Mostrando postagens com marcador religião. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador religião. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 22 de maio de 2024

Pastor é preso por “quebrar maldição” de fiéis através do sexo

O pastor Sinval Ferreira, de 41 anos, foi preso pela polícia do Distrito Federal acusado de auferir vantagens financeiras e de abusar sexualmente de fiéis que frequentavam a sua igreja. Segundo as investigações da Operação Jeremias 23, passagem bíblica que alude aos falsos profetas, o religioso usava a sua influência para abusar sexual e financeiramente dos fiéis. 

 

De acordo com reportagem do Metrópoles, a investigação apontou que Ferreira simulava ser um profeta e ter revelações trágicas envolvendo a morte de parentes dos fiéis. Para livrá-los do infortúnio, os homens deveriam receber sexo oral e ter relações sexuais com o líder evangélico.

 

Usando de seu prestígio, o pastor abordou um fiel de sua igreja e relatou-lhe que teve uma visão de que a esposa dele iria morrer. Para satisfazer o seu desejo sexual, o pastor garantiu à vítima que Deus teria lhe dado uma ordem para que salvasse a esposa do homem da morte. A “revelação” consistia na realização de “sete unções” que teriam o poder de “quebrar a maldição” e salvar a vida da mulher. Para funcionarem, as unções teriam que ser realizadas nas partes íntimas do marido. Com receio das ameaças do religioso, o homem acabou cedendo a suas investidas e manteve relações sexuais com o pastor.

 

Além de vantagens sexuais, o pastor também auferia vantagem financeira dos membros do templo religioso. Para conseguir dinheiro, ele agia da mesma forma, ou seja, ameaçava os fiéis de que um ente querido morreria ou ficaria paraplégico. O pastor era visto como uma espécie de profeta na comunidade religiosa, pela suposta capacidade de ter revelações que se concretizavam.

 

Uma mulher de 58 anos, também pastora, foi apontada pela investigação como cúmplice de Ferreira, e o auxiliava com as ameaças de castigo celestial. Além disso, a mulher também manteria relações sexuais com os fiéis, na presença do pastor. No entanto, a pastora não é alvo de mandado de prisão.

 

Uma das vítimas, uma mulher, além de realizar doações generosas para a igreja, chegou a pagar passagem e hospedar o autor no Rio de Janeiro. Esta mesma fiel chegou a emprestar uma chácara que tinha, onde o autor teria realizado “orgias” com outros membros da igreja.

 

As buscas foram cumpridas nas cidades de Vicente Pires, Samambaia e Sobradinho, todas no Distrito Federal. Os autores irão responder pelos crimes de violação sexual mediante fraude e extorsão, cujas penas podem chegar a 17 anos de prisão.


Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/noticia/292582-pastor-e-preso-por-quebrar-maldicao-de-fieis-atraves-do-sexo

terça-feira, 19 de março de 2024

Padres pedem cancelamento de micareta na Bahia marcada em início de Semana Santa

Padres de Tucano, na região sisaleira, criticaram a realização da micareta na cidade. A festa vai ocorrer já em plena Semana Santa, uma vez que passará pelo próximo domingo (24), celebrado pelos católicos como Domingo de Ramos, que marca a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém. Segundo o site Retratos e Fatos, uma nota de repúdio assinada por nove párocos, incluindo o do município, foi divulgada nos últimos dias.

 

Além dos padres de Tucano, religiosos de Araci, na mesma região, também se manifestaram contra a festa. “É uma falta de vergonha, como eu já venho sempre dizendo aqui. Querer promover festa pagã justamente na festa religiosa”, disse o padre Robson Batista. O padre pediu apoio de prefeitos da região para que se manifestem contrários ao evento.

 

“Jesus vai entrar na cidade, no centro, tudo fechado, cheio de caco de vidro, cheio de porcaria na rua. É dessa forma que Jesus vai ser acolhido?”, questionou durante a realização de uma missa. Na opinião do padre Robson, a Justiça também falhou ao autorizar a realização da micareta no período religioso.

 

“Já que a justiça aqui não se manifesta, nós vamos suplicar à justiça divina, que não falha, para mudar, para que essa festa não aconteça”, declarou. Nem a prefeitura de Tucano, nem a organização da festa, se pronunciaram sobre o assunto até o momento. 


Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/municipios/noticia/38560-padres-pedem-cancelamento-de-micareta-na-bahia-marcada-em-inicio-de-semana-santa

sábado, 30 de dezembro de 2023

Participe do 4º pedal da Paz no Distrito de Baixa Grande em Inhambupe Bahia

A Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz em Baixa Grande, no município de Inhambupe Bahia, vai promover o 4º pedal da Paz e conta com a presença de todos, onde irá sair às 6 horas da manhã da Comunidade de Boqueirão, com o café da manhã e benção dos ciclistas em Baixa Grande. 

Lembrando que a Festa da Rainha da Paz irá ser entre os dias 09 a 21 de janeiro de 2024.

sábado, 30 de setembro de 2023

Festa de Santa Terezinha na Igreja Matriz de Inhambupe neste domingo dia 01/10/2023

Neste domingo, dia 01 de outubro, tem Festa de Santa Terezinha do menino Jesus, na igreja Matriz de Inhambupe.
"O amor de Jesus faz superar todas as dificuldades".
A Santa missa será as 19 horas e após a missa terá Procissão com Banda Musical.
Contamos com a presença de todos.

terça-feira, 13 de junho de 2023

O dia em que Santo Antônio foi preso no sertão baiano

Imagem: https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-santo-antonio/119/102/

Neste 13 de junho data em que se comemora o dia de Santo Antônio trago-lhes um fato inusitado ocorrido nos sertões da Bahia, mais precisamente na Vila de Santo Antônio das Queimadas atual município de Queimadas. A história da prisão e condenação de Santo Antônio. 

Para entendermos melhor esse fato pra lá curioso, precisamos voltar um pouco no tempo. 

Tudo começa por volta do século XVIII, quando um vaqueiro encontra uma imagem de Santo Antônio debaixo de uma arvore no alto de um morro na fazenda Queimadas, ele leva a imagem para a sede da fazenda entregando-a a proprietária dona Isabel Maria Guedes de Brito que a coloca em seu oratório. No dia seguinte misteriosamente a imagem desaparece, sendo encontrada mais tarde no mesmo local onde havia sido avistada pela primeira vez. Levada novamente á fazenda, torna a desaparecer, isso se sucedeu por vários dias, deixando todos atônitos. Alguns freis capuchinhos que estavam de passagem pelo local ao saberem do ocorrido, aconselharam dona Isabel a construir uma capela no local onde a imagem tinha sido encontrada, o que foi feito. Desse dia em diante, Santo Antônio passou a ser o padroeiro do pequeno povoado e mesmo passou a se chamar Santo Antônio das Queimadas. 

Após a construção da capela, a fama do Santo se espalhou pela região e as pessoas passaram a construir casas ao redor da capela em terras cedidas por dona Isabel. 

Com a morte de dona Isabel, todos os seus bens (Terras, escravos, gado etc.) foram deixados pela a imagem de santo Antônio, sendo estes bens administrados pela freguesia de Sant´Ana do Tucano, freguesia ao qual a vila de queimadas pertencia. 

O Crime

Não é possível dizer a data exata que ocorreu pois não se sabe onde foi parar o processo, mas acredita-se que tenha sido entre o final do século XVIII e inicio do XIX. Numa noite durante os festejos em homenagem a Santo Antônio, um homem foi assassinado e seu corpo fora encontrado no adro capela. O crime foi atribuído a um escravo pertencente a Santo Antônio, pois o referido escravo tinha desaparecido nesse mesmo dia, não sendo mais o mesmo encontrado. Como a Lei da época responsabilizava os donos dos escravos pelos crimes praticados por estes, caso os mesmos não fossem entregues á justiça, Santo Antônio foi assim responsabilizado pelo crime. 

A imagem foi presa, amarrada de cabeça para baixo e levada num lombo de burro para ser julgada na Vila de Água Fria, comarca a qual Santo Antônio das Queimadas estava subordinada. 

Segundo relatos Santo Antônio passou 30 dias preso na cadeia, acredita-se que o Santo tenha participado de pelo menos duas audiências tendo tido inclusive direito a um defensor e duas testemunhas que foram ouvidas. Após julgado e condenado, foi desapossado e teve todos os seus bens confiscados e levados a leilão público, tendo sido arrematado pelo Coronel Francisco de Paula Araújo Brito, fazendeiro de Inhambupe, mas o mesmo não foi tomar posse dos bens, o que gerou várias disputas pela posse destas terras. 

Terminado o processo a imagem de Santo Antônio inexplicavelmente desapareceu, o mesmo acontecendo com o processo criminal. 

Várias são as versões sobre paradeiro da imagem, alguns afirmam que foi para Serrinha, outros dizem que foi parar em Inhambupe, há que afirme estar em Irará. Mas apesar de todos os esforços o Santo nunca foi encontrado restado apenas a lenda no imaginário popular. 

Os moradores de Água Fria e de Queimadas ao longo desses anos desenvolveram a ideia que as cidades teriam sido castigadas e amaldiçoadas pelo santo. No período colonial Água Fria era uma das vilas mais prosperas da Bahia, com tempo perdeu a importância e hoje vive no ostracismo. Logo após o julgamento de Santo Antônio viu sua comarca ser transferida para um ex distrito seu Irará. 

Queimadas foi praticamente destruída nas enchentes do rio Itapicuru em 1910 e 1911, das 450 casas que tinha na época só restaram 50. Até os dias atuais os moradores destas cidades atribuem o atraso e a falta de desenvolvimentos delas á prisão de Santo Antônio. Alguns chegam a afirmar que estas cidades só se desenvolveram quando a imagem de Santo Antônio for encontrada.

Gilson Santana

BIBLIOGRAFIA MATOS, Ariene Pinto Góes. Que a Justiça de Água Fria te condene. O Julgamento de um Santo no sertão baiano. TCC de licenciatura em História. Conceição do Coité, Ba: UNEB.2010.

https://www.trbn.com.br/materia/I53088/em-queimadas-um-santo-foi-preso-julgado-e-condenado-por-homic-dio Acessado em 12 de junho de 2023.

http://santoantoniodasqueimadas.blogspot.com/2012/01/o-processo-de-santo-antonio-das.html Acessado em 12 de junho de 2023.

https://fabiopereiraribeiro.medium.com/o-dia-em-que-prenderam-santo-ant%C3%B4nio-no-sert%C3%A3o-da-bahia-por-f%C3%A1bio-pereira-ribeiro-2b17d8f02c Acessado em 12 de junho de 2023.

https://sampi.net.br/bauru/noticias/2224295/tribuna_do_leitor/2017/04/a-prisao-de-santo-antonio Acessado em 12 de junho de 2023.

https://www.bahiaja.com.br/lobisomemdeserrinha/causos&lendas/coluna/2012/06/13/como-prenderam-santo-antonio-em-queimadas-e-este-foi-condenado,2406,0.html Acessado em 12 de junho de 2023.

domingo, 9 de abril de 2023

Páscoa (significado, origem e símbolos)

Imagem: RCC Brasil

Páscoa é uma importante celebração da igreja cristã em homenagem à ressurreição de Jesus Cristo.

Páscoa se origina da palavra em latim Pascha, que deriva do hebraico Pessach/ Pesach, que significa “a passagem”. Essa “passagem” está descrita no Antigo Testamento como a libertação do povo israelita da escravidão no Egito. A Páscoa era celebrada pelos judeus para comemorar a liberdade conquistada pelo seu povo.

Já no Novo Testamento, a Páscoa é a celebração da passagem da morte para a vida, através da ressurreição de Jesus Cristo.

Segundo o calendário cristão, a Páscoa consiste no encerramento da chamada Semana Santa. No catolicismo, as comemorações referentes à Páscoa começam na "Quinta Feira Santa" com a Missa da Ceia do Senhor. Em seguida, na "Sexta Feira Santa", é memorada a crucificação de Jesus. No "Domingo de Páscoa" é celebrada a sua ressurreição e o primeiro aparecimento aos seus discípulos, encerrando as comemorações de Páscoa.

A Semana Santa é a última semana da Quaresma, período em que os fiéis cristãos devem permanecer por 40 dias em penitências e períodos de jejum.

Apesar disso, as práticas nesta época variam conforme a religião em questão. Por exemplo, os cristãos católicos e os cristãos protestantes têm práticas diferentes durante a Páscoa.

Quando se comemora a Páscoa

O dia da Páscoa foi estabelecido por decreto do Primeiro Concílio de Niceia (ano de 325 d.C), devendo ser celebrado sempre ao domingo após a primeira lua cheia do equinócio da primavera (no Hemisfério Norte) e outono (no Hemisfério Sul).

A Páscoa é, portanto, uma festa móvel. É um tipo de feriado que não ocorre sempre na mesma data no calendário civil, mas tem um período certo para acontecer. Como carnaval, por exemplo. A comemoração da Páscoa costuma ser entre os dias 22 de março a 25 de abril.

É comemorada em vários países, principalmente aqueles com fortes influências do cristianismo. Os espanhóis chamam a data de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.

Páscoa judaica

A Páscoa teve a sua origem na história do povo judeu, e o Pessach ou Pesach é uma antiga festa realizada para celebrar a libertação do povo hebreu do cativeiro no Egito, aproximadamente em 1280 a.C.

As festividades começavam na tarde do dia 14 do mês lunar de Nisan. Era servida uma refeição semelhante a que os hebreus fizeram ao sair apressadamente do Egito (o Sêder de Pessach).

Símbolos da Páscoa

A Páscoa é recheada de símbolos representativos, assim como quase todas as celebrações religiosas. A maioria destes símbolos, no entanto, foram sincretizados pela igreja a partir de costumes e rituais pagãos ou de outras religiões.

coelho da Páscoa, por exemplo, se tornou um dos principais símbolos desta festividade em referência as comemorações realizadas pelos povos antigos durante o começo da primavera. Acreditava-se que o coelho era a representatividade da fertilidade e do ressurgimento da vida.

ovo também é um símbolo da Páscoa, pois representa o começo da vida. Vários povos costumavam presentear os amigos com ovos, desejando-lhes a passagem para uma vida feliz. A partir deste costume, surgiram os primeiros Ovos de Páscoa.

Fonte: https://www.significados.com.br/pascoa/

sábado, 8 de abril de 2023

Significado do Sábado de Aleluia

Imagem: Sardegna Terra Mia

Sábado de Aleluia é o Sábado da Semana Santa, o primeiro dia depois da crucificação e morte de Jesus Cristo e o dia anterior ao Domingo de Páscoa.

O Sábado de Aleluia ou Sábado Santo é uma data móvel, podendo cair entre 21 de março a 24 de abril.

Durante o Sábado Santo é celebrada a Vigília Pascal, ocasião em que os fiéis cristãos se reúnem em constantes orações durante toda a madrugada que antecede o Domingo de Páscoa.

O significado da Vigília Pascal está relacionado com a preparação para a ressurreição de Jesus Cristo que, segundo a bíblia, aconteceu no terceiro dia após a sua morte.

No Sábado de Aleluia também é o dia em que se acende o Círio Pascal, uma grande vela que simboliza a Luz de Cristo, que ilumina o mundo.

Na vela, estão gravadas as letras gregas Alfa e Ômega, que querem dizer "Deus é o princípio e o fim de tudo”.

Na tradição católica, os altares das igrejas são cobertos, pois assim como na Sexta-Feira Santa, não se celebra a Eucaristia. Além da Eucaristia, também é proibido celebrar qualquer outro sacramento, exceto o da confissão.

Originalmente, durante o Sábado de Aleluia os católicos romanos deveriam praticar um jejum limitado, como a abstinência no consumo de carne vermelha, que deveria ser substituída por peixes.

É também no Sábado de Aleluia que se faz a tradicional Malhação de Judas (ou Queima de Judas), representando a morte de Judas Iscariotes, discípulo que teria traído Jesus Cristo.

Nesta tradição popular, as pessoas costumam fazer bonecos de pano (ou de outros materiais) que simbolizam a figura de Judas. Depois, reúnem-se e “torturam” o boneco, simulando a sua morte das mais diferentes formas, seja enforcado em árvores ou queimado numa grande fogueira.

Fonte: https://www.significados.com.br/sabado-de-aleluia/

sexta-feira, 7 de abril de 2023

Significado da Sexta-feira da Paixão

Imagem: Você Sabia

Sexta-feira da Paixão ou Sexta-feira santa é um feriado religioso comemorado pelos cristãos, simbolizando o dia da morte de Jesus Cristo, e faz parte das festividades da Páscoa, que simboliza a ressurreição do Messias.

A sexta-feira da Paixão é considerada uma data móvel, ou seja, não possui um dia específico para ser comemorado anualmente. Por regra, deve ser celebrada na sexta-feira que precede o domingo de Páscoa.

De acordo com a tradição, para se definir o dia em que é celebrada a sexta-feira santa, considera-se a primeira sexta-feira de lua cheia após o equinócio de primavera (no Hemisfério Norte) ou equinócio de outono (no Hemisfério Sul). Neste caso, a sexta-feira da Paixão pode ocorrer entre os dias 22 de março e 25 de abril.

Após a definição da data da sexta-feira santa, outras comemorações são estabelecidas, como o domingo de Páscoa, a quarta-feira de Cinzas (primeiro dia da Quaresma) e o Carnaval.

De acordo com o cristianismo, a Sexta Feira Santa é um dia de reflexão sobre o sacrifício de Jesus na cruz. Para os católicos, tradicionalmente, a sexta-feira da Paixão é um dia de rituais e penitências, como o jejum ou a abstinências de prazeres mundanos.

É comum ver reconstituições, encenações, homenagens e outras formas de representações artísticas de como teriam sido os últimos momentos de vida de Jesus Cristo, seu julgamento, crucificação e ressurreição do "mundo dos mortos".

Fonte: https://www.significados.com.br/sexta-feira-da-paixao/

segunda-feira, 3 de abril de 2023

Justiça determina penhora de dízimo para pagar dívidas da Igreja Mundial do Poder de Deus

Parte do dízimo da Igreja Mundial do Poder de Deus, liderada pelo pastor Valdemiro Santiago, será penhorado para o pagamento de dívidas em Ubatuba, no Litoral Norte de São Paulo. A decisão é do juiz Diogo Volpe Gonçalves Soares.

 

Conforme o G1, o magistrado estabelece que 10% do valor arrecadado pela igreja durante os cultos em Ubatuba seja penhorado para o pagamento de R$ 70 mil em honorários devidos a um advogado.

 

O valor é originário de um processo de despejo em que a Igreja Mundial do Poder de Deus foi condenada a pagar mais de R$ 880 mil em aluguéis atrasados para uma professora que locou um prédio onde funcionava o templo na cidade.

 

A igreja não pode mais recorrer, já que a condenação aconteceu em duas instâncias. Apesar disso, o processo segue em fase de execução, ainda sem o pagamento da dívida. A Igreja Mundial chegou a contestar o valor, o que foi rejeitado pelo juiz. Sem o pagamento, a Justiça ainda determinou bloqueio nas contas da Igreja, mas não encontrou saldo.

 

De acordo com a publicação, a igreja também foi condenada a pagar os honorários do advogado Cesar Augusto Leite e Prates, que representou a professora no processo. Ele moveu uma ação à parte para receber os honorários de sucumbência, que culminou na decisão do dia 27 de março.

 

A defesa da Igreja Mundial foi procurada pela reportagem, mas não deu retorno até a publicação da matéria.

 

ILHABELA

A Igreja Mundial do Poder de Deus e a prefeitura de Ilhabela fizeram um acordo para parcelamento de uma dívida de R$ 2,8 milhões em IPTU atrasado de uma mansão luxuosa com vista para o mar no arquipélago. Nos documentos que o G1 teve acesso, a casa está registrada no nome de um empresário que morreu em abril de 2021. Apesar disso, um procedimento administrativo da prefeitura constatou que, na verdade, a mansão atualmente pertence à igreja.

 

À justiça, a prefeitura afirma que, apesar de estar em nome da igreja, o imóvel é de "uso recreativo (veraneio) e pessoal do Pastor Valdemiro Santiago, cujo patrimônio se confunde com o da própria Igreja Mundial do Poder de Deus".

 

A dívida se arrasta há anos e desde 2015 o governo municipal tenta receber os valores. Apesar disso, o acordo para pagamento da dívida só foi feito depois que a Justiça determinou a penhora e leilão da área.

 

Com a renegociação do débito, feita no dia 14 de fevereiro e o primeiro pagamento foi feito no dia 22, a prefeitura de Ilhabela solicitou a suspensão do processo por um prazo de seis meses a partir de fevereiro. A Justiça acatou o pedido. O acordo prevê que a Igreja Mundial do Poder de Deus pague 60 parcelas de R$ 48.075,95, totalizando R$ 2.884.557,55.

 

Em decisão publicada no dia 12 de dezembro, o juiz Lucas Garbocci da Motta determinou a penhora e leilão do imóvel para quitar a dívida milionária com a cidade.

 

A mansão fica na Avenida José Pacheco do Nascimento, na Praia do Veloso, em uma área de mais de 3 mil metros quadrados e conta com três piscinas, ginásio, heliponto e 22 quartos com banheira e televisão.


Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/justica/noticia/67120-justica-determina-penhora-de-dizimo-para-pagar-dividas-da-igreja-mundial-do-poder-de-deus

terça-feira, 7 de março de 2023

Fotos da Posse do Padre Fernando em Vila do Conde - Conde Bahia e um pouco da história do Santuário



































O Padre Fernando tomou posse na noite dessa segunda-feira, dia 06 de março de 2023, como Pároco na Paróquia Nossa Senhora do Monte - Vila do Conde - Conde - Bahia.

Na Celebração teve a presença do Bispo Reverendíssimo Senhor Dom Francisco de Oliveira Vidal e dos Padre Renato Peixinho de Inhambupe, Padre Cosme da Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres de Entre Rios e do Padre Danilo da Catedral Santo Antônio de Alagoinhas.

Lembramos que o Padre Fernando esteve na Paróquia do Divino Espírito Santo de Inhambupe por 3 anos como vigário paroquial.

Histórico da Vila do Monte

Os jesuítas que chegaram à Bahia com o terceiro governador geral do Brasil, Mem de Sá, encontraram na foz do rio Itapicuru, ao norte de Salvador, os nativos Tupinambás, habitantes do local. Em 1621, Garcia D’Ávila, o Senhor da Casa da Torre, concedeu em testamento a sesmaria aos jesuítas, que construíram no local a Capela de Nossa Senhora do Monte. O local passou a chamar-se Itapicuru de Baixo.

No século seguinte, a sesmaria dos jesuítas ganhou status de Freguesia, recebendo o nome de Nossa Senhora do Monte do Itapicuru da Praia. Finalmente, em 1806, por ordem do Conde dos Arcos, a Freguesia foi elevada à categoria de Vila. Por esta razão, o município chama-se Conde; a sede municipal – Vila do Conde; e a localidade turística, Sítio do Conde.

Do alto da Vila do Conde, bairro mais antigo da região, observa-se uma vista panorâmica . E no ponto mais alto encontra-se o Alto do Cruzeiro, dizem os moradores mais antigos, que a Igreja Nossa Senhora do Monte recebeu uma imagem de Nossa Senhora, que foi posta no altar da Igreja. No dia seguinte verificou-se que a imagem não estava mais lá e diante de tanta procura foi localizada em um monte em cima da copa de uma árvore, próximo à igreja. Levou-se a Santa de volta para a igreja e novamente ela apareceu no mesmo lugar. Diante dos acontecimentos, fez-se uma Capela para a Santa, lá no intitulado Alto do Cruzeiro. O Alto do Cruzeiro recebe visitas diariamente de moradores da localidade e principalmente na alta temporada. Contam que próximo à raiz da àrvore, há um bojo que contém uma água milagrosa, e que permanece cheia durante todo o ano, ela nunca seca, as pessoas com enfermidades recorrem a ela para obter cura. Diversos são os pedidos que são feitos e atendidos pela Santa, em agradecimento os fiéis levam próteses, acendem velas e fazem muitas orações.

Fonte do histórico: https://condebahia.wordpress.com/tag/igreja-nossa-senhora-do-monte/

domingo, 5 de março de 2023

A partir dessa segunda-feira(06) o Padre Fernando irá assumir a Paróquia Santuário Diocesano Nossa Senhora do Monte, Vila do Conde - Conde - Bahia.

Padre Jailton e o Padre Fernando na Paróquia Nossa Senhora do Monte


Depois de 3 anos na Paróquia do Divino Espírito Santo de Inhambupe, o Padre Fernando irá assumir nessa segunda-feira, dia 06 de março de 2023 o ofício de Pároco da Paróquia Santuário Diocesano Nossa Senhora do Monte, Vila do Conde - Conde - Bahia.

O Padre Jailton que estava nessa paróquia irá para a Paróquia de Heliópolis na terça-feira, dia 07 de março.

Inhambupe terá dois Padres: O pároco Renato Peixinho e no lugar de Padre Fernando terá o Padre Gilberto que será o vigário.

Reverendíssimo Senhor Dom Francisco de Oliveira Vidal vem considerando o bem das almas e atento das atividades pastorais administrativa da nossa igreja.



 


Fonte: Divulgação da Paróquia

Abaixo veja fotos do Santuário Nossa Senhora do Monte - Vila do Conde - Conde - Bahia.