Veja no Blog

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Quatro bilhetes acertam as dezenas do Prêmio da Mega da Virada


Sorteio foi realizado na Praça da República, em São Paulo.
Números sorteados foram: 02 - 10 - 34 - 37 - 43 - 50

O prêmio da Mega da Virada, sorteado nesta sexta-feira (31), saiu para quatro apostas, nas cidades de Cariacica (ES), Belo Horizonte (MG), Fazenda Rio Grande e Pinhais, ambas no Paraná. O sorteio foi realizado na Praça da República, no Centro de São Paulo.

Confira os números sorteados: 02 - 10 - 34 - 37 - 43 - 50

Os donos vão receber um prêmio de R$ 48.598.800,01.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, 1.561 bilhetes acertaram cinco números e vão receber, cada um, R$ 17.722,09. Outras 94.921 apostas acertaram quatro números e vão receber R$ 416,34.

Ainda segundo a Caixa, se aplicado na poupança, o prêmio renderia R$ 1,24 milhão por mês. O valor é recorde nas loterias brasileiras, segundo a Caixa. Antes, o maior prêmio já pago tinha sido o da Mega da Virada do ano passado, que sorteou R$ 144,9 milhões. Dois acertadores, de São Paulo e Brasília, dividiram o prêmio.


Fonte:http://g1.globo.com/brasil/noticia/2010/12/quatro-bilhetes-acertam-dezenas-do-premio-da-mega-da-virada.html

Lula deixa o Palácio do Planalto após último dia como presidente


Eric Luis Carvalho, informações do G1

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou o Palácio do Planalto por volta das 16h desta sexta-feira (31), depois de despachar pela última vez no cargo. Na saída do comboio, ao passar ao lado da Praça dos Três Poderes, Lula abaixou o vidro e acenou para as pessoas que visitavam o local.
Após oito anos no governo, Lula passará a faixa presidencial para Dilma Rousseff neste sábado (1º) em cerimônia no mesmo Palácio onde há oitos recebeu de FHC a faixa presidencial.
Um de seus últimos atos como presidente nesta sexta foi a decisão de não extraditar o ativista de esquerda Cesare Battisti para a Itália. No Planalto, seu último compromisso foi a visita do presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas.

Neste sábado (1º), os compromissos de Lula começam às 14h30, no plenário do Congresso Nacional, onde Dilma Rousseff e Michel Temer serão empossados presidente e vice.
Às 17h, após a entrega da faixa, está previsto o discurso de despedida do presidente no parlatório do Palácio do Planalto - voltado para as pessoas que acompanharão a posse na Praça dos Três Poderes.

O último compromisso oficial do dia será a recepção oferecida pela nova presidente às missões especiais estrangeiras e às altas autoridades da República, no Palácio do Itamaraty.

Fonte:http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=69256

Marílson quebra jejum do Brasil na São Silvestre; Timbilili bate recorde


Quatro anos depois, o Brasil voltou a comemorar o título da Corrida Internacional de São Silvestre. Marílson Gomes dos Santos conquistou o tricampeonato da prova nesta sexta-feira, com o tempo de 44s07. No feminino, a vencedora foi a queniana Alice Timbilili, campeã de 2007, com direito a recorde.

Marílson havia ficado afastado nas quatro últimas edições, e na última vez que participou, havia levado o título em 2005. Com a sua melhor marca na prova, ele se tornou o primeiro brasileiro tricampeão da São Silvestre na era internacional da corrida.

"Achei que seria decidido no final, mas consegui abrir vantagem antes, e foi melhor assim", afirmou Marílson logo após cruzar a linha de chegada. Ele chegou bem à frente do segundo colocado, o queniano Barnabas Kosgei. Campeão de 2009, James Kipsang ficou em terceiro.

No feminino, Timbilili fez o tempo de 50s19, seguida pela brasileira Simone Alves. Ela melhorou em sete segundos o recorde que era da compatriota Hellen Kimayio desde 1993.

Na largada feminina, o pelotão de frente permaneceu compacto até os primeiros dois quilômetros, quando a equatoriana Diana Judith Landi abriu pequena vantagem na ponta. Mas durou pouco, e logo as quenianas e brasileiras assumiram a liderança.

Por volta do quinto quilômetro, a queniana Alice Timbilili brigava pelo primeiro lugar contra a brasileira Simone Alves da Silva e Cruz Nonata, além da compatriota Eunice Kirwa.

As quatro se revezaram na ponta até a metade da prova. Foi quando Timbilili se afastou definitivamente das rivais, deixando a brasileira Simone Alves para trás.

Quando os homens largaram, o primeiro colocado na descida da Consolação era o brasileiro Eder Uillian da Silva, que depois foi ultrapassado por Israel dos Anjos e o marroquino Mohamed El Hachimi.

Enquanto isso, Marílson dos Santos permanecia no pelotão de trás junto com os outros quenianos, como vencedor de 2009 James Kipsang.

No Minhocão, o marroquino El Hachimi abriu vantagem, mas cansou e logo foi deixado para trás pelo pelotão liderado por Marílson dos Santos.

O brasileiro entrou na segunda metade da prova brigando pela liderança contra os quenianos Emmanuel Bett e Barnabas Kosgei. Marílson conseguiu abrir alguma vantagem na saída do viaduto Pacaembu. Estavam definidos assim os primeiros colocados da prova no masculino e no feminino.

Fonte:http://esporte.uol.com.br/atletismo/corrida-de-sao-silvestre/ultimas-noticias/2010/12/31/marilson-quebra-jejum-do-brasil-na-sao-silvestre-timbilili-bate-recorde.jhtm

Foto: G1

Desejo a todos os visitantes do blog

Desejo a todos os visitantes uma ótima virada de ano e que em 2011 seja melhor e que você tenha muito sucesso.
"Se chovesse felicidade, eu lhe desejaria uma tempestade. Feliz Ano Novo!" (Autor desconhecido).

Pois seja otimista.

"Um otimista fica acordado até meia-noite para ver a entrada do ano novo. Um pessimista fica acordado para ter a certeza de que o ano velho se foi." (Bill Vaughn).
No próximo ano plante uma semente.
"Que as realizações alcançadas este ano, sejam apenas sementes plantadas, que serão colhidas com maior sucesso no ano vindouro." (Autor desconhecido).
Mude sua vida, pois ela é curta.
"Muitas pessoas esperam o ano novo por um novo começo em hábitos velhos." (Autor desconhecido).
Use sempre a verdade e o bem.
"A Verdade é o caminho, o Bem é a ação, o Belo é o sentimento. Esta é a prática para ser Feliz. Usem-na, feliz Ano Novo 2008!"
Não esqueça dos erros, pois sempre comentemos e as vitórias também, é claro.
"A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus."

E o nosso livro.
"Nós abriremos o livro. Suas páginas estão em branco. Nós vamos pôr palavras nele. O livro chama-se Oportunidade e seu primeiro capítulo é o Dia de ano novo." ( Edith Lovejoy Pierce ).

Centro de Inhambupe


quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Lula encerra a década como um dos homens mais importantes do mundo


ELIANE CANTANHÊDE
COLUNISTA DA FOLHA

O migrante nordestino, metalúrgico e líder sindicalista Luiz Inácio Lula da Silva é reconhecidamente um dos homens mais importantes da primeira década deste século, não apenas no Brasil, mas no mundo.

A história registrará que, durante o seu governo, o Brasil pulou vários degraus em importância internacional, ganhou em pujança econômica e recuperou a autoestima interna.

Mas, retrospectivamente, sem o calor do momento e sem o peso do marketing, a história tenderá também a reequilibrar de forma mais justa a importância de Lula e de seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso.Hoje, Lula é quase um Deus, enquanto FHC é tratado como um quase fiasco. A balança ficará mais bem ajustada quando recuperada a realidade de que os dois governos fazem parte de um único processo.

Há uma relação de causa e efeito nesse ciclo virtuoso, que começa com a estabilidade da economia e desemboca na inclusão de 27 milhões de brasileiros.

Com seu imenso carisma, sua vibrante biografia e sua decantada capacidade de comunicação com pobres e ricos, letrados ou não, Lula transformou os êxitos de FHC em "herança maldita" e potencializou os seus próprios acertos.

Valeu-se da intuição e inteligência, mas também da avalanche de dinheiro que favoreceu não só o Brasil e a sua popularidade, mas outros países e a de outros governantes da América Latina.

É como se fizesse o governo de FHC, mas com dinheiro e um olhar mais focado no social. Seu grande programa de chegada, o "Fome Zero", não existia. Mas aproveitou bem a estabilidade da economia, o Bolsa Família, o sólido sistema bancário e deu saltos de qualidade.

Multiplicou os recursos para as famílias de baixa renda e ampliou o crédito das classes médias baixas, sem mexer um milímetro nos ganhos de capital. Nunca os bancos lucraram tanto, mas a carga tributária é considerada a 14ª mais alta do mundo. Ou seja: redistribuiu renda, mas não do capital para o trabalho.

Lula também acobertou o aparelhamento do Estado, principalmente das estatais, como Petrobras, Banco do Brasil e Correios, sob um impulso mais de líder sindicalista do que de estadista.

E o ponto baixo dos seus oito anos se equipara no plano interno e externo: o descaso com as questões de princípio. Ele tinha "gordura" para gastar, mas não quis usar sua imensa popularidade para investir em ética, bandeira antes tão cara ao PT. Preferiu não arriscar.


Lula fechou os olhos para escândalos como o "mensalão" (compra de votos de aliados) e "aloprados" (que pagavam a peso de ouro dossiês contra adversários).

Garantiu sobrevida a oligarquias que mantêm Estados inteiros em condições medievais. Compôs alegremente com o que há de pior na política. Foi indulgente até com governador que usa dinheiro público para ir de jatinho passar carnaval na Europa até com a sogra.

No plano externo, Lula ironizou a resistência às ditaduras do Irã e de Cuba, cometendo gafes imperdoáveis para qualquer outro presidente, mas assimiláveis quando se trata de Lula. Exemplo: comparar a luta da oposição iraniana a "chororô de derrotados" e os presos políticos cubanos a presos comuns brasileiros.

Lula entra para a história como um dos mais importantes presidentes do Brasil e um dos líderes mais amados da década no mundo. Mas, fora do poder, uma avaliação mais fria, menos emocional, poderá mostrá-lo ainda um grande líder, mas igualmente um mito que cai na real.

Fonte:http://noticias.bol.uol.com.br/internacional/2010/12/30/lula-encerra-a-decada-como-um-dos-homens-mais-importantes-do-mundo.jhtm

Prêmio da Mega da Virada sobe e alcança R$ 200 milhões


A Caixa Econômica Federal elevou a estimativa do prêmio da Mega da Virada para R$ 200 milhões, o maior da história da loteria brasileira, nesta quinta-feira. O aumento foi possível devido ao grande volume de apostas nos últimos dias.

O maior valor já pago pela Mega-Sena foi de R$ 144,9 milhões, na edição de 2009.

O sorteio da Mega da Virada ocorrerá a partir das 20h (horário de Brasília) do dia 31, na Praça da República, em São Paulo.

Quem quiser tentar a sorte tem até as 14h (horário de Brasília) do dia do sorteio para fazer os jogos. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 2 e pode ser feita em qualquer lotérica do País.

Assim como em 2009, a Mega da Virada não vai acumular. Se não houver ganhadores, o prêmio será rateado entre os acertadores da quina e assim por diante.

Fonte:http://www.dgabc.com.br/News/5848802/premio-da-mega-da-viradasobe-e-alcanca-r$-200-milhoes.aspx

Nova carteira de identidade, como cartão de crédito e chip, será lançada hoje (no Rio e na Bahia)

O Ministério da Justiça lançará hoje o novo documento de identidade, que será implementado em todo o Brasil a partir de 2011. Batizado de Registro de Identidade Civil, o novo documento vai substituir a atual carteira de identidade e vai conter informações do cidadão e certificação digital. Inicialmente, o novo documento será testado nos estados do Rio de Janeiro e Bahia, além do Distrito Federal. A nova carteira de identidade terá o formato de um cartão de crédito, com um chip contendo dados biométricos da pessoa, como altura e impressões digitais. A nova identidade não substituirá documentos como CPF, título de eleitor e passaporte, mas terá o mesmo registro em todos os institutos de identificação estaduais do Brasil.

Fonte:http://montesclaros.com/noticias.asp?codigo=52103

Praça da Matriz

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Como surgiu o Ano-Novo ?

Contagem regressiva do dia 31 de dezembro: 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1. Feliz Ano Novo!!!! A passagem de Ano Novo é o fim de um ciclo, início de outro. É um momento sempre cheio de promessas. E os rituais alimentam os sonhos e dão vida às celebrações. No mundo inteiro o Ano Novo começa entre fogos de artifício, buzinadas, apitos e gritos de alegria. A tradição é muito antiga e, dizem, serve para espantar os maus espíritos. As pessoas reúnem-se para celebrar a festa com muitos abraços.

Vestir uma peça de roupa que nunca tenha sido usada combina com o espírito de renovação do Ano Novo. O costume é universal e aparece em várias versões, como trocar os lençóis da cama e usar uma roupa de baixo nova.

O ano novo só se consolidou na maioria dos países há 500 anos. O tradicional Réveillon comemorado na maioria dos países na passagem do dia 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro é relativamente recente. As comemorações de Ano
Novo variam de cultura a cultura, mas universalmente a entrada do ano é festejada mesmo em diferentes datas. O nosso calendário é originário dos romanos com a contagem dos dias, meses e anos. Desde o começo do século XVI, o Ano Novo era festejado em 25 de Março, data que marcava a chegada da primavera. As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1º de Abril.

O Papa Gregório XIII instituiu o 1º de Janeiro como o primeiro dia do ano, mas alguns franceses resistiram à mudança e quiseram manter a tradição. Só que as pessoas passaram a pregar partidas e ridicularizar os conservadores, enviando presentes estranhos e convites para festas que não existiam. Assim, nasceu o Dia da Mentira, que é a falsa comemoração do Ano Novo.

A primeira comemoração conhecida, ocorreu na Mesopotâmia por volta de 2.000 a. C. Na Babilônia, a festa começava na lua nova indicando o equinócio da primavera, ou seja, um dos momentos em que o Sol se aproxima da linha do Equador período em que os dias e noites tem a mesma duração. No calendário atual, isto ocorre em meados de março (mais precisamente em 19 de março, data que os espiritualistas comemoram o ano-novo esotérico).

Os assírios, persas, fenícios e egípcios comemoravam o ano novo no mês de setembro (dia 23). Já os gregos, celebravam o início de um novo ciclo entre os dias 21 ou 22 do mês de dezembro. Os romanos foram os primeiros a estabelecerem um dia no calendário para a comemoração desta grande festa (753 a.C. – 476 d.C.). O ano começava em 1º de março, mas foi trocado em 153 a. C. para 1º de janeiro e mantido no calendário juliano, adotado em 46 a.C. Em 1582 a Igreja consolidou a comemoração, quando adotou o calendário gregoriano.

Alguns povos e países comemoram em datas diferentes. Ainda hoje, na China, a festa da passagem do ano começa em fins de janeiro ou princípio de fevereiro. Durante os festejos, os chineses realizam desfiles e shows pirotécnicos. No Japão, o ano-novo é comemorado do dia 1º de janeiro ao dia 3 de janeiro.

A comunidade judaica tem um calendário próprio e sua festa de ano novo ou Rosh Hashaná, – “A festa das trombetas” -, dura dois dias do mês Tishrê, que ocorre em meados de setembro ao início de outubro do calendário gregoriano.
Para os islâmicos, o ano-novo é celebrado em meados de maio, marcando um novo início. A contagem corresponde ao aniversário da Hégira (em árabe, emigração), cujo Ano Zero corresponde ao nosso ano de 622, pois nesta ocasião, o profeta Maomé, deixou a cidade de Meca estabelecendo-se em Medina.

Tradições de Ano Novo no mundo: Itália: O ano novo é a mais pagã das festas, sendo recebido com Fogos de artifícios, que deixam todas as pessoas acordadas. Dizem que os que dormem na virada do ano dormirão todo o ano e na noite de São Silvestre, santo cuja festa coincide com o último dia do ano. Em várias partes do país, dois pratos são considerados essenciais. O pé de porco e as lentilhas. Os italianos se reúnem na Piazza Navona, Fontana di Trevi, Trinitá dei Monit e Piazza del Popolo.

Estados Unidos: A mais famosa passagem de Ano Novo nos EUA é em Nova Iorque, na Time Square, onde o povo se encontra para beber, dançar, correr e gritar. Há pessoas de todas as idades e níveis sociais. Durante a contagem regressiva, uma grande maçã vai descendo no meio da praça e explode exatamente à meia-noite, jogando balas e bombons para todos os lados.

Austrália: Em Sydney, uma das mais importantes cidades australianas, três horas antes da meia-noite, há uma queima de fogos na frente da Opera House e da Golden Bridge, o principal cartão postal da cidade. Para assistir ao espectáculo, os australianos se juntam no porto. Depois, recolhem-se a suas casas para passar a virada do ano com a família e só retornam às ruas na madrugada, quando os principais destinos são os “pubs” e as praias.

França: O principal ponto é a avenida Champs-Elysées, em Paris, próximo ao Arco do Triunfo. Os franceses assistem à queima de fogos, cada um com sua garrafa de champanhe (para as crianças sumos e refrigerantes). Outros vão ver a saída do Paris-Dacar, no Trocadéro, que é marcada para a meia-noite. Outros costumam ir às festas em hotéis.

Brasil: No Rio de Janeiro, precisamente na praia de Copacabana, onde a passagem do Ano Novo reúne milhares de pessoas para verem os fogos de artifício. As tradições consistem em usar branco e jogar flores para “Yemanjá”, rainha do mar para os brasileiros.

Inglaterra: Grande parte dos londrinos passa a meia-noite em suas casas, com a família e amigos. Outros vão à Trafalgar Square, umas das praças mais belas da cidade, à frente do National Gallery. Lá, assistem à queima de fogos. Depois, há festas em várias sítios da cidade.

Alemanha: As pessoas reúnem-se no Portal de Brandemburgo, no centro, perto de onde ficava o Muro de Berlim. Tradicionalmente, não há fogos de artificio.

Curiosidade: Em Macau, e para todos os chineses do mundo, o maior festival do ano é o Novo Ano Chinês. Ele é comemorado entre 15 de Janeiro e 15 de Fevereiro de acordo com a primeira lua nova depois do início do Inverno. Lá é habitual limparem as casas e fazerem muita comida (Bolinhos Chineses de Ano Novo – Yau Gwok, símbolo de prosperidade). Há muitos fogos de artifício e as ruas ficam cobertas de pequenos pedaços de papel vermelho.

Cada cultura comemora seu Ano Novo. Os muçulmanos têm seu próprio calendário que se chama “Hégira”, que começou no ano 632 d.C. do nosso calendário. A passagem do Ano Novo também tem data diferente – 6 de Junho, foi quando o mensageiro Mohammad fez a sua peregrinação de despedida a Meca.

As comemorações do Ano Novo judaico, chamado “Rosh Hashanah”. É uma festa móvel no mês de Setembro (este ano foi 6 de Setembro). As festividades são para a chegada do ano 5763 e são a oportunidade para se deliciar com as tradicionais receitas judaicas: o “Chalah”, uma espécie de pão e além do pão, é costume sempre se comer peixe porque ele nada sempre para frente.

O primeiro dia do ano é dedicado à confraternização. É o Dia da Fraternidade Universal. É hora de pagar as dívidas e devolver tudo que se pediu emprestado ao longo do ano. Esse gesto reflecte a nossa necessidade de fazer um balanço da vida e de começar o ano com as contas acertadas.

Tradições Portuguesas:
As pessoas valorizam muito a festa de Ano Novo, porque sentem o desejo de se renovar. Uma das nossas tradições é sair às janelas de casas batendo panelas para festejar a chegada do novo ano. Nos dias 25 de Dezembro e 1º de Janeiro, costumamos comer uma mistura feita com as sobras das ceias, que são levadas ao forno. O ingrediente principal da chamada “Roupa Velha” é o bacalhau cozido, com ovos, cebola e batatas, regados a azeite.

Para as superstições, comer 12 passas durante as 12 badaladas na virada do ano traz muita sorte, assim como subir numa cadeira com uma nota (dinheiro) em uma das mãos. Em várias zonas do litoral, há pessoas que mesmo no frio do Inverno conseguem entrar na água e saudar o Ano Novo.

Fonte:http://revistadeciframe.com/2009/12/28/como-surgiu-o-ano-novo/

Rua D. Ático

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Vendas online no Brasil sobem 40% no Natal e atingem R$2,2 bi


SÃO PAULO (Reuters) - O comércio eletrônico brasileiro apurou vendas de 2,2 bilhões de reais no período de 15 de novembro a 24 de dezembro, em decorrência das compras de Natal, montante 40 por cento superior ao vendido um ano antes, informou nesta terça-feira a consultoria e-bit.

De acordo com o levantamento, no intervalo analisado, foram realizados mais de 6 milhões de pedidos via Internet, resultando em recorde para o segmento no período.

"Essa data é uma grande aliada para o setor, contribuindo com grande fatia do faturamento", afirmou o diretor-geral da e-bit, Pedro Guasti, em nota, acrescentando que "o e-consumidor está cada vez mais confiante em comprar produtos de maior valor agregado, como eletrodomésticos, eletrônicos e informática".

No período, a categoria de Eletrodomésticos registrou o maior número de vendas online, seguida por Informática e Saúde, Beleza e Medicamentos. Livros e Eletrônicos ficaram na quarta e na quinta posição, respectivamente.

A e-bit também informou que no período de Natal o tíquete médio das compras via Internet foi de 370 reais, sendo que o dia 14 de dezembro registrou o maior volume de pedidos: 224 mil. No ano passado, o pico de vendas em um único dia havia sido de 150 mil pedidos.

(Por Vivian Pereira)

Fonte:http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias/reuters/2010/12/28/vendas-online-no-brasil-sobem-40-no-natal-e-atingem-r22-bi.jhtm

Por que o brasileiro lê pouco?


Além de a leitura não vir de casa, a escola mais atrapalha que ajuda

por Raphael Soeiro

Fiquemos com a resposta da maior autoridade no mundo, a Unesco. Para o setor da ONU que cuida de educação e cultura, só há leitura onde: 1) ler é uma tradição nacional, 2) o hábito de ler vem de casa e 3) são formados novos leitores. O problema é antigo: muitos brasileiros foram do analfabetismo à TV sem passar na biblioteca. Para piorar, especialistas culpam a escola pela falta de leitores.

"Os professores costumam indicar livros clássicos do século 19, maravilhosos, mas que não são adequados a um jovem de 15 anos", diz Zoara Failla, do Instituto Pró-Livro. "Apresentado só a obras que considera chatas, ele não busca mais o livro depois que sai do colégio." Muitos educadores defendem que o Brasil poderia adotar o esquema anglo-saxão, em que os clássicos são um pouco mais próximos, dos anos 50 e 60, e há menos livros, que são analisados a fundo. Mas aí teria de mudar o vestibular, é isso já é outra história.


Fonte Instituto Pró-Livro, ANL, Centro Regional para el Fomento del Libro en América Latina, el Caribe, España y Portugal (Cerlalc).

Criar alternativas ao desmatamento está entre desafios para Amazônia em 2011

Investir em alternativas ao desmatamento será um dos principais desafios para gestores da Amazônia a partir de 2011.

O governo brasileiro anunciou no início de dezembro a segunda queda recorde anual consecutiva na devastação da Amazônia, que apresentou em 2010, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), seu menor índice desde 1988. A área devastada foi de 6.451 km², pouco maior que o tamanho do Distrito Federal, em Brasília.

Uma semana depois, o presidente Luis Inácio Lula da Silva comemorou os dados em seu programa "Café com o presidente" e afirmou que o Brasil iria antecipar a promessa feita durante a 15ª Conferência do Clima das Nações Unidas, que ocorreu em Copenhague, na Dinarmarca, no fim de 2009. Na ocasião, o país se comprometeu em reduzir emissões de gases de efeito estufa em 39% e diminuir o desmatamento da Amazônia em 80% até 2020.

Apesar de a queda do desmatamento nos municípios com maiores índices de devastação da floresta amazônica ter sido mais acentuada do que a média geral em 2010, segundo dados preliminares do Ministério do Meio Ambiente (MMA), ainda restam dúvidas sobre a maneira pela qual as economias locais poderão substituir, em 2011, a renda proveniente da atividade madeireira.

Números de desmatamento em setembro e outubro divulgados pelo Inpe em 23 de dezembro também evidenciam o crescimento da derrubada em áreas que já constituem novas frentes de preocupação ao governo brasileiro. O investimento em alternativas e fiscalização nessas áreas, que incluem municípios no sul do Amazonas, como Lábrea, Boca do Acre e Manicoré, deverá ser uma das prioridades no combate ao desmatamento em 2011.

O Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), organização que faz um levantamento paralelo ao oficial da devastação na região amazônica, também alertou, nos últimos relatórios divulgados em 2010, que aumentou consideravelmente a degradação da floresta amazônica. Diferente das medições de desmatamento, que levam em conta o supressão total da mata, a degradação considera áreas intensamente derrubadas e de crescente preocupação.

Apesar da tendência de queda no desmatamento da Amazônia nos últimos anos, estudo publicado em novembro pelo Imazon projeta um possível aumento da derrubada no futuro, sobretudo se mudanças na legislação ambiental brasileira forem aprovadas, diminuindo as áreas de reserva legal em propriedades rurais. Em um cenário projetado de muito desmatamento, os autores da pesquisa estimaram que a derrubada da Amazônia poderia voltar a atingir seus números mais altos, batendo os 12 mil km² por ano.

Um caminho possível, de acordo com a pesquisa, seria submeter os latifundiários à fiscalização para cumprirem a lei ambiental, enquanto os pequenos poderiam receber estímulo financeiro para conservação na forma de crédito rural subsidiado para projetos de manejo ou pagamentos por serviços ambientais (o produtor rural receber dinheiro para manter a mata em pé).

As dicussões sobre mecanismos de Redd (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação) avançaram durante a 16ª Conferência do Clima das Nações Unidas em Cancún, no México, mas a Câmara dos Deputados, no Brasil, ainda debate o tema, que deverá ocupar papel central em 2011.

Código Florestal

Outro ponto que deve ser prioridade na Câmara dos Deputados no ano que vem é a possível aprovação do novo Código Florestal brasileiro, que reduz áreas de proteção em reservas legais e anistia proprietários que cometeram crimes ambientais, principais pontos usados por parlamentares ambientalistas contra a bancada ruralista em Brasília.

Durante a campanha política e em entrevista ao Globo Amazônia em setembro, a presidente eleita Dilma Rousseff disser ser contrária a aprovação do novo Código Florestal com o texto que tramita na Câmara. Ela considera o tema "importantíssimo" e afirmou que "não é possível ser conivente com o desmatamento".

Belo Monte

Dilma Rousseff também afirmou que dará prosseguimento à construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira, no Pará. Ela considera a obra uma "realidade e uma necessidade" e deverá incluí-la na lista de prioridades, mesmo que ambientalistas ainda alertem para a inviabilidade econômica da usina.

Sobre a recuperação da BR-319, que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO) e possui um bom trecho em áreas de floresta conservada, Dilma defende o conceito de "estrada-parque", que "concilia medidas decididas de monitoramento e fiscalização", diz ela. A rodovia tem um longo trecho intransitável por falta de manutenção, e ambientalistas defendem que não deve ser reconstruída porque o aumento da circulação pode abrir um vetor de desmatamento.

Outra medida com influências na Amazônia em 2010 foi a renovação da Moratória da Soja, pela qual empresas de agronegócio se comprometem a não comprar, desde 2006, a commodity que tenha origem em áreas desmatadas. O acordo foi renovado por mais um ano e deverá ser novamente discutido em 2011.

O ano que vem também será determinante para a retomada definitva do garimpo em Serra Pelada, no PA, liberada novamente em 2010 após 18 anos de proibição, e para a consolidação do transporte hidroviário no Rio Tocantins, que ganhou em novembro novas eclusas planejadas há 30 anos.

Para a política indígena, a principal articulação do governo em 2010 foi a criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena no Ministério da Saúde, que deverá estabeler em 2011 sua eficiência no tratamento dos índios no país, especialmente na Amazônia, onde o atendimento é mais complexo.

Fonte:http://camacarinoticias.com.br/leitura.php?id=103044



Cristãos são os mais perseguidos no mundo

Manifestantes pedem fim da morte de cristãos inocentes. Mapa indica os países do globo em que perseguição é mais agressiva

Leonardo Meira
Da Redação


Os cristãos são o grupo religioso mais discriminado no mundo e o que mais sofre com a recorrente violação do direito à liberdade religiosa e de crença.

"Mais de 200 milhões desses, pertencentes a confissões diversas, encontram-se em situações de dificuldade, devido às estruturas legais e culturais que lhes discriminam", disse o secretário do Pontifício Conselho Justiça e Paz, Dom Mario Toso, na qualidade de líder da Delegação da Santa Sé, durante a Conferência de Alto Nível sobre Tolerância e Não Discriminação, promovida pela Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) em Astana, no Cazaquistão, entre os dias 29 e 30 de junho desse ano.

Durante o recente encontro com a Cúria Romana para apresentar votos de Feliz Natal, o Papa também foi enfático ao abordar o problema: "Na situação atual, os cristãos são a minoria mais oprimida e atormentada", ressaltou.

Segundo dados da agência missionária de notícias Fides, vinculada à Congregação para a Evangelização dos Povos, cerca de 75% das perseguições registradas por motivos religiosos têm como alvo os cristãos.

As motivações para a perseguição são as mais diversas e variam de país para país. Naqueles onde a maioria religiosa é pertencente a outro credo, comumente o islamismo, o ódio religioso é a causa mais acentuada, como nos casos do Iraque e Paquistão, por exemplo. Já as razões políticas estão presentes especialmente em países que adotam regimes esquerdistas, como a China e a Coreia do Norte, onde as comunidades cristãs já foram praticamente extintas.

"Na Coreia do Norte, podemos falar de um dos casos mais extremos de extermínio da comunidade cristã. Neste momento, a Igreja não tem clero, a prática do culto é impossível e a comunidade católica não excede 200 fiéis", segundo dados da agência AsiaNews, especializada nessa área do mundo.

Fonte:http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=279647

A dieta anticâncer!


Estas são algumas maneiras de reduzir o risco de câncer, de acordo com estudos recentes.

- Diga sim para cebola, maçã, frutas vermelhas, couve e brócolis: comer muitos antioxidantes chamados flavanóis, encontrados nesses alimentos, reduz o risco de desenvolver câncer pancreático em 23% das pessoas. Para os fumantes, uma alimentação rica em flavanóis diminuiu o risco em 50%, segundo pesquisadores do Cancer Research Center do Havaí, que estudaram 183.518 mulheres e homens.

- Ultrapasse os limites com frutas e legumes: um estudo com 500 mil pessoas com 50 anos ou mais descobriu que os participantes da pesquisa que comiam 12 porções por dia diminuíram em 29% o risco de desenvolver vários cânceres em comparação com aqueles que só comiam três porções diárias.

- Prefira vinho tinto: bebedores de vinho tinto reduzem em 13% o risco de desenvolver câncer de pulmão a cada taça diária, de acordo com uma pesquisa feita comparando 132 homens com câncer de pulmão com 187 pacientes submetidos a pequenas cirurgias em um hospital na Espanha. Vinho rosé, vinho branco, cerveja e outras bebidas não causaram impacto.

Os cientistas sugerem que um antioxidante presente no vinho tinto, chamado resveratrol, junto do tanino, que também é antioxidante, consegue impedir o desenvolvimento e o crescimento de tumores.

- Coma peixe com mais frequência: comer peixes gordurosos, ricos em ômega-3, como o salmão, o arenque e a cavala, pode reduzir o risco de câncer de próstata, de acordo com estudo feito por 30 anos com mais de seis mil homens no Instituto Karolinska, em Estocolmo, na Suécia. Homens que não comiam peixe corriam risco de duas a três vezes maior de desenvolver câncer de próstata do que aqueles que comiam quantidades moderadas ou grandes.

Fonte:http://camacarinoticias.com.br/leitura_dicas.php?id=100833

Barroquinha em Inhambupe



segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Quatro faxinas que você precisa fazer antes de acabar o ano


Os dias que antecedem a chegada de um novo ano são um excelente momento para reavaliar todas as áreas de atividade em que atuamos e identificar o que está funcionando, o que não está, o que nos é útil e o que não nos serve mais. Assim, ficamos livres para criar novas metas e gerar espaço para construir o que esperamos de nossas vidas. Isso vale não só para a tradicional organização da casa, mas também para realizarmos uma faxina em nosso corpo, nossa mente e nosso coração. Siga as dicas a seguir e dê boas-vindas a 2011 com, literalmente, tudo em ordem!

MENTE

- Aprimore a qualidade de seus pensamentos, afugentando os pessimistas que criam obstáculos para seu sucesso e felicidade. Procure ter apenas pensamentos positivos.

- Pratique meditação. Esse exercício, além de acalmar a ansiedade e equilibrar seus pensamentos, propicia autoconhecimento, essencial para que se façam melhores escolhas.

- Elimine crenças negativas sobre si mesmo (a) e pare de tentar ser outra pessoa. Aprimore o que você já é.

- Dê fim ao hábito de tentar agradar os outros. Seja fiel a si mesmo (a) e coloque-se em primeiro lugar.

- Há quem viva do “lixo” de outras pessoas: gente que gosta de ler notícias terríveis de crimes hediondos, saber os podres dos artistas da TV, vasculhar detalhes dos problemas alheios... Para que encher a cabeça com tanta energia negativa?

- A nossa mente é quem governa nossas vontades e ações. Se queremos fazer o melhor por nossa vida, não vai ser numa cabeça poluída por pensamentos ansiosos e bagunçados que vamos conseguir criar o que sonhamos.

- Diga não. Perceba o que é prioridade para você nesse momento e recuse qualquer outra atividade, pedido ou tentação que vier desviar do que vai fazê-lo (a) feliz e satisfeito (a) ou impedi-lo (a) de cumprir uma promessa consigo mesmo (a). Pratique essa habilidade determinando limites que você quer estabelecer para si e comece o ano em saldo positivo com você.

CORAÇÃO

- Alimente os relacionamentos que geram crescimento e aqueles com os quais você se sente energizado (a). Corte todos os outros aqueles que o (a) sugam e o (a) deixam fraco (a).

- Não se contente com aquilo que não está bom. Mas acredite que o primeiro coração que deve estar forte, nutrido e ser amado é o seu. Assim, invista no seu amor-próprio.

- Solte o verbo e reclame. Por mais que doa, sempre coloque os devidos limites de dentro para fora e de fora para dentro. Suportar situações adversas tem limites e, passados esses limites, abre-se a porta para as mais diversas doenças.

- Livre-se dos preconceitos e dos mitos que atrapalham sua vida. Invista no seu prazer, naquilo que promova sua alegria e não esqueça a sua libido. Invista mais nas preliminares e deixe para fora do quarto a vergonha ou o receio de falar do que gosta. Masturbe-se, pois é uma ótima forma de descobrir onde está o seu prazer.

- Há quem aprecie não só carregar as próprias “tranqueiras”, mas também depositá-las nas costas dos outros: culpas, dureza, amargura... Jogue fora sentimentos que já deveriam estar no lixo há muitos anos.

- Deixe de lado alimentos que podem comprometer sua saúde e, consequentemente, sua vida sexual, como carboidratos, doces, refrigerantes e álcool em excesso. Tudo isso afeta a libido e pode até comprometer o desempenho sexual - uma das causas da impotência masculina é o diabetes.

- Tenha compaixão com a raiva. Não será muito melhor começar um novo ano sem carregar toda essa bagagem nas costas? Todos nós sentimos raiva, frustração, irritação, isso é humano. Vá para a frente do espelho e veja a sua cara quando você está no auge desse sofrimento. É uma cara horrível, não? Ria, faça palhaçadas para si mesmo (a). Sentir raiva é legítimo, mas não é necessário ficar preso a ela e concretizá-la em seu corpo. Isso só gera mais sofrimento.

CORPO

- A atividade física manda embora o estresse e a tensão acumulados. Nesse fim de ano, aproveite para caminhar no parque ou nadar na piscina do clube ou do condomínio.

- Se for passar o Réveillon na praia, tente tomar um banho de mar antes de soar a meia-noite do dia 31. Purificadora, a água do mar leva embora todas as energias negativas e o cansaço acumulados em 2010.

- Que tal abolir a açúcar branco da alimentação? Isso pode ser feito de maneira gradativa, é claro. A sacarose, fruto do beneficiamento da cana-de-açúcar, cobra um preço muito alto para entrar no organismo, retirando cálcio e fósforo de nossas reservas, que estão principalmente nos ossos.

- Mais um bom motivo para dizer adeus ao açúcar? Ele perturba o metabolismo impedindo um bom funcionamento, gerando fermentação e acidez, o que acaba predispondo a inflamações e inchaços, impedindo também qualquer tentativa de redução de peso.

- Varra o sedentarismo para fora da sua vida. Se a ideia de frequentar uma academia não o (a) empolga, tente caminhar pelo menos três vezes por semana por 40 minutos no mínimo. Isso ativa a circulação e o pensamento, abrindo novas perspectivas.

- Faça uma limpeza na pele do rosto e uma esfoliação corporal para retirar as impurezas e as células mortas. Além de ganhar uma pele novinha em folha, você ainda vai deixá-la preparada para conquistar um bronzeado bonito e uniforme neste verão.

- Fazer uma faxina no corpo significa promover uma mudança nos hábitos: esquecer aquilo que sabemos que é ruim e adotarmos uma nova consciência.

- Coma peixe. Sua carne é rica em ômega 3, substância que proporciona diversos benefícios ao organismo, como a diminuição do colesterol ruim (LDL) e o aumento do bom (HDL), a proteção contra doenças cardíacas e o estímulo ao desenvolvimento da atividade cerebral.

- Beba chá de alecrim. A bebida ajuda a combater o estresse físico e mental, condições de depressão, a gota, o reumatismo, colesterol, dores de dente, estômago preguiçoso e até enxaquecas. A folha também pode ser usada como tempero para carnes de porco, carneiro e peixe, além de aromatizar vinagres e óleos.

- Acrescente alface em suas refeições. A verdura é ótima para quem quer mandar o mau humor para bem longe. Ela é rica em folato, cuja falta pode ocasionar quadros de depressão, confusão mental e cansaço. No talo é possível encontrar a lactucina, que atua como um calmante natural.

- Dê preferência ao arroz integral. Em comparação com o arroz branco, o integral só apresenta vantagens. Como ele tem os grãos intactos, que preservam a película e o gérmen, possui maior concentração de nutrientes. Seu consumo regular diminui os problemas intestinais, como a constipação, melhora o metabolismo da glicose nos diabéticos, protege o sistema nervoso devido à presença da vitamina B1 e melhora o metabolismo da contração muscular.

- Consuma limão. A fruta é rica em vitamina C e ajuda a regular o organismo, otimiza a ação do sistema excretor e melhora a eliminação de toxinas do corpo. Assim, fica mais fácil o controle do diabetes, do colesterol, dos triglicerídeos e de substâncias que geram estresse, ansiedade e depressão.

- Beba muita água. Deve ser a primeira coisa que você precisa colocar no seu corpo pela manhã para limpar as toxinas acumuladas durante o sono, literalmente lavando seu corpo por dentro. Tome de 250 a 500 ml logo após acordar, todos os dias.

- Coma bastante vegetais folhosos verde-escuros, como couve, salsinha, rúcula, espinafre e outros. Eles ajudam o fígado a processar as toxinas, como comidas gordurosas, excesso de proteínas e álcool.

- Movimente-se. Esse item é essencial para livrar o corpo de tensões, estresse e exageros. Ioga é especialmente boa para ajudar o corpo num processo de limpeza. Invista em asanas (posturas) de torção, que “espremem” os órgãos internos no abdome e incentivam a eliminação de toxinas.

CASA

  • Getty Images/Thinkstock

    Organização evita a estagnação de energia

- Jogue fora, venda ou doe objetos que não têm mais nenhuma razão para permanecer na sua casa e em sua vida.

- Remova a estagnação de energia eliminando os excessos. Guarde apenas o que você usa e aprecia realmente.

- Retire tudo aquilo que não usa há mais de um ano de seus armários – roupas, acessórios, sapatos e até peças íntimas – e doe para alguma instituição de caridade. Desse modo, além de criar mais espaço, você também renovará as energias e fará uma boa ação.

- Para que conservar (ou pior, usar) louças lascadas, panelas sem cabo, vasilhas de plástico sem tampa e afins? Doe tudo isso.

- Aliás, jogue fora a mania (lastimável!) de usar louça e copos velhos e lascados no dia a dia e retirar do armário as peças especiais de porcelana ou prata somente quando recebe visitas. Sua família – ou você mesmo (a), se morar só – é o seu bem mais precioso e merece o melhor. Lembre-se: todos os dias são especiais, tudo depende de como os encaramos.

- Sabe aquele eletrodoméstico que você deixou no armário há tempos para mandar consertar e nunca tomou uma atitude? Doe também para uma instituição de caridade. Esses locais sempre contam com um setor de manutenção, onde poderão consertar e vender. O valor apurado costuma ser revertido para a instituição.

- Espante o mau humor e organize todos os armários da casa, jogando fora o que não presta mais – inclusive documentos antigos e canhotos de cheque que não servem para mais nada. A bagunça produz alguns efeitos na nossa vida: traz sentimentos de desorganização, irritação, tensão e até mesmo depressão. Em contrapartida, a organização nos traz maior domínio sobre a vida, mais leveza e melhora os relacionamentos.

- Livre-se daquele cheiro de “guardado”. Lave edredons, cobertores e blusas de lã e guarde-os em embalagens a vácuo. A embalagem a vácuo faz com que suas roupas permaneçam cheirosas, sem mofo ou odores desagradáveis, até a próxima vez de usar.

- Limpe e organize a sua despensa e geladeira, você vai se surpreender com a quantidade de produtos fora da validade.

- Troque as fotos dos porta-retratos. Vai ser um momento prazeroso olhar álbuns de fotografia para escolher as novas imagens. Se tiver crianças, chame-as para ajudar – elas vão adorar!

- Ajude uma biblioteca. Quem não tem livros guardando poeira dentro de armários e em estantes? Sejam clássicos, contemporâneos ou técnicos, há sempre espaço para mais livros em bibliotecas públicas, desde universidades e escolas, até em terminais de ônibus. Você ganha espaço e um obrigada.

- Seja verde. Aproveite que os produtos ecológicos e orgânicos de higiene e limpeza estão aparecendo no mercado e livre-se dos produtos químicos que intoxicam seu lar e seu corpo. Assim tudo fica limpo de verdade.

- Recicle a energia e os materiais. Papéis guardados não acumulam só sujeira, mas também criam um ponto de estagnação de energia na casa. Organize-os em pastas ou sacos plásticos e elimine o que não tem mais serventia, para serem reciclados por entidades apropriadas.

Consultoria:

- Ana Raia, sócia-fundadora da empresa Raia Coaching e mentora do Kabbalah Centre Brasil

- Carlos Araújo, cirurgião vascular e diretor-presidente do Instituto Paulista para Tratamento de Disfunção Erétil

- Eduardo Ferraz, consultor e especialista em gestão de pessoas, negociação e vendas, autor de “Por Que a Gente É do Jeito que a Gente É?” (Ed. Gente)

- Gabriela Casabona, dermatologista

- Heloisa Lúcia Sundfeld, empresária e personal organizer, dona da Help Personal Assistant

- Juliana Faria, arquiteta e personal organizer, dona da Yru Organizer - Organização de Ambientes

- Maximo Asinelli, nutrólogo

- Melissa Setubal, coach de saúde integrativa

- Samir Wady Rahme, médico clínico com formação em medicina antroposófica

- Silmar Coelho, psicólogo e escritor de livros nas áreas de aconselhamento familiar, liderança e motivação

- Sueli Meirelles, psicóloga, autora de "Do Divã à Espiritualidade: ATH - Abordagem Transdisciplinar Holística em Psicoterapia” (Ed. Ideias & Letras)

Fonte:http://estilo.uol.com.br/comportamento/ultnot/2010/12/27/quatro-faxinas-que-voce-precisa-fazer-antes-de-acabar-o-ano.jhtm

Prêmio da virada pode chegar a R$ 180 milhões


Valor renderia mais de um R$ 1 milhão por mês

O maior prêmio da história das Loterias, no Brasil, ficou ainda maior. A previsão para a Mega da Virada, que será sorteada na próxima sexta-feira (31), foi revisto de R$ 150 milhões para R$ 180 milhões, 24,2% maior que o prêmio pago no ano passado, de R$ 144,9 milhões, e que já era o recorde absoluto das Loterias no Brasil.

O crescimento do prêmio da Mega da Virada se deve aos consecutivos concursos sem ganhadores, nas últimas semanas. Foram sete extrações sem ganhadores, até o sorteio da última sexta-feira (24), que oferecia um prêmio R$ 34 milhões.

O valor será destinado ao sorteio do dia 31 de dezembro, já que não haverá novos sorteios da Mega-Sena nesta semana.
“Quando anunciamos o prêmio de R$ 150 milhões, em outubro passado, esta era a nossa projeção mais conservadora. Com o volume de arrecadação e os concursos acumulados, podemos esperar um prêmio bem maior”, explica o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Joaquim Lima de Oliveira.

O valor recorde da Mega da Virada pode render, praticamente, um novo prêmio da Mega-Sena, todo mês, ao ganhador. Caso ganhe sozinho, ele poderá receber, mensalmente, cerca de R$ 1,1 milhão, apenas deixando o dinheiro na Poupança da CAIXA.
As apostas da Mega da Virada estão abertas, até às 14h (horário de Brasília) da próxima sexta-feira (31), em todas as lotéricas do Brasil.

A aposta simples custa apenas R$ 2,00 e pode ser feita, nesta semana, tanto nos volantes especiais da Mega da Virada quanto nos da Mega-Sena.

Fonte:http://camacarinoticias.com.br/leitura.php?id=102930

Estudantes protestam contra reajuste de parlamentares em frente ao Palácio do Planalto


Um grupo formado por dezenas de estudantes secundaristas e universitários realizou uma manifestação pacífica no início da tarde desta segunda-feira (27) em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília (DF). Os manifestantes foram para a rampa do Planalto, onde permaneceram por cerca de uma hora. De lá, seguiram em passeata pela Esplanada dos Ministérios.

Os participantes usaram nariz de palhaço, camiseta preta e portaram bandeiras vermelhas da Rede Estudantil Classista e Combativa (RECC). Segundo eles, o movimento é contra o aumento de 133% no salário dos parlamentares, aprovado no último dia 15, e a favor de um salário mínimo mais alto. Nesta segunda-feira (27), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que é favor de o valor atual do mínimo, R$ 540, não ser alterado.

Segundo um dos organizadores, o secundarista Fábio Coutinho, 17, do Movimento de Juventude Revolucionária Socialista, a coordenação foi feita por meio de contato com movimentos e comunidades mantidos por estudantes de outras capitais em redes sociais.

“Vamos fazer manifestações semelhantes também no Rio, em Salvador (BA), São Paulo e Belo Horizonte (MG)”, disse. Segundo o estudante, os próximos atos do tipo em Brasília serão nos próximos dias 1º e 8.

Com gritos de “Eu não sou otário, tira do meu bolso pra botar no seu salário” e de “Dilma, que papelão”, os estudantes são observados pelos seguranças no Planalto. O contingente de homens à disposição foi reforçado.

12 dias de atraso

Uma das manifetantes explicou ao UOL Notícias o porquê de só agora haver a manifestação – a aprovação do reajuste no Congresso foi dia 15 deste mês.

“Não viemos dia 15 porque tinha feriado, e fomos ao Congresso, dia 21, e fomos barrados, ainda que fôssemos todos maiores de idade e com o RG na mão; hoje tem até menor de idade e uma mãe delas acompanhando”, afirmou Ana Luiza de Oliveira, 18, estudante de Engenharia Florestal e membro do diretório acadêmico da UnB (Universidade de Brasília).

A mãe em questão é a dona de casa Prudência Mota, 50 anos, que foi à manifestação acompanhar as filhas – uma secundarista, a outra, universitária.

“Como é a primeira vez das minhas filhas em um ato desses, tinha medo do que a polícia pudesse fazer; eu mesma já fiz muita manifestação e fiz parte do movimento político quando era estudante no início da década de 1980, em Brasília”, contou Prudência.

No caminho para a Esplanada dos Ministérios, os estudantes adotaram um novo grito de ordem: “Tem dinheiro pra ministro, mas não tem pra educação”.

Fonte:http://noticias.uol.com.br/politica/2010/12/27/estudantes-protestam-contra-reajuste-de-parlamentares-na-rampa-do-palacio-do-planalto.jhtm

1939 - Cordão Infantil


ALHO: UM SANTO REMÉDIO


Alho (Allium sativum L.), membro da família das cebolas, tem sido cultivado por milhares de anos e, é usado largamente por seus ambos atributos, culinário e medicinal. À medida que nos tornamos mais acostumados ao sabor do alho, e nos tornamos conhecedores dos múltiplos benefícios que comer alho traz à saúde, a popularidade desta especiaria tem crescido.

A maioria das espécies de alho cresce em clima ameno. As espécies nativas em clima amenos e transportadas para clima frio, normalmente não se desenvolvem bem e quase sempre apresentam um sabor excessivamente forte. O alho é uma espécie de planta adaptável a diversos climas, entretanto, e ao longo de milhares de anos, foram desenvolvidas variedade que crescem bem em clima frio e sempre com um sabor melhor.

O alho está disponível o ano inteiro, e sob diversas formas além do alho fresco, como em pó, em flocos, óleo ou purê.

Benefícios à saúde

As propriedades medicinais e os benefícios que o alho traz à saúde são de há muito conhecidas. O alho tem sido considerado a “maravilha das drogas” herbáticas, com a reputação folclórica de “curar desde um simples resfriado até a peste bubônica”. Tem sido muito usado na medicina herbática (fitoterapia). Cru, tem sido aplicado no tratamento de alguns sintomas da acne, e há algumas evidencias de que pode ajudar na administração dos níveis de colesterol. Pode ser usado até como repelente natural de mosquitos.

Em geral, quanto mais forte o sabor do alho maior o teor de enxofre, portanto, maior o seu valor medicinal. Algumas pessoas sugerem que o alho orgânico tende a ter mais enxofre ainda.

Alguns preferem consumir os suplementos do alho (pílulas e cápsulas) o que evita o hálito de alho.

A ciência moderna mostrou que o alho é um poderoso antibiótico, embora de ação generalizado, não específica a algum tipo de infecção., com a grande vantagem de que o organismo parece não desenvolver resistência conta ele, o que possibilita um benefício à saúde e capacidade curativa contínua, ao longo do tempo.

Ante oxidante

Dois estudos mostram que o alho – especialmente o envelhecido – podem ter um poderoso efeito ante oxidante. Os ante oxidantes ajudam a proteger o corpo contra os “radicais livres”.

Ante coagulante

Pela sua característica ante coagulante, é recomendável para pessoas com pressão arterial elevada, não sendo recomendado o seu consumo pra pessoas recém submetidas a cirurgias.

Desobstrui as vias respiratórias

Por na boca um dente de alho cru, levemente ferido, desobstrui as vias respiratórias, sendo possível até que sejam repelidas crises de asma.

Efeitos colaterais

1. Quando consumido cru e em grande quantidade pode trazer problemas ao sistema digestório.

2. Pela sua característica ante coagulante, não é recomendado o seu consumo pra pessoas recém submetidas a cirurgias.

3. Alergias ao alho podem apresentar resseca mento da pele, elevação da temperatura do corpo (estado febril) e dor de cabeça.

Você sabia?

O alho elefante não é realmente alho e seu sabor é muito mais moderado que o do alho branco.


Fonte:http://www.felipex.com.br/cur_alho.htm

domingo, 26 de dezembro de 2010

Praça Maurício Dantas

Homens com mais de 75 anos querem mais sexo, diz estudo


Os homens mais velhos ainda estão muito interessados em sexo, mas doenças e a falta de oportunidade pode impedi-los de praticar o ato, disseram pesquisadores australianos na segunda-feira (6).

O hormônio sexual masculino testosterona foi claramente associado à frequência com que um homem de mais de 75 anos teve relações sexuais, e os médicos precisam fazer mais estudos para verificar se a terapia de reposição hormonal pode beneficiar os mais velhos, disseram os pesquisadores.

Zoe Hyde, da Universidade da Austrália Ocidental, e seus colegas examinaram mais de 2.700 homens com idades entre 75 e 95 anos para o estudo publicado na revista "Annals of Internal Medicine".

Eles fizeram uma série de perguntas sobre saúde, relacionamentos e atividade sexual.

"Quanto mais velho, menor a probabilidade de ser sexualmente ativo, mas a prática continuou pelo menos um pouco importante para um quinto dos homens com idade entre 90 e 95 anos, refutando o estereótipo de pessoa mais velha assexuada", segundo a pesquisa.

"Daqueles que tinham vida sexual ativa, mais de 40% estavam insatisfeitos com a frequência da atividade, preferindo o sexo com mais frequência."

Mais de 30% dos homens relataram algum tipo de atividade sexual no ano passado, porém mais de 48% disseram que o sexo era importante, sugerindo que muitos homens queriam fazer sexo, mas não conseguiam.

A idade era um dos fatores, assim como os níveis de testosterona, a falta de um parceiro interessado e diversas doenças, como diabetes e câncer de próstata.

Mais de 40% dos homens que não tiveram relações sexuais recentemente disse que eles não estavam interessados.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Edital de convocação extraordinária da Câmara Municipal de Inhambupe

Clique na imagem e veja a convocação para os dias 28 e 29 do corrente mês.

Igreja de Inhambupe


Joãozinho da Gomeía

Nascido em 27 de Março de 1914, no município de Inhambupe, a 153 quilômetros de Salvador. João Alves Torres Filho era filho de um alfaiate e de Maria Vitoriana Torres. Neto de ex-escravos, supostamente foi coroinha do Padre Camilo Alves de Lima, na Igreja da Invocação do Divino Espírito Santo de Inhambupe.
Apesar de temer o candomblé e sonhar ser um sacerdote Católico, foi iniciado no final dos anos 20 nesta religião pelo Mestre Jubiabá. Este ficou conhecido nacionalmente pelo romance de mesmo nome, publicado por Jorge Amado em 1935.
No ano de 1932, João Alves era conhecido na Bahia, como João da Pedra Preta. Pois realizava consultas com esta entidade na Rua da Liberdade, 561. Mais tarde fundou o seu candomblé na Rua da Goméia, no bairro de São Caetano. Por causa do nome da rua, passou a utilizar o nome Joãozinho da Goméia.
Em 1947/1948 Joãozinho despediu-se de Salvador em uma festa no Teatro Jandaia, apresentando danças típicas do candomblé. A convite do Jornalista Orlando Pimentel, desembarcou no Rio de Janeiro, sendo apresentado a Joaquim Rollas e contratado como coreógrafo do Cassino da Urca.
A princípio hospedou-se na casa de uma filha de santo, no bairro 25 de agosto em Duque de Caxias. Pouco tempo depois alugou uma casa na Rua das Vassouras, 174. Bairro Itatiaia também na Baixada Fluminense.
Nos anos 50, comprou os lotes 2805, 2806 e 2807, no loteamento Vila Leopoldina IV. Este endereço é mais conhecido como Rua General Rondon, 360. Parte da antiga Fazenda Jacatirão, que deu nome a uma das ruas do loteamento. Assim como Itatiaia, Dr. Laureano e Ipanema, desta forma os moradores começaram a utilizar os nomes das ruas como definição de bairro, gerando confusão até os dias atuais.
Da Goméia foi um grande ativista cultural, costureiro, compositor, dançarino, coreógrafo e Zelador de Santo. Distribuiu agasalhos, comida, bancou festas, enterros, remédios, alugueis, realizou partos e chegou a sustentar mais de 20 pessoas dentro de seu terreiro.
Nos anos 50 e 60 o terreiro da Goméia passou a ser referência do município de Duque de Caxias, não só por ser um dos primeiros na região sudeste, mas pelos frequentadores famosos. Entre eles; Embaixadores da França, Inglaterra e Paraguai, Cauby Peixoto, Dorival Caymmi, Emilinha Borba, Francisco Alves, Getulio Vargas, Henrique Teixeira Lotte, Maria Antonieta Pons, Marlene, Ninon Sevilha, Paulo Gracindo, Solano Trindade e Tenório Cavalcante. Segundo alguns em 1961, após uma visita a Petrobrás, o presidente Juscelino Kubitschek pediu para desviar o caminho para visitar o local. Devido à grande procura e movimentação a empresa de ônibus “Viação União” criou a linha “Caxias – Copacabana” no párabrisa lia-se em uma placa “Via Joãozinho da Goméia”.
Por causa de sua personalidade foi criado na Bahia o Centro de referência e cidadania homossexual Joãozinho da Goméia, a instituição localizada a Rua Frei Vicente, 24 – Pelourinho, Salvador. Colhe denuncia de agressões e descriminações, a iniciativa partiu do Grupo Gay da Bahia.
Na visita da princesa Elizabeth ao Rio de Janeiro, foi chamado para uma apresentação particular. A “mesma comentou que se houvesse um rei neste negócio de “macumba”, seria Joãozinho da Goméia”. Daí o povo começou a chamá-lo de Rei do Candomblé. Quando esta princesa foi coroada Rainha da Inglaterra, mandou uma réplica miniatura do sino utilizado na cerimônia pelas mãos de Assis Chateaubriand para ser entregue à Joãozinho da Goméia.
Faleceu em São Paulo no dia 19 de Março de 1971. O corpo foi velado por 26 horas, dentro do terreiro da Goméia em Duque de Caxias. Este mesmo espaço serviu para Igreja Católica Apostólica brasileira realizar uma cerimônia, dirigida por Dom José Antonio da Silva e Dom Hugo da Silveira Lino.
No cortejo, feito a pé, até o cemitério Nossa Senhora de Belém, no corte 8. Rosas eram jogadas pelo caminho, o sol estava quente e sem anuncio prévio o tempo virou trazendo um temporal. No dia 23 de Março do mesmo ano, o vereador da Arena José Carlos Lacerda apresentou à Câmara Municipal indicação para que a Rua Cascatinha passasse a se chamar “João Alves Torres Filho”. Brigas internas por sucessão causaram o fechamento do terreiro da Goméia.
No dia 22 de setembro de 1987, o vereador Luiz Brás de Luna, indicou à mesa da Câmara Municipal de Duque de Caxias um oficio para fins de desapropriação do imóvel onde funcionou o “terreiro da Goméia” para criação do “Centro Cultural Afro-Brasileiro Joãozinho da Goméia” Na época o ato de desapropriação teria o objetivo de resgatar a memória da Goméia restaurando as edificações do barracão que ainda estavam em pé e inaugurando a CCABJG no dia 13 de maio de 1988, precisamente no primeiro centenário da libertação dos escravos.
No ano de 2003, por indicação do vereador Airton Lopes da Silva, o ITO. A Goméia foi desapropriada para construção de uma creche. Pesquisadores, historiadores e adeptos do candomblé mobilizaram-se na tentativa de resgatar o antigo projeto da construção do “Centro Cultural Afro- Brasileiro Joãozinho da Goméia” mantendo viva a lembrança da história do Rei do Candomblé.
A construção de uma quadra de futebol chegou a ser iniciada e uma amendoeira plantada por seu João foi recentemente cortada. Devemos aproveitar a redescoberta de outro João, o Almirante Negro. E seguir o exemplo de preservação da história com o centenário de Joãozinho da Goméia que se aproxima. Enquanto isso, sambas de enredo contam fragmentos desta história que ate agora não tem um final feliz.

Fonte:http://expressodofluxo.blogspot.com/2010/12/joaozinho-da-gomeia.html

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Praça Maurício Dantas

Dia de Natal



Universal, abrangente, calorosa ­ assim é a festa de Natal, que envolve a todos. Uma das mais coloridas celebrações da humanidade, é a maior festa da cristandade, da civilização surgida do cristianismo no Ocidente. Época em que toda a fantasia é permitida. Não há quem consiga ignorar a data por mais que conteste a importação norte-americana nos simbolismos: neve, Papai Noel vestido com roupa de lã e botas, castanhas, trenós, renas.
Até os antinatalinos acabam em concessões, um presentinho aqui, outro acolá. Uma estrelinha de belém na porta de casa, uma luzinha, um mimo para marcar a celebração da vida, que é o autêntico sentido da festa. Independente do consumismo, tão marcante, o Natal mantém símbolos sagrados do dom, do mistério e da gratuidade.
Na origem, as comemorações festivas do ciclo natalino vêm da distante Idade Média, quando a Igreja Católica introduziu o Natal em substituição a uma festa mais antiga do Império Romano, a festa do deus Mitra, que anunciava a volta do Sol em pleno inverno do Hemisfério Norte.


A adoração a Mitra, divindade persa que se aliou ao sol para obter calor e luz em benefício das plantas, foi introduzida em Roma no último século antes de Cristo, tornando-se uma das religiões mais populares do Império.

A data conhecida pelos primeiros cristãos foi fixada pelo Papa Júlio 1º para o nascimento de Jesus Cristo como uma forma de atrair o interesse da população. Pouco a pouco o sentido cristão modelou e reinterpretou o Natal na forma e intenção. Conta a Bíblia que um anjo anunciou para Maria que ela daria a luz a Jesus, o filho de Deus. Na véspera do nascimento, o casal viajou de Nazaré para Belém, chegando na noite de Natal.

Como não encontraram lugar para dormir, eles tiveram de ficar no estábulo de uma estalagem. E ali mesmo, entre bois e cabras, Jesus nasceu, sendo enrolado com panos e deitado em uma manjedoura.

Pastores que estavam próximos com seus rebanhos foram avisados por um anjo e visitaram o bebê. Três reis magos que viajavam há dias seguindo a estrela guia igualmente encontraram o lugar e ofereceram presentes ao menino: ouro, mirra e incenso. No retorno, espalharam a notícia de que havia nascido o filho de Deus.

Fonte:http://www.arteducacao.pro.br/homenagem/Natal/natal.htm