Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Encontro semanal do terço dos homens em Inhambupe que acontece todas as segundas






Todas as segundas tem encontro da Pastoral do Terço dos Homens em Inhambupe, e todos os homens são convidados para participar desse momento de fé, a partir das 19 horas na Igreja Matriz.

Por que fevereiro tem só 28 dias?

 

(exceto quando é ano bissexto e ele ganha um dia extra)
Sério, qual é o problema de fevereiro? Por que ele não pode ter 30 ou 31 dias como um mês comum? A história explica. Dizem por aí que Rômulo, o fundador de Roma (que talvez seja só uma lenda), precisava de uma maneira para organizar os inúmeros festivais e atividades de sua república. Daí surgiu a ideia de criar um calendário, baseado nesses eventos, que desse conta dessas necessidades.
Os astrônomos antigos já tinham uma noção de equinócios e solstícios - logo, das estações. Os primeiros são em dezembro e em junho, marcando o início do verão e do inverno, respectivamente. É quando Sol em seu movimento aparente atinge a maior declinação a partir da linha do equador, fazendo com que a noite seja maior que o dia no inverno e o inverso no verão. Os equinócios acontecem no outono e primavera, quando estamos no meio termo e o dia e a noite tem durações mais próximas. O ciclo completo dura 365,242 dias - lembra algum período para você?
Além disso, astrônomos observavam as fases da Lua: Nova, Crescente, Cheia e Minguante. Cada uma durava pouco mais de 7 dias e o ciclo completo dura 29,5 dias.
Os romanos criaram um calendário lunar, com dez meses com duração de 30 ou 31 dias, começando em Março e terminando em Dezembro. Mas esse ano não contemplava o calendário Solar, marcado pelas estações - e muito importante para a agricultura. Basicamente, eles pulavam o inverno que, no Hemisfério Norte, começa a partir de dezembro e dura os primeiros meses do ano. E isso começou a ficar confuso.
Foi então que Numa Pompilius, segundo rei de Roma, teve uma ideia. Como números pares eram considerados de mau agouro na Roma antiga, ele removeu um dia de todos os meses com 30 dias. Ou seja - abril, junho, sextilis (o agosto), setembro e novembro ficaram com 29 dias. Ele queria que o calendário cobrisse 12 ciclos da Lua, chegando ao número de 354 dias. Mas 354 é um número par - ops! Então ele arredondou o número para 355 dias, ganhando 57 dias extras. Ele dividiu esse número em dois novos meses e os colocou no fim do calendário. Sim, janeiro (de 29 dias) e fevereiro (de 28) já foram organizados depois de dezembro em um calendário anual.
Fevereiro ganhou 28 dias. Sim, é um número par - mas os romanos deixaram esse passar. Por que? Fevereiro, na época o último mês, era considerado um período de má-sorte. Então eles queriam que ele acabasse o quanto antes. Logo, não se importaram em deixar esses dias a menos.
Ainda assim, o calendário de Numa Pompilius não coincidia com as estações. Depois de alguns anos, as estações não estavam em sincronia com seus meses e uma nova reforma se fez necessária. Aí fevereiro foi dividido em dois: 23 dias - e o resto. Aí para evitar a falta de sincronia entre o calendário e as estações, ano sim ano não esse 'resto' de cinco dias recebia um acréscimo de 27 dias. Se você odeia o ano bissexto esse esquema parece ainda mais confuso, certo? Dessa forma a cada quatro anos os 1465 dias passados poderiam ser divididos em quatro partes de 366,25, que se aproxima mais do ciclo solar.
Se o calendário fosse organizado dessa forma as estações estariam mais próximas da realidade. Mas aí entra a política: pessoas incumbidas de cargos na república romana queriam estender seus mandatos, ou expulsar concorrentes. Então esses dias extras acabavam sendo adicionados mais por pressões da sociedade do que pelas estações, como no plano normal, e tudo voltou a ser confuso.
Quando Júlio César chegou ao poder em 49 a.C. as coisas já estavam completamente fora de sincronia. Por sorte ele havia passado um tempo no egito, onde os calendários de 365 dias eram populares. E então em 46 a.C. ele fez uma nova reforma no calendário romano. Moveu janeiro e fevereiro para o começo do ano e adicionou 10 dias ao ano para chegar ao total de 365 dias. O mês Quintilis passou a se chamar Julius (Julho) e ganhou um dia extra, 31, em homenagem ao então imperador. Fevereiro ficou com 29 dias. Três décadas mais tarde, em 8 a.C, o nome do oitavo mês, Sextilis, foi trocado para Augustus, para homenagear o importador César Augusto. Mas Augustus tinha só 30 dias enquanto Julho tinha 31. O imperador da época determinou então que seu mês tivesse 31 dias, para ficar em pé de igualdade com césar. Setembro ficou com 30 dias depois dessa mudança.
E, como o ano é um pouco maior do que esse número redondo (0,242 dia, para sermos exatos) ele também adicionou um dia extra a cada 4 anos. No entanto, eles o adicionaram entre os dias 23 e 24 de fevereiro. Muito tempo depois uma nova reforma teria sido feita para oficializar o dia extra no fim de fevereiro - dia 29 nos anos bissextos.

Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2015/02/por-que-fevereiro-tem-so-28-dias.html

Vídeo da história do carnaval em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Quinto homicídio de 2017 é registrado no bairro do novo Inhambupe

A rotina de homicídios neste município continua. Por volta das 20h deste domingo (26), um jovem, identificado como ‘Burrão’, foi assassinado a tiros, no bairro do novo Inhambupe. Esse é o quinto homicídio registrado na cidade esse ano.

Segundo informações repassadas por populares a este blog, burrão estava na porta de sua residência, quando dois homens em um carro efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a vítima que não teve qualquer chance de reação e morreu no local antes mesmo de receber assistência pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

 Os autores do crime fugiram em seguida. Uma equipe da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (BPM) esteve no local, isolou o local do crime até a chegada da perícia. Ninguém foi preso.
 
Fonte: http://davidgouveiablogshow.blogspot.com.br/2017/02/inhambupe-quinto-homicidio-de-2017-e_26.html

Ivete conta bastidores de desfile e agradece homenagem: ‘Minha Bahia me dá tudo’


Ivete conta bastidores de desfile e agradece homenagem: ‘Minha Bahia me dá tudo’
Foto: Reprodução / Twitter
 
A cantora Ivete Sangalo terminou o desfile da Grande Rio que a homenageava, mas não conseguiu ficar parada. Ao subir para a cabine de transmissão da TV Globo, ela fez questão de abraçar a todos da escola antes de falar com Fátima Bernardes e Alex Escobar. "Que história linda você contou. Obrigada, você foi maravilhoso pra mim. Entendeu minha história de uma forma tão especial”, agradeceu ao carnavalesco Fábio Ricardo, que chorava de emoção. “É um sonho, olha que energia linda. Ai, minha Bahia me dá tudo”, agradeceu. Ao ser questionada sobre o peso de ser a figura central da história, a baiana rebateu: “Isso é oportunidade, não é responsabilidade. Responsabilidade a gente tem com coisas do dia a dia, essa foi uma oportunidade única”. Ivete contou ainda bastidores do desfile da criação da apresentação. Segundo ela, Fabinho ele “compreendeu a história de uma forma tão linda, de um prisma tão poético, que eu descobria dentro da história coisas íntimas”. Ivete se emocionou com a comissão de frente, em que relembrou o tempo em que lavava roupas no rio em Juazeiro, e frisou que foi ela que pediu para abrir e fechar o desfile. “Eles queriam que eu aparecesse na frente e depois só no final. Logo eu, que sou exibida?”, brincou. Ela também passou por um momento dramático: ao encerrar a apresentação da comissão de frente, ela entrou em um carro e deveria atravessar a Sapucaí inteira até o último carro. Mas o motorista parou ao lado da terceira alegoria, o que a fez sair correndo para chegar a tempo. "Eu corri igual coelho de colchete. Cheguei lá em um minuto, ainda bem que eu treino”, disse aos risos. O filho Marcelo, que a acompanhou no último carro, foi flagrado sentado no estúdio, com cara de cansado. “Ele dorme 20h. Segurou por causa da mãe. Mas já tô vendo que amanhã ele vai me pedir pra ir no trio”, explicou. Ivete se apresenta nesta segunda-feira (27) no Bloco Coruja, no circuito Dodô (Barra Ondina).
Fonte:http://www.bahianoticias.com.br/noticia/203693-ivete-conta-bastidores-de-desfile-e-agradece-homenagem-minha-bahia-me-da-tudo.html

‘Moonlihgt’ desbanca ‘La La Land’ e leva Oscar em meio a confusão de apresentadores

‘Moonlihgt’ desbanca ‘La La Land’ e leva Oscar em meio a confusão de apresentadores
Foto: Divulgação
 
Após um erro dos apresentadores, que anunciaram “La La Land - Cantando estações” como vencedor do Oscar de Melhor Filme, “Moonlight: Sob a Luz do Luar” desbancou o longa protagonizado Emma Stone e Ryan Gosling, levando o principal prêmio da noite, na cerimônia deste domingo (26). Na ocasião, Faye Dunaway e Warren Beatty, estavam com o envelope de Melhor Atriz, que foi para Emma Stone. Os produtores de “La La Land chegaram a subir ao palco e discursar, mas foram avisados sobre o problema. "Há um erro, 'Moonlight', caras, vocês ganharam melhor filme. Isso não é uma brincadeira, acho que eles leram a coisa errada", disse um deles. "Moonlight" venceu ainda nas categorias de Roteiro Adaptado e Ator Coadjuvante (Mahershala Ali). Já “La La Land” levou seis estatuetas: Melhor Atriz, Diretor, Música Original, Trilha Sonora, Fotografia e Design de Produção.
Confira lista de vencedores: Melhor filme: Moonlight: Sob a Luz do Luar Melhor ator: Casey Affleck - Manchester a beira mar Melhor atriz: Emma Stone – La La Land - Cantando estações Melhor diretor: Damien Chazelle, La La Land Melhor ator coadjuvante: Mahershala Ali - Moonlight: Sob a luz do luar Melhor atriz coadjuvante: Viola Davis - Cercas (Fences) Melhor animação: Zootopia - Essa Cidade é o Bicho Melhor filme estrangeiro: O apartamento (Irã), do diretor Asghar Farhadi Melhor roteiro adaptado: Moonlight Melhor roteiro original: Manchester à beira-mar Melhor design de produção: La la land: Cantando estações Melhor fotografia: La La Land - Cantando as Estações Efeitos visuais: Mogli Melhor curta-metragem: Sing Melhor documentário: O.J.: Made in America? Melhor documentário de curta-metragem: The white helmets Melhor cabelo e maquiagem: Suicide Squad Melhor edição de som: A chegada Melhor mixagem de som: Até o último homem Melhor curta de animação: Piper Melhor canção original: City Of Stars - La La Land Melhor trilha sonora: Justin Hurwitz - La la land: Cantando estações Melhor figurino: Animais fantásticos e onde habitam - Colleen Atwood Melhor montagem: Até o Último Homem

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/cultura/noticia/27208-moonlihgt-desbanca-la-la-land-e-leva-oscar-em-meio-a-confusao-de-apresentadores.html

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Morre folião baleado por sargento da PM em circuito do carnaval na Bahia

  Vítima tinha 39 anos e foi baleada no quarto dia de folia em Salvador.
Sargento da Polícia Militar foi preso em flagrante e alegou legítima defesa.

O folião baleado por um sargento da Polícia Militar (PM) no carnaval de Salvador, na noite de sábado (25), morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), na madrugada deste domingo (26). A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). A vítima foi identificada como um homem de 39 anos.

A vítima foi baelada próximo a um camarote na Barra, início do circuito Dodô, no quarto dia de folia em Salvador. O homem chegou a ser socorrido para o HGE, mas não resistiu ao ferimento e morreu por volta das 3h deste domingo.

O sargento da Polícia Militar, José Eduardo Neves Rodrigues, lotado na 11ª Companhia Independente da Polícia Militar, foi preso em flagrante. Em depoimento para polícia, ele contou ter agido em legítima defesa, depois que a vítima tentou o assaltar.

Ainda de acordo com a SSP-BA, o homem morto respondia a cinco inquéritos por arrombamento, um por porte ilegal de arma de fogo, e outro por tráfico de drogas. O caso é acompanhado pelas corregedorias da SSP-BA e da  PM, e pela Polícia Civil. O sargento, que permanece detido, teve a arma apreendida para perícia.
O caso
Um sargento da Polícia Militar foi preso em flagrante após balear o folião na Barra, no circuito do carnaval de Salvador, na noite de sábado (25). O caso aconteceu em frente a um dos camarotes da folia, no momento em que a cantora Alinne Rosa passava pelo local em um trio sem cordas.
A SSP informou que a arma do policial preso foi apreendida. Ele foi conduzido por PMs da Companhia Independente para um posto da Polícia Civil na Barra. A secretaria informou que está avaliando se câmeras da região registraram a ação, que será investigada pela Corregedoria da PM e pela Polícia Civil.

Fonte: http://g1.globo.com/bahia/carnaval/2017/noticia/2017/02/morre-foliao-baleado-por-sargento-da-pm-em-circuito-do-carnaval-na-bahia.html

Netinho volta ao carnaval da BA após 4 anos longe por conta de doença

  Cantor fez show em um camarote localizado em Ondina, em Salvador.

Ovacionado pelo público, o artista cantou clássicos do axé dos anos 80 e 90.

O cantor Netinho voltou se apresentar no carnaval de Salvador, neste sábado (25), quatro anos após se afastar da festa por conta de problemas de saúde. O artista baiano fez um show de cerca de duas horas em um camarote localizado em Ondina, no circuito Dodô.

Netinho no Carnaval  (Foto: Júnior Improta/Ag Haack)Netinho se ajoelhou no palco para falar com fãs
(Foto: Júnior Improta/Ag Haack)
 
Ovacionado pelo público, o artista cantou clássicos do axé dos anos 80 e 90 e emocionou a plateia, que gritava o nome do artista. Canções como "Haja amor", "Praieiro", "Estrela primeira", "Baianidade Nagô" e "Prefixo de Verão" estavam no repertório. "Mila", canção de maior sucesso da carreira do cantor, foi acompanhada em coro pelo público.
Descalço, Netinho subiu ao palco vestido com bermuda branca, camiseta preta, um colete e um turbante. Ele ainda agregou ao figurino uma marca registrada: o apito que sempre usou nos shows e também nos trios.
Durante a apresentação, ele se emocionou com a receptividade do público e ainda se ajoelhou no palco para falar com alguns fãs. "Foi um show lindíssimo porque teve muita positividade. Hoje tudo está cheio de sofrimento e revolta, é preciso que exista felicidade em algo", disse Netinho após o show.

Netinho se emocionou durante a apresentação na Ondina (Foto: Júnior Improta/Ag Haack)Netinho se emocionou durante a apresentação na
Ondina (Foto: Júnior Improta/Ag Haack)
 
A apresentação marcou o retorno do artista ao cenário musical baiano. Em 2013, o músico teve três acidentes vasculares cerebrais que causaram, entre outros problemas, perda da voz, principal instrumento de trabalho dele. Além disso, Netinho viu sua rotina mudar de repente com um longo período de internações. O médico do cantor acompanhou todo o show no camnarote.
"Essa é uma vitória de todos, não só minha. Há certas coisas que você precisa querer. A medicina pode tudo, mas não adianta nada se a pessoa não quiser dar a volta por cima e se recuperar", revelou.
Em bate-papo com a imprensa após o show, Netinho falou que ainda se mostra insatisfeito com os rumos do Axé Music. "Hoje eu não gosto de quase nada produzida aqui [ Salvador]. Saí daqui em 2012 insatisfeito com os rumos do Axé e do Carnaval. Hoje tudo segue da mesma forma",
Em 2013 Netinho foi internado pela primeira vez, quando iniciou uma sequência de idas e vindas aos hospitais. Sofreu três acidentes vasculares cerebrais, perdeu a voz algumas vezes, encarou a depressão e acreditou que havia chegado no fim da vida. Assumiu os problemas causados pelo uso de anabolizantes, resistiu, encarou uma maratona de tratamentos e hoje celebra o retorno à música e, muito mais que isso, "o fato de estar de pé, com voz, vivo”.  
Saúde
“Acordei no hospital e, além de não ter memória e movimentos do corpo, tentei falar, perguntar o que era aquilo. Quando abri a boca não saia nada. Imagine a pessoa que viveu a maior parte da vida em função da sua voz se ver sem voz. Eu acho que teria enlouquecido se não tivesse tão cheio de remédios que me tiravam a consciência. Comecei o tratamento ainda no hospital, e quando tava recuperando a voz, tive três AVCs em uma semana. Tudo me levava a não acreditar”, lembra.
Ainda em São Paulo, encontrou um especialista que desenvolveu uma técnica para recuperar pacientes que sofreram AVC e ali retomou a esperança, a princípio de conseguir voltar a falar. “Não tenho a voz como era antes, cantando ainda não. Terei, mas entendo e aceito que é um processo longo”, pontuou.
Netinho usou turbante durante apresentação na Ondina (Foto: Júnior Improta/Ag Haack) 
Netinho usou turbante durante apresentação na Ondina (Foto: Júnior Improta/Ag Haack)


Segundo ele, além da vontade de retomar a carreira, a volta aos palcos faz parte do tratamento. “Isso envolve um pouco de mente, também. Mesmo fazendo os exercícios em minha casa, ou no médico, a minha mente diz pra mim mesmo que aquilo não é de verdade”, conta. O primeiro show completo após 2013 ele fez em uma festa no réveillon do Rio de Janeiro: “na última música eu gritava no palco de felicidade”, conta.

Os longos períodos no hospital levaram Netinho aos estudos da neurociência e da física, disciplinas que, segundo ele, foram primordiais no seu processo de recuperação. “Como eu estudei engenharia, sempre gostei de matemática e voltei a estudar na internet. E conversando com um estudante ele me enviou um livro de física quântica. E aí não parei mais. Um livro atrás do outro, pesquisa atrás da outra. E, quem diria, uma disciplina cartesiana me levou a Deus e à espiritualidade”, conta o artista que pretende colocar a positividade e a mensagem que aprendeu sobre a força da mente no seu novo trabalho, que deve sair para o verão de 2018.

“O que tenho em mente ainda é muito difícil de expressar em palavras. Vai levar um tempo até começar a gravar músicas novas, porque quero que elas venham com o significado do que eu sou hoje”, diz ele, que “não se enxerga no atual mercado da música baiana” e quer produzir "algo diferente".

 
Fonte: http://g1.globo.com/bahia/carnaval/2017/noticia/2017/02/netinho-volta-ao-carnaval-da-ba-apos-4-anos-longe-por-conta-de-doenca.html 
 
 

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Copa do Nordeste: Vitória empata sem gols se mantém na liderança do grupo E

Em pleno sábado de Carnaval, o Vitória empatou em 0x0 com o América-RN, em uma partida sem inspiração disputada na Arena das Dunas, em Natal, neste dia 25. O resultado do duelo, válido pela quarta rodada da Copa do Nordeste, deixou o Leão com sete pontos , na liderança do grupo E. Já o time potiguar soma quatro pontos. O Vitória teve chances com André Lima e Paulinho no primeiro tempo, mas os atacantes não acertaram as finalizações. Já no segundo tempo, o zagueiro Paulão, do América, quase fez gol contra após cruzamento de Uillian Correia. Apenas 1.977 pessoas pagaram ingresso para ver a partida.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/203557-copa-do-nordeste-vitoria-empata-sem-gols-se-mantem-na-lideranca-do-grupo-e.html

Jhunner Luz estava calado quando...

O Jovem Artista do nosso município essa semana surpreendeu a todos mais uma vez, lançou seu EP com 2 faixas apenas e de repente bombou na internet entre Jovens de Inhambupe, e já está sendo compartilhado por diversas pessoas do Brasil inteiro. "Não sabíamos que ele tinha esse dom, porque o que mais vimos nas suas redes sociais é DANÇANDO, já que tem uma equipe de Dança e trabalha na área já faz anos! Para mim foi motivador o que ele fez" Diz, DJ Geison .

O Artista mora na própria cidade, entrou na politica em 2016 e não teve um bom desemprenho politico, mas ele deu a volta por cima mostrando talento e motivando Jovens a produzir. 
O EP dele atingiu mais de 15 mil visualizações no site de baixar músicas e o Jovem vem conquistando o espaço com apenas UM LANÇAMENTO. Em uma pequena palavra Jhunner Luz passou pra nossa redação a seguinte:
 "Eu fiz apenas para mostrar esse lado que eu tenho desde garoto que é escrever, quando eu era garotinho participei de coral na cidade e cantei uma vez em público, mas deixei de lado e fui pra Dança, me motivou bastante, agora quis mostrar ao pessoal este talento que eu tenho de compor e cantar, espero que as pessoas tenha gostado, fiz com amor, tenho orgulho de representar Inhambupe, e orgulho de morar por aqui, e espero que a cidade valorize não só eu, diversos artistas que tem espalhado por aqui e que ainda não manteve a coragem de se jogar nesse mundo da arte. Se é cultura, eu tenho e muito, o que faço lanço e pronto!"


Você pode Baixar as faixas por esse link:
https://www.suamusica.com.br/jhunnerluzep


Desejamos muito sucesso a você Jovem talentoso, e espero que seja realmente seja inspiração para diversos Jovens aqui no interior, sua humildade vai longe.


Blog Eduardo Castro Valorizando Artistas de Inhambupe 

Brasil tem maior número de casos de depressão na América Latina

 De acordo com a OMS, o número de pessoas vivendo com depressão está aumentando

Cerca de 5,8% da população brasileira sofre de depressão – um total de 11,5 milhões de casos registrados no país, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O índice é o maior na América Latina e o segundo maior nas Américas, atrás apenas dos Estados Unidos, que registram 5,9% da população com o transtorno e um total de 17,4 milhões de casos.
De acordo com a OMS, o número de pessoas vivendo com depressão está aumentando - 18,4% entre 2005 e 2015 - . A estimativa é que, atualmente, cerca de 322 milhões de pessoas de todas as idades sofram com a doença em todo o mundo. O órgão alertou que a depressão é a principal causa de incapacidade laboral no planeta e, nos piores casos, pode levar ao suicídio.
O levantamento mostra que, além do Brasil e dos Estados Unidos, países como Ucrânia, Austrália e Estônia também registram altos índices de depressão em sua população – 6,3%, 5,9% e 5,9%, respectivamente. Entre as nações com os menores índices do transtorno estão Ilhas Salomão (2,9%) e Guatemala (3,7%). A prevalência na população mundial, segundo a OMS, é 4,4%.

(Com informações da Agência Brasil)
Fonte: http://180graus.com/noticias/brasil-tem-maior-numero-de-casos-de-depressao-na-america-latina

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Planetas 'sósias' da Terra podem ganhar nomes por votação

 Entidade estuda realizar concurso para batizar os sete astros

Identificados provisoriamente apenas com as letras b, c, d, e, f, g e h, os sete exoplanetas que orbitam a estrela Trappist-1, cuja descoberta foi anunciada na última quarta-feira (22) pela Nasa, podem ganhar seus nomes definitivos por meio de um concurso mundial.
O italiano Piero Benvenuti, secretário-geral da União Astronômica Internacional (UAI), disse à ANSA nesta quinta (23) que a entidade estudará a hipótese de realizar uma competição global, com votação online aberta a qualquer pessoa, para escolher como os astros serão batizados.
Com isso, os sete planetas podem entrar para as cartas celestes com nomes inspirados em lugares e personagens históricos ou mitológicos. "Seguramente discutiremos sobre isso na reunião do comitê executivo da UAI, que será realizado em maio, em Pune, na Índia", declarou Benvenuti.
De acordo com o italiano, as sugestões seriam apresentadas por astrônomos - profissionais ou amadores -, entidades de pesquisa, associações culturais e ONGs, respeitando as normas para nomenclatura celeste. Ou seja, os nomes precisariam ser reconhecidos universalmente e não poderiam gerar controvérsias políticas, religiosas ou culturais.
Foto: EFE
"Eu, pessoalmente, escolheria nomes ligados a ideais de paz e fraternidade. Se esses planetas forem habitados, precisaremos de um belo cartão de visitas", brincou o secretário-geral da UAI. As sugestões seriam analisadas por uma comissão da União Astronômica e depois submetidas a votação online.
"Podemos pensar também em um prêmio aos vencedores, oferecendo a possibilidade de dar o próprio nome a um asteroide", acrescentou o astrônomo italiano, lembrando que um concurso parecido já foi realizado em 2015 para batizar 20 sistemas planetários.
Dos sete planetas da estrela Trappist-1, na constelação de Aquário, três estão na chamada "zona habitável", área considerada ideal pelos cientistas para que haja água em estado líquido, condição essencial para a existência de vida como a conhecemos.
Foto: Getty Images
Todos eles possuem tamanhos semelhantes ao da Terra, sendo que aquele que fica mais perto da estrela leva pouco mais de um dia para completar uma órbita. O mais distante precisa de 20. No nosso sol, muito maior que a anã vermelha Trappist-1, essa proximidade seria incompatível com a vida.
O sistema fica a cerca de 40 anos-luz da Terra, mas ainda precisarão ser feitos novos estudos para determinar a composição de suas massas. De acordo com o presidente da Agência Espacial Italiana (ASI), Roberto Battiston, serão necessários de 10 a 15 anos para se ter a tecnologia capaz de observar com mais detalhes a atmosfera dos exoplanetas e dar mais consistência à possibilidade de eles possuírem água líquida. 

Fonte: https://noticias.terra.com.br/ciencia/planetas-sosias-da-terra-podem-ganhar-nomes-por-votacao,93847c0ae4d609fed8b31e5a42b7ee6c8st9nb5e.html

Prepare-se para o incrível eclipse do Sol deste domingo

 O fenômeno poderá ser observado de quase todas as partes do Brasil

O domingo de Carnaval será acompanhado de um espetáculo a mais: um eclipse do Sol que poderá ser admirado de quase todas as regiões do país. Em algumas partes do globo como o sul do Chile, Argentina e África ele será total (quando a Lua encobre o Sol completamente), mas, aqui no Brasil, será parcial e uma meia-lua luminosa poderá ser vista no céu. O fenômeno deve atingir seu ponto máximo entre 11h e 12h30 e pode durar até 3 horas, dependendo da localização do observador.
Estados mais ao sul terão uma visualização melhor do eclipse – mas isso não impede que outras regiões possam ver pelo menos uma parte da Lua encobrindo o Sol. Segundo o astrônomo Gustavo Rojas, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), apenas algumas partes do Maranhão, Tocantins, Mato Grosso, Rondônia e Pará não conseguirão ver nada. “De maneira geral, quanto mais ao sul do país, maior a fração do Sol que será encoberta pela Lua”, afirma. De acordo com ele, em alguns estados a sombra da Lua poderá ocultar até 70% do Sol.
O horário máximo do eclipse também varia de acordo com a posição de quem observa. “A sombra da Lua se desloca do Oeste para o Leste. Portanto, os territórios mais a Oeste verão o fenômeno antes do que as regiões mais próximas do oceano”, diz Rojas. Cidades que ficam perto das fronteiras com a Argentina e o Paraguai poderão observar o auge do eclipse por volta das 11h, enquanto em estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília isso acontece um pouco mais tarde, em torno das 11h30. Os últimos a ver o eclipse serão os observadores da Paraíba e do Rio Grande do Norte, que só poderão admirá-lo perto das 12h30. “Vale a pena estar de prontidão pelo menos meia hora antes destes horários para acompanhar o desenrolar da fase máxima do eclipse parcial”, comenta o astrônomo.
Como se prepararAlguns cuidados, no entanto, são necessários na hora de assistir ao espetáculo. Os astrônomos orientam os observadores a nunca olhar diretamente para o Sol, pois intensa radiação solar pode danificar a visão em instantes. Para poder admirar o eclipse sem riscos, Rojas sugere utilizar um vidro de máscara de solda – os mais espessos, de tonalidade 14, fornecem a proteção adequada. Outros materiais caseiros como óculos escuros, chapas fotográficas veladas e chapas de raios-x não devem ser usados com essa finalidade.
Para quem quiser uma maior precisão, o astrônomo também indica verificar o horário exato em que o eclipse irá ocorrer na sua cidade com a ajuda de um software planetário. “Também vale a pena procurar na sua região uma observação pública do eclipse. Muitos observatórios e clubes de astronomia irão promover eventos”, afirma.
(Com informações da VEJA.com)
Fonte: http://180graus.com/noticias/preparese-para-o-incrivel-eclipse-do-sol-deste-domingo

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Por que cientistas agora recomendam 10 porções diárias de frutas, verduras e legumes para viver mais

Comer 10 porções por dia de frutas, legumes e verduras pode nos fazer viver mais, revela uma nova pesquisa.
Segundo os cientistas da Universidade Imperial College London, no Reino Unido, o consumo diário desses alimentos evitaria até 7,8 milhões de mortes prematuras.
Eles também identificaram frutas, legumes e verduras específicos que reduzem o risco de câncer e doenças cardíacas.
O levantamento mostrou que até pequenas quantidades já garantem benefício para a saúde, mas quanto mais, melhor.
Uma porção equivale a 80 gramas de frutas, legumes ou verduras ─ uma banana pequena, uma pera ou três colheres de chá de espinafre ou ervilhas.
As conclusões foram obtidas a partir de dados de 95 estudos diferentes, que analisaram os hábitos alimentares de 2 milhões de pessoas no Reino Unido.
A pesquisa mostrou, por exemplo, que a incidência de câncer é menor em quem come verduras verdes (espinafre); amarelas (pimentões) e crucíferas (couve-flor e repolho).
Já quem se alimenta de maçãs, peras, frutas cítricas, saladas, folhas verdes (rúcula) ou verduras crucíferas tem menor chance de desenvolver doenças cardíacas ou derrames.
Os resultados, publicados na revista científica Journal of Epidemiology, também apontaram os riscos de uma morte antecipada.
Na comparação com um dieta sem frutas, verduras e legumes, o estudo mostrou que:
Comer 200 gramas de frutas, verduras e legumes reduz o risco de doenças cardiovasculares em 13% e 800 gramas, 28%; 
Comer 200 gramas de frutas, verduras e legumes reduz o risco de câncer em 4%, e 800 gramas, 13%; 
Comer 200 gramas de frutas, verduras e legumes reduz o risco de morte prematura em 15%, e 800 gramas, 31%. 
No entanto, os pesquisadores ressalvam não saber se comer ainda mais porções de frutas, verduras e legumes pode trazer mais benefícios para a saúde já que não há dados suficientes para analisar essa hipótese.
Um dos cientistas envolvidos no estudo, Dagfinn Aune, destacou as vantagens da ingestão diária desses alimentos.
"Frutas, verduras e legumes reduzem os níveis de colesterol e pressão arterial, além de incrementar a saúde dos nossos vasos sanguíneos e do nosso sistema imunológico".
"Talvez isso seja devido à complexa rede de nutrientes que esses alimentos têm".
"Por exemplo, eles contêm muitos antioxidantes, que podem reduzir o dano ao DNA e levar à redução do risco de câncer".
No entanto, muitas pessoas não comem nem cinco porções de frutas, verduras e legumes (400 gramas), quantidade recomendada pela OMS (Organização Mundial da Saúde).
No Brasil, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), nove em cada dez brasileiros consomem menos do que o indicado.
Aune diz que as descobertas não mudam a recomendação dos especialistas.
"Nossas descobertas mostram claramente que devemos comer cinco porções de frutas, verduras e legumes por dia. Na verdade, há inclusive mais benefícios se você consumir mais do que isso".
Alison Tedstone, nutricionista-chefe da Public Health England, departamento de saúde do Reino Unido, afirmou que "a meta de consumo de cinco porções por dia é a fundação para uma dieta balanceada e saudável e uma maneira realizável para ajudar a prevenir um número de doenças".
"Enquanto consumir mais de cinco porções de frutas, legumes e verduras por dia é desejável...aumentar a pressão para ingerir mais desses alimentos cria uma expectativa irrealista".
Nem todos os 95 estudos que serviram de base para o levantamento foram analisados de modo a serem verificados outros aspectos do cotidiano dos participantes, como os níveis de atividade física, que pode ter um papel no prolongamento da vida.
No entanto, Aune diz que as conclusões são "muito robustas".

Fonte: http://noticias.r7.com/saude/por-que-cientistas-agora-recomendam-10-porcoes-diarias-de-frutas-verduras-e-legumes-para-viver-mais-23022017

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Vídeo completo da Sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe (21-02-2017)


Veja como foi a Sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe dessa terça dia 21-02-2017

  


A sessão da Câmara de Vereadores começou por volta das 18h07min, onde teve cerca de 1h50min de expediente com a presença dos vereadores: Presidente Jeovan, Jardiel primeiro secretário, Gleibson segundo secretário, Osvaldinho vice-Presidente, Inha da Lagoa, Eliezer da Farinha, Uelson, Keu, Edilson que é líder do governo, Dai, Humberto e Eres, com ausência do Vereador Zé de Dite.

Houve 4 indicações, na primeira que é de número 2, o vereador Osvaldinho pediu que fosse realizado o calçamento da Comunidade de Volta de Cima, na Indicação número 3, o Vereador Jeovan pediu que passe a máquina niveladora na região de Poça D’água e Km 8, na indicação número 4 foi pedido do vereador Uelson para colocar câmera de monitoramento na Unidade de Urgência e Emergência e na indicação número 05 foi pedido de Uelson para fazer uma revisão de iluminação na Região do Mandacaru, Baixa d’areia e região.

O Vereador Uelson falou que nesse inicio de gestão não é fácil, falou do projeto do consorcio público de saúde, que precisa agilizar com eficiência, falou da situação deixada pela a gestão passada por falta de iluminação, parabenizou a Polícia Militar do Litoral Norte, disse que na Baixa d’Areia tem postes sem lâmpadas, que se agonizam as contas deixada da gestão passada, que é necessário interagir com a ordem publica.

O Vereador Jardiel falou sobre o Consorcio da saúde que será importante para o município e que precisa de aparelho para dar suporte para a população, citou como exemplo eletrocardiograma e ultrassonografia, falou da indicação em passar a máquina niveladora na BA 400.

O Vereador Gleibson falou sobre o Consorcio da saúde que é preciso com urgência aprovar e assim evitar muitas viagens para Salvador e cidades vizinhas, e assim irá melhorar a saúde, no qual vem para mudar não só de Inhambupe, mas de toda a região, falou que é de suma importância, falou dos poços artesianos, como da Lagoa Seca, Pedreira e Botelho que vem lutando por falta de água, e que aos poucos vem conseguindo aos poucos na Pedreira, mas precisa de um poço artesiano no Limoeiro, falou da criminalidade que o Prefeito e a Polícia vem fazendo um trabalho para combater.

O Vereador Osvaldinho da Cajá falou da Escola do Candeal que ficou três dias sem aula e que o problema foi resolvido, saudou as mulheres que irá fazer 85 anos pelo o voto feminino, falou da emenda do deputado federal Uldurico Alencar Pinto, conhecido como Uldurico Júnior, é político brasileiro filiado ao Partido Verde da Bahia no valor de R$ 350mil para o calçamento de Volta de Cima.

O Vereador Edilson parabenizou o Prefeito pelo o trabalho, falou da importância do consorcio para a população de Inhambupe.

O Vereador Jeovan falou sobre o Projeto do Consorcio de Saude que irá contemplar os 18 municípios da região de Alagoinhas, onde irá fortalecer a saúde, o governo da Bahia foi buscar esse projeto na Alemanha, onde terá 11 especialidades e vários procedimentos, exames, micro-ônibus para fazer o translado para Alagoinhas com o prazo de um ano, irá custar para o município R$ 28 mil e que irá resolver os problemas de saúde, falou da emenda o deputado federal José Nunes (PSD) é um forte representante da Bahia no Congresso Nacional irá doar 2 tratores para Inhambupe, um para a região do Formoso e Feijão de Corda  e o outro para o Limoeiro.

Foi aprovado por todos os vereadores de Inhambupe o Consórcios de Saúde.
 



Veja abaixo o que é:


Consórcios de Saúde



O que são Consórcios Públicos?

Consistem na união entre dois ou mais entes da Federação, sem fins lucrativos, com a finalidade de prestar serviços e desenvolver ações conjuntas que visem o interesse coletivo e benefícios públicos. constitui-se numa associação pública, com personalidade jurídica de público e de natureza autárquica, ou como pessoa jurídica de direito privado sem fins econômicos.



Na sua formação, em 1988, o SUS definiu os municipios como os principais executores das políticas de saúde. Entretanto, historicamente, eles não possuem as verbas necessárias para custearem esses serviços sozinhos. Os Consórcios de Saúde surgiram como uma alternativa para os municípios melhorarem o acesso à saúde para sua população.



O processo é simples!

1 - Os prefeitos de uma região são chamados para conhecerem o projeto dos consórcios. Essas cidades poderão formar um novo consórcio.

2 - Uma policlínica de 12 milhões é oferecida pelo Estado, com todos os equipamentos, para funcionar numa cidade-sede da região (uma policlínica padrão deve atender uma região de 500 mil pessoas).

3 - O Valor de manutenção da policlínica (em média R$ 700 mil) é dividido entre os municípios participantes do consórcio.

4 - Os municípios têm que garatir o funcionamento de seus postos de saúde, UPA e Hospitais, sendo os pacientes mandados para as poiclínicas só após passarem por um médico em seu município.

5 - Os municípios consorciados podem escolher entre os dois tipos de policlínica com especialidades como tomografia, radiologia e biópsia, além de poderem oferecer serviços de deslocamento entre as cidades consorciadas e a cidade-sede da policlínica.



O projeto será composto por 28 consórcios e policlínicas, com 10 já implantadas até 2016. Os recursos utilizados para a manutenção das policlínicas será combinado entre novos, vindos do Ministério da Saúde e verbas já utilizadas para a Saúde nos Municípios.






Principais Características

  • Consórcios são instrumentos de suporte ao fortalecimento da gestão, de forma descentralizada, no apoio à organização e prestação de serviços públicos.
  • Podem atuar em diversas áreas de atividades para beneficiar a população e melhorar o acesso e a qualidade da prestação de serviços.
  • Podem ser desfeitos a qualquer tempo, mas os entes consorciados respondem pelos compromissos assumidos.
  • Prestam contas dos recursos recebidos e aplicados junto aos orgãos de controle público, por meio de fiscalização e auditoria a que são submetidas todas as instituições e pessoas jurídicas que recebem recursos públicos.
  • A participação é um ato voluntário. Nenhum ente federativo é obrigado a consorciar-se ou manter-se consorciado.



Fonte da informação acima:

http://www.saude.ba.gov.br/novoportal/index.php?option=com_content&view=article&id=9133%3Aconsorcios-de-saude&catid=31%3Aestrutura-de-atendimento&Itemid=31