratos, a Bahia será a principal prejudicada, porque aqui estão as principais indústrias atingidas”, destacou. De acordo com o deputado, caso seja impossibilitada de estabelecer contratos diretamente com a Chesf, a indústria de base do nordeste terá que adquirir energia no mercado a um custo mais alto, o que resultaria na perda da competitividade das empresas do setor. “Fui presidente da Chesf e sei que, na prática, isso leva a um aumento significativo no custo de empresas que possuem até 40% dos seus gastos de produção em energia", disse Aleluia.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/169020-fim-de-contratos-da-chesf-com-empresas-pode-deixar-146-mil-desempregados.html