Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

domingo, 31 de julho de 2011

Personalidade pode determinar peso, diz estudo


Do Terra

Traços de personalidade podem desempenhar papel importante no peso, de acordo com um estudo do Instituto Nacional do Envelhecimento dos Estados Unidos. Pessoas impulsivas, cínicas, competitivas ou agressivas são mais propensas a conquistar quilos extras. As muito neuróticas e menos cuidadosas têm mais chances de passar por muitos altos e baixos, o famoso efeito sanfona. As informações são do site Health.

O levantamento contou com dados coletados por mais de 50 anos de quase 2 mil participantes saudáveis. Os cientistas constataram que os impulsivos lideram a lista da probabilidade de problemas com a balança. Os que mais agem sem refletir chegaram a ter quase 10 kg a mais que os apresentam menos evidências dessa característica.

Os mais cuidadosos, por sua vez, são tipicamente mais magros. "Pesquisas anteriores já haviam encontrado que os impulsivos são propensos a compulsão alimentar e consumo de álcool", disse a autora do estudo, Angelina R. Sutin. "O caminho a partir de traços de personalidade para ganhar peso é complexo e, provavelmente, inclui mecanismos fisiológicos, além de fatores comportamentais. Esperamos identificar mais claramente a associação entre personalidade e obesidade, e tratamentos mais personalizados serão desenvolvidos."

Fonte: http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=88462



Fonte das imagens: dienizinhasouza.wordpress.com e pisicologiaadm.webnode.com.br

sábado, 30 de julho de 2011

Tubarão de 500 kg salta do mar para dentro de barco na África do Sul

Um tubarão branco de 500 kg e três metros de comprimento conseguiu pular para dentro de um barco de pesquisa na África do Sul, na última segunda-feira.

O fato ocorreu enquanto pesquisadores da vida marinha trabalhavam na cidade costeira de Mossel Bay, no sudeste do país, em um projeto que visa identificar tubarões brancos e analisar as populações da espécie na África do Sul.

A especialista de campo Dorien Schroder e outros seis tripulantes atiravam sardinhas ao mar para atrair tubarões e, desta forma, fazer fotos de suas barbatanas dorsais para identificar cada um deles e estimar quantos tubarões vivem na baía da região.

"Geralmente, quando fazemos isto, um certo número de tubarões fica em volta do barco", disse à BBC Schroder, que faz pesquisas para a organização Oceans Research, como parte do Projeto Grande Tubarão Branco.

"Foi quando ouvi um barulho e, quando me virei, um grande tubarão branco estava no ar, logo acima de uma das minhas estagiárias."
Schroder conta que, "por sorte, a estagiária deu um passo em minha direção", e, devido a isso, o tubarão não caiu em cima dela.

"Mais tarde, ela me disse que pensou que eu saberia o que fazer, e por isso foi na minha direção."

Ajuda
A pesquisadora agarrou a estagiária pela camiseta e a levou até outra parte do barco.

O tubarão, por sua vez, caiu e inicialmente ficou com metade do corpo dentro do barco. Mas, segundo Schroder, "devido ao fato de os tubarões apenas de moverem para frente, ele entrou totalmente no barco".

"E, claro, ele estava em pânico, não pensou que cairia no barco, (o tubarão) pensou que cairia na água. Então ele ficou se debatendo", disse.

"Todos os estagiários foram para outra parte do barco e nós esperamos o tubarão se acalmar para fazermos alguma coisa", afirmou.

No entanto, devido ao peso do tubarão, Dorien e os estagiários tiveram de pedir ajuda para tirá-lo do barco. Pelo rádio, a pesquisadora chamou outros dois cientistas da Oceans Research que estavam em terra, e um dos diretores da organização, Ryan Johnson, foi para o local.

"Nós recebemos um pedido de socorro pelo rádio, da Dorien, fomos até lá e, em quatro pessoas, esperávamos tirar o tubarão (do barco). Mas, quando chegamos lá e vimos a situação, percebemos que não ia ser assim: ele tinha três metros e 500 kg e queria morder", disse Johnson à BBC.

"Depois de algumas tentativas de jogar ele de volta ao mar, entramos em contato com as autoridades portuárias e pedimos ajuda (para tirar o tubarão do barco)."

O cientista afirma que deve ter sido uma "experiência incrivelmente estressante para o tubarão" e diz que os cientistas tentaram jogar água no tubarão durante todo o tempo.

Segundo Johnson, depois de conseguir mais ajuda junto a um barco de pesca, o tubarão foi retirado do barco pela cauda, pendurado em cordas.

Desorientado
O diretor da Ocean Research diz que o tubarão estava desorientado e estressado devido à experiência dentro do barco.

"Devido ao estresse que ele passou, ele nadou pela baía, que era um lugar estranho para ele), e em direção à praia", afirma Johnson.

Os cientistas foram então para a água, a fim de tentar ajudar o tubarão a sair da praia. Depois de algumas tentativas sem sucesso, eles decidiram amarrar o animal em um dos barcos e levá-lo ao mar, onde ele foi solto.

Schroder disse à BBC que, depois do encontro com o grande tubarão, o barco já está de volta à água.

"Algumas coisas se quebraram, a fibra de vidro se rompeu quando o tubarão caiu lá, mas consertamos no mesmo dia e ele (o barco) já voltou para a água", disse.

Fonte: http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=88476

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Exame da OAB pode ser extinto

Rodrigo Vilas Bôas

O Brasil possui 1.240 faculdades de Direito, enquanto é de apenas 1.100 o número de instituições que oferecem esse curso no mundo inteiro, incluindo nações como China, Estados Unidos e Europa, conforme Jefferson Kravchychyn, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

E, apesar de a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ter criado um mecanismo para avaliar a qualidade dos profissionais egressos das inúmeras faculdades que se proliferam, tornando-os aptos ou não para o exercício da advocacia, um novo parecer da Procuradoria Geral da República (PGR) acaba de considerar o exame inconstitucional, que colocaria um fim na saga de milhares de bacharéis que lutam para obter a tão almejada “carteirinha da OAB”.

O parecer ainda vai passar pelo crivo do Supremo Tribunal Federal (STF). Se aprovado, todos os bacharéis que não obtiveram êxito na prova, vão poder exercer a atividade de advogado. Reprovado duas vezes no exame que realizou na Bahia, Caio Henrique Gusmão, de 23 anos, é um dos bacharéis em Direito que podem ser beneficiados com a medida. “Sei que tenho capacidade de trabalhar como advogado, mas não consegui passar ainda porque a prova é muito difícil, embora não seja capaz de medir a minha capacidade”, pondera o jovem.

A presidente da Comissão de Exame de Ordem da OAB-BA, Christianne Gurgel, diz que, caso realmente isso aconteça, a sociedade estará enfrentando um sério risco. “A faculdade não é de advocacia. A pessoa sai de lá como um bacharel em Direito”, observa, salientando que o exame é um instrumento de fiscalização da qualidade do ensino jurídico que vem se proliferando no país. “Em 2000, tínhamos somente quatro instituições na Bahia, hoje são 56.

O egresso de bacharéis vem se multiplicando ano a ano”, continuou. O surgimento de novas instituições de ensino de Direito reflete também na crescente demanda de inscritos no exame. Na edição 2011.1, por exemplo, foram inscritos, na Bahia, 5.207 bacharéis, dos quais 3.644 somente em Salvador.

Na avaliação do diretor da Associação Baiana de Mantenedores do Ensino Superior (Abames), Carlos Joel Pereira, o exame da OAB não reflete, de modo algum, a qualidade do ensino. “É uma motivação ideológica e política para reserva de mercado”, resume. Para o advogado, a realização de uma prova para avaliar os bacharéis é uma prerrogativa apenas da OAB. “Prática semelhante não acontece em outras profissões. O melhor seria então que, a cada cinco anos, fosse aplicado pelo Ministério da Educação (MEC) um exame obrigatório para todo e qualquer bacharel em Direito”, frisou.

A vice-presidente da Organização dos Acadêmicos e Bacharéis do Brasil (OABB), Thamar Tenório Albuquerque, também defende a inconstitucionalidade do exame e diz que hoje existem 4 milhões de bacharéis impedidos de trabalhar no Brasil. “A Ordem não tem competência para legislar, para obrigar uma categoria a fazer um exame. Essa seria uma competência do MEC”, critica.

Na opinião da advogada, o exame também deveria ser aplicado a todos os bacharéis do país, num período de 3 a 5 anos. “Muitos que estão hoje aí e nunca fizeram o exame certamente não iriam ser aprovados. Caem questões na prova da Ordem semelhantes às de concurso para procurador, algo desnecessário para quem acaba de sair de uma faculdade. O reflexo disso é que apenas em torno de 10% dos inscritos são reprovados”, observou.

Thamar sugere que a OAB, em vez de aplicar o exame, crie estágio obrigatório de um ano para bacharéis em entidades como a Defensoria Pública, seja estadual ou federal. “A passagem pela Defensoria proporcionaria, por exemplo, notável ganho de conhecimento. O bacharel iria percorrer diversas varas e teria a oportunidade de aprender, no dia a dia”.

Fonte:http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=88538

Fonte da Imagem: conseguirtrabalho.com

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Dekorart em Inhambupe



Executivo é demitido por ligar salário de mulheres a menstruação


Folhapress

O diretor de uma das maiores associações patronais da Nova Zelândia foi demitido após a polêmica levantada no país por uma entrevista em que ligou os salários mais baixos das mulheres ao fato de elas menstruarem.

Alasdair Thompson, diretor executivo da Employer's and Manufacturing Association (EMA), disse a um programa de rádio que as mulheres recebem menos (em comparação aos homens) porque sua produtividade é menor.

"Quem tira mais licença médica? As mulheres, em geral. Por quê? Porque uma vez por mês elas têm problemas de saúde", disse o executivo, referindo-se à menstrução.

Thompson participava de um debate sobre diferença salarial entre homens e mulheres no país.

Na Nova Zelândia, o salário das mulheres é, em média, 12% menor que o dos homens, seguindo uma tendência mundial --no Brasil, por exemplo, a diferença é bem maior, de 34%, segundo dados de 2009 da Confederação Internacional dos Sindicatos (ICFTU, em inglês).

"Elas têm filhos dos quais precisam cuidar e às vezes precisam tirar licença para faltar ao trabalho por causa disso. Não é culpa delas, mas afeta a produtividade", disse Thompson.

As declarações provocaram duras críticas e muita discussão no país. Até o primeiro-ministro, John Key, criticou o executivo e disse que sua demissão era inevitável.

Após a repercussão negativa, o executivo pediu desculpas pelas declarações.

A ministra de Assuntos Femininos da Nova Zelândia, Hekia Parata, elogiou a demissão de Thompson, na quarta-feira.

"Acho que esta é uma mensagem clara de que tais declarações são inaceitáveis", disse a ministra.

Fonte: http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=87011

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Facebook e Skype tem nova relação em conversa por vídeo


Informações da Revista Época

A relação entre o Skype e o Facebook ganhou nova proporção nesta quarta-feira (6). O fundador da rede social, Marck Zuckerberg, anunciou que os serviços do programa de chat em vídeo Skype serão incorporados ao sistema de bate-papo do próprio Facebook, permitindo que os usuários realizem, “com apenas um clique”, conversas em vídeo.

Hoje, segundo o dono do Facebook, as pessoas já estão usando as redes sociais e já se conectaram umas com as outras. Mas o que importa mesmo é que elas compartilham cada vez mais conteúdos. “O que observamos agora é que embora o número de usuários do Facebook esteja aumentando, o volume de conteúdo que essas pessoas está compartilhando é muito maior que o crescimento dos próprios usuários”, disse. Pensando nisso, Zuckerberg fechou parceria com o Skype para aprimorar o serviço de conectividade entre as pessoas, para permitir, segundo ele, que o que chamou de "compartilhamento social" dê o próximo passo.

“Conforme as pessoas compartilham conteúdo, esse conteúdo vai se multiplicando. As pessoas estão compartilhando cada vez mais, e isso está aumentando de velocidade a cada ano. A rapidez com que as pessoas compartilham mais coisas não está relacionada apenas ao Facebook. Acredito que isso seja uma característica da internet em geral”, afirmou.

SKYPECHAT

O novo serviço de chat em vídeo funcionará integrado à página do Facebook. Basta o usuário ligar sua webcam e enviar o convite para qualquer amigo.

Por dia, cerca de 4 milhões de conteúdos diversos são compartilhados pelo Facebook. A rede social transformou-se em mais que uma simples ferramenta de conectividade, e virou um canal de compartilhamento. De olho nisso, Zuckerberg disse que uma reformulação em seu serviço de chat era mais que necessária.

Além do chat em vídeo, o empresário anunciou a criação de um serviço de chat em grupo. A ferramenta já existe, mas só funciona quando o usuário é membro de alguma página de grupo. O serviço em vídeo estará disponível, em um primeiro momento, apenas para conversas privadas.

Fonte: http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=87020

terça-feira, 26 de julho de 2011

4ª Conferência Municipal de Saúde de Inhambupe




Dia 28 de julho às 07h30mim - Cerimônia de Abertura - Centro de Convenções de Inhambupe
Dia 29 de julho de 08h às 17h - Centro de Convenções de Inhambupe

1ª cavalgada universitária

Garota de 12 anos se mata para ter órgãos doados ao pai e ao irmão, mas acaba cremada


Uol

Uma garota indiana de 12 anos se matou para doar seus órgãos para seu pai e seu irmão, segundo o “The Times of India”.

No entanto, Mumpu Sarkar, que vivia na cidade de Jhorpara, morreu em vão, já que a carta de suicídio, que detalhava seu plano, só foi encontrada ao lado de sua cama no dia seguinte à tradicional cerimônia de cremação.

No documento, endereçado à mãe, a garota pedia para que doassem suas córneas ao pai e seus rins ao irmão.

Quando soube o real motivo do suicídio da menina, a mãe de Mumpu entrou em estado de choque.

“Quando entendemos os sentimentos desta criança tão sensível já era tarde demais”, declarou o pai da menina, Mridul.

Mumpu teria escutado uma conversa de família em que seu pai disse que somente uma cirurgia salvaria sua visão e um transplante de rim daria esperanças ao seu irmão Monojit, que sofreria de uma doença renal crônica.

No entanto, o custo das duas cirurgias é alto demais para os ganhos da família.

“Eles chegaram a pedir ajuda ao Estado e concedemos algum dinheiro para o tratamento do garoto. No entanto, esta tragédia aconteceu de repente e acabou com tudo”, disse Tapas Tarafdar, líder político local.

Nesta semana, outro politico, Samir Poddar, visitou a família de Mridul e prometeu ajuda para Manojit, que, na verdade, sofre de pedras nos rins.

Fonte: http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=87128

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Pronunciamento de Emiliano José na Câmara dos Deputados em Brasília


Sessão: 184.1.54.O Data: 13/07/2011

O SR. EMILIANO JOSÉ (PT-BA. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, no próximo dia 06 de agosto o município de Inhambupe, no nordeste baiano, estará completando 115 anos de emancipação política. Conhecido pelo imodesto título de ninho de gênios, expressão esta constante inclusive no hino da cidade, Inhambupe foi o celeiro de inúmeros vultos de grande relevância na história deste país.

O primeiro deles é o de Sátiro de Oliveira Dias, nascido em 1844, importante médico e político de seu tempo, foi presidente da província do Amazonas, nomeado pela carta imperial de 04 de maio de 1880, tendo ocupado o cargo entre 26 de junho de 1880 e 16 de maio de 1881. Em seguida, fora designado pelo Imperador D. Pedro II como presidente da província do Rio Grande do Norte, de 01 de junho de 1881 a 16 de março de 1882. Por fim, fora nomeado presidente da província do Ceará de 21 de agosto de 1883 a 31 de maio de 1884. Enquanto governava o Ceará, em 25 de março de 1884, decretou a libertação de todos os negros da província, a primeira a abolir a escravatura no Brasil.

Sátiro Dias alistou-se com voluntário e lutou na Guerra do Paraguai entre 1886 e 1889, tendo-lhe sido concedido o grau de cavaleiro da Ordem da Rosa em razão de sua participação neste episódio. Foi deputado estadual, secretário de governo, deputado geral, Diretor Geral da Instrução Pública na Bahia, tendo participado como deputado estadual constituinte da elaboração da Constituição Baiana promulgada em 02 de julho de 1891. Durante a República, foi ainda eleito deputado federal em 1900, sendo vice-presidente da Câmara dos Deputados, e por fim assumiu a vice- presidência do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia.

Ainda no Império, resplandece a figura de Manuel Pinto de Sousa Dantas, cidadão inhambupense, que fora deputado provincial e geral pela Bahia por diversos e sucessivos mandatos. Em Salvador foi provedor da Misericórdia e juiz de órfãos. Político de idéias avançadas, já no 2º Império defendia uma ampla reforma social, a abranger uma diversificada gama de temas entre eles reforma agrária e democratização do ensino. Chegou a ser senador, ministro da Justiça e da Fazenda.

Em 1884, pressionado pela exigência de ações mais efetivas com relação à escravidão, o imperador Dom Pedro II o nomearia chefe de Gabinete, encarregando-o de buscar uma solução para a questão O senador contava com a amizade e o talento do deputado Rui Barbosa, a quem convidou para integrar o novo Gabinete. A Constituição, porém, determinava que, ao abrir mão de sua vaga na Assembléia, um deputado tinha que se submeter a uma nova prova eleitoral e, se derrotado, perderia o mandato e a pasta. Em conflito com os escravistas e Igreja, Rui Barbosa não pôde garantir sua reeleição e ficou fora do ministério. Entretanto, continuou a colaborar com o senador, com quem iniciara sua carreira de advogado, e foi por ele encarregado de redigir o Projeto Dantas, a partir de suas idéias.

O projeto começava por definir algumas diretrizes para a emancipação: pela idade do escravo; pela omissão da matrícula; e por transgressão do domicílio legal do negro. Ao fixar 60 anos como idade limite para o escravo, não prevendo qualquer tipo de indenização aos proprietários, desencadeou uma onda de protestos antes mesmo do projeto ser apresentado à Câmara. Fundamentar a emancipação pela omissão de matrícula era aparentemente inofensivo. Mas, na verdade, ao obrigar que todos os escravos fossem novamente registrados e identificados com minúcias no prazo de um ano, representaria a libertação quase imediata de todos os menores de catorze anos com base na "Lei do Ventre Livre". E, graças à prova de filiação, aqueles trazidos ao Brasil depois da proibição do tráfico, em 1831, ou que eram filhos de escravos contrabandeados, também seriam homens livres.

Por fim, ao vedar a transferência de domicílio, evitava que províncias como Ceará e Amazonas vendessem negros para grandes centros de mão-de-obra escrava no sudeste do país. Uma das maiores novidades, contudo, consistiu na previsão de assistência ao liberto, mediante a instalação de colônias agrícolas para os que não obtivessem empregos. Determinava, ainda, regras para uma gradual transferência de terra arrendada do Estado para ex-escravo que a cultivasse, tornando-o proprietário.

Com todas essas propostas ousadas, o Projeto Dantas causou muita polêmica. Dividiu os liberais e provocou a ira dos conservadores e escravistas. Submetido a uma moção de desconfiança, mas com apoio do Imperador, o Gabinete Dantas dissolveu a Assembléia e convocou novas eleições. Foram as mais violentas do Império, vencidas por deputados apoiados pelos grandes escravocratas. Não conseguindo apoio, o Gabinete Dantas caiu e o Imperador nomeou o conselheiro Saraiva para dar prosseguimento à questão. Saraiva promoveu emendas fundamentais no projeto, que acabou aprovado por um terceiro Gabinete, o de Cotegipe. Afinal aprovada, a Lei Saraiva-Cotegipe, ou dos Sexagenários, assumia uma forma muitíssimo menos abrangente do que o projeto original de Sousa Dantas.

Como se vê, a boa terra de Inhambupe sempre foi um celeiro de destacados ideais abolicionistas, éticos e libertários. Neste cenário, outros baianos ilustres se destacaram, como o inhambupense Adalício Coelho Nogueira, destacado jurista, tendo sido promotor de justiça, juiz de direito, desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia, presidente do TRE baiano, prefeito de Salvador e governador da Bahia interino, tendo sido indicado para o Supremo Tribunal Federal em 1965.

Em outras searas, destaques também não faltam para os nascidos em Inhambupe, a exemplo de João Alves de Torres Filho, ou simplesmente Joãozinho da Goméia, importante sacerdote do Candombléde Angola, cujo prestigio na Bahia e no Rio de Janeiro dos anos 50 era tanto que tinha nas suas relações próximas o presidente Getúlio Vargas.

Recentemente estive no município, a convite do meu companheiro Joaquim Vicente Leite de Oliveira, contador conceituado neste município e na região, e um belíssimo grupo de amigos e militantes para debater a Reforma Política e quero agraciá-los com grande abraço e através deles saudar todos as cidadãs e cidadãos deste município tão querido.

Este breve relato tem o intuito de celebrar, junto como o povo inhambupense, mais um aniversário de emancipação desta terra. Estamos sempre lá, caminhando entre incontáveis amigos e companheiros, participando há tantos anos de suas lutas e conquistas.

Para além destas e de tantas outras personalidades que Inhambupe generosamente deu a este país, é preciso valorizar e reconhecer os homens e mulheres que continuam nos seus vilarejos, distritos e povoados, enfrentando as dificuldades cotidianas, a labuta permanente e incansável de construir com seu trabalho e com seus sonhos, uma cidade, uma Bahia e um Brasil melhores. A estes homens e mulheres nos juntamos. Temos o mesmo caminho. Juntos chegaremos.

Muito obrigado.

O Deputado Federal Emiliano José parabeniza a todos os moradores de Inhambupe, pelo os seus 115 anos de emancipação política

Palestra do Deputado Federal Emiliano José no Centro Paroquial de Inhambupe

Palestra realizada no dia 14 de maio de 2011 no Centro Paroquial de Inhambupe,sendo proferida pelo Deputado Federal (PT-BA) Emiliano José tendo como tema Reforma Política



Deputado Federal Emiliano José ao lado do seu eleitor Manoel(Neca)
Deputado Federal Emiliano José ao lado do amigo Rafael Junior
Deputado Federal Emiliano José ao lado do Amigo Joaquim Vicente
Deputado Federal Emiliano José ao lado da companheira Aline Araújo
Deputado Emiliano José ao lado do lider politico Roubert Dormundo


Deputado Federal Emiliano José cumprimentando o lider politico Uelson e o Vereador Fabrício Mateus
Público presente na palestra, foram cerca de 120 pessoas

O professor Silvio Carvalho, a vereadora Maria Helena, o ex-prefeito Benoni Leys, José Luis junto com o Deputado Federal Emiliano José
O pronunciamento da estudante Taís Araújo
O Deputado Federal Emiliano José junto com Janaína, Joaquim, Aline, Rafael Junior, José Itamir e José Luis
Emiliano sendo homenageado pela garotinha Ananda Cardoso
Emiliano despedindo-se dos amigos
Emiliano cumprimentando o Ex-Prefeito Benoni Leys


Ex-prefeito Benoni fazendo suas colocações sobre o tema da palestra que foi Reforma Política

O presidente municipal do PT Nélio, o Deputado Federal Emiliano José e o contador Joaquim Vicente


Confira o Pronunciamento da Estudante Taís Araújo

MENSAGEM



É com muito prazer e satisfação que recebemos hoje em nossa cidade o jornalista, professor e deputado federal Emiliano José da Silva Filho. Um homem honesto e honrado dentro das suas atividades profissionais e política. Para nós que lhe depositamos o voto de confiança na ultima eleição, estamos orgulhosos da sua atuação na Câmara Federal, representando não só os sessenta mil votos que lhe foram confiados, mas sim todo o povo da Bahia mostrando experiência, transparência, competência e honestidade levantando com ideologia a bandeira da verdadeira democracia na política nacional. Hoje no Brasil estamos carentes de políticos de qualidades, pois estamos vendo sempre através dos noticiários, jornais e revistas um escândalo atrás do outro, infestando de maneira sórdida a política do nosso país.

Mas sinto que a esperança nasce quando aparece no cenário político uma pessoa da envergadura de vossa excelência dando um toque de qualidade e politizando o debate entre as diferentes correntes políticas nacional.

Hoje estamos vos recebendo em nosso município aqui em Inhambupe, esperando que essa seja primeira de muitas visitas, e que o senhor se torne um representante oficial do povo de nossa cidade nos dando o apoio para o desenvolvimento da nossa sociedade. Sabemos que aqui em Inhambupe a sua votação não foi tão expressiva, porque foram pouco menos de cem votos, mas todos nós que lhe confiamos o voto, foi puramente por convicção política sem nenhum tipo de poder de barganha apenas por confiar como disse anteriormente na sua competência e qualidade de um grande homem no cenário político nacional.

Deputado Emiliano, essa é a nossa mensagem, seja bem vindo a Inhambupe e receba o abraço afetuoso não só dos seus eleitores, mas de todo o povo do nosso município que aqui representamos nessa noite. Sentimos a sensação de privilégio de compartilharmos esse momento tão forte da nossa política da presença de um verdadeiro democrata.

Um homem que lutou pela redemocratização do país ao lado de homens importantes da política brasileira como Miguel Arraes, Waldir Pires, Francisco Pinto, Luis Carlos Prestes, Leonel Brizola, João Seixas Dória, Darci Ribeiro e João Goulart e muitos outros que marcaram a história da nossa democracia. Mais uma vez o nosso muito obrigado, e que possa retornar várias vezes ao nosso município onde interaja mais com povo da nossa cidade.


Desejamos felicidades e muita sorte para que possa conduzir o seu mandato de maneira brilhante e representativa.
Esses são os votos do grupo de apoio Emilianista.

Inhambupe, 14 de maio de 2011.

Moradores de Ouro Verde deixam recado para bandidos em outdoor

Moradores do município de Ouro Verde, Região Metropolitana de Curitiba no Paraná, deixaram uma mensagem para os criminosos no outdoor do bairro. “Senhores assaltantes, mudem de bairro. Aqui todos já foram assaltados”, diz a mensagem na tentativa de inibir a atuação dos marginais.

Diante da alta onda de crimes, os moradores foram obrigados a construírem muros altos, colocarem correntes nos portões, mas, as ações não surtiram efeitos.

Fonte: http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=87141

domingo, 24 de julho de 2011

Garoto-ímã atrai metais e vira atração em Mossoró (RN)

Aos 11 anos, Paulo Davi tem uma vida comum: cursa a 6ª série do ensino médio em Mossoró (RN), brinca com os amigos e se diverte com jogos de computador. Mas há 15 dias, a rotina do garoto mudou após seu pai descobrir que Paulo atrai objetos de metal, como talheres, telefones celulares, microfones e até panelas inox.

Júnior Amorim, pai do menino, disse que jamais notou algo “anormal” no filho, mas ao ver uma reportagem na televisão sobre o menino Ivan Stoilikovic, da Croácia, que atrai metais para o corpo, resolveu fazer o teste em Paulo. Para a surpresa dele, o corpo do filho ‘segurou’ os objetos de metal que eram colocados por perto. Ele então fez um vídeo e colocou na internet. Foi o bastante para a criança virar sucesso na cidade e ser chamada de “garoto-ímã” do Brasil.

“Achei o corpo do meu filho parecido com o do menino croata, apesar da diferença de idade entre eles. Tentei ver se acontecia o mesmo com ele e, para a nossa surpresa, aconteceu”, contou ao UOL Tabloide, destacando que, após o teste, vários parentes e amigos tentaram fazer o teste em si mesmos, mas nenhum conseguiu.

Nos últimos dias, a principal brincadeira de Davi tem sido testar os objetos ao seu redor. Talheres, panelas e celulares fazem parte da brincadeira do garoto.

Amorim conta que o filho vem se divertindo com o fato e achando que é um “super-herói”. “Todos os jornais da cidade e duas emissoras de TV já vieram aqui”, disse, adiantando que, apesar da fama, não quer uma superexposição do filho. “Não aceitaremos convites para programas de televisão, nem demonstrações públicas. Quem quiser ver, que venha aqui em casa.”

A família afirma que não pretende investigar o caso, já que o menino aparenta ter ótima saúde e desenvolvimento normal para a sua idade. “Não vou levá-lo a nenhum médico, a não ser que ele mude o comportamento ou desenvolva algum problema de saúde em relação à atração de metais”, informou o pai.
Medicina não explica

A reportagem conversou com três médicos, mas todos foram unânimes em dizer que não encontram nenhuma explicação da medicina para a atração.

“O corpo humano possui alguns pontos eletromagnéticos, mas eles não têm capacidade de atrair e segurar uma grande quantidade de objetos. Desconheço qualquer doença que cause esse fenômeno e também uma especialidade para avaliar o caso”, afirmou o clínico-geral José Reinaldo Júnior. Os outros dois profissionais também afirmaram que nunca ouviram falar em casos semelhantes.

O UOL Tabloide procurou o Instituto de Física da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) para tentar uma explicação do caso e foi informado de que a academia desconhece casos semelhantes ao do menino Paulo.


*Reportagem de Aliny Gama

Fonte: http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=87132

Amy Winehouse, Noruega, Somália e o mundo cão



A pressa em dar a "pior" melhor notícia, cria um alvoroço danado nas redações.

A Noruega ainda chora os seus mortos, um trágico momento para um país que pouco frequenta o noticiário internacional e Amy Winehouse parte desse mundo de uma forma triste e melancólica, consumida pelo álcool e pelas drogas.

Transformar isso em "mundo cão" é a repetição das nossas reações sempre que um fato nos moldes desses dois acontecem.

Mas tem a Somália, onde a fome e o extremismo formam a receita mais do que trágica do ponto em que o ser humano, muitos deles, ainda funcionam.

Amy Winehouse será autopsiada provavelmente neste domingo e a causa de sua morte começará a ser revelada; o governo norueguês em movimento frenético vai explicar se um único homem e compatriota, promoveu uma matança grosseira e cruel, para usar poucos adjetivos, para talvez se posicionar politicamente, ou se há uma ligação com grupos extremistas. Fontes noticiosas indicam que Anders Behring Breivik assumiu sozinho a autoria do massacre e a explosão de um carro bomba no centro de Oslo, a capital do país.

E na Somália os militantes do Al Shabaab, grupo ligado à Al Qaeda ainda proíbem a ação de entidades humanitárias no país que enfrenta além da fome, a seca. O resultado alegado pela ONU e negado pelos rebeldes é que 10 milhões de pessoas vivem em estado de fome, declarado pela entidade nesta semana.

Aqui no Brasil não é diferente com relação ao assunto drogas e violência; São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, enfrentam enormes problemas relativos a isso; Uberlândia a exemplo de outras tantas cidades do país tem relatos diários de crimes e mortes pelo mesmo motivo.

Mas não podemos ficar contando os mortos todos os dias, está faltando atitude e colaboração entre todos os entes da República e nós sociedade porque me parece irreal, não conseguirmos administrar pacificamente as nossa cidades.

Onde queremos chegar?
Amy Winehouse era uma apologia ambulante ao consumo de álcool e drogas, seu patrimônio alcança os 20 milhões de dólares e sua legião de fãs é imensa. Sua musicalidade era realmente bastante bonita, mas pessoalmete ela era uma elegia ao consumo exageradíssimo de entorpecentes.

Quantos talentos estamos perdendo para as drogas, aqui mesmo no quarteirão de casa? Alguma coisa está faltando nessa equação. Com que interesses estamos lidando ao ver os noticiários lotados do assunto violência e drogas enquanto que isso é uma parcela e pequena do tecido social?

A quantidade de textos produzidos nas últimas horas sobre a morte de Amy Winehouse somente aqui no Brasil supera os 400 e não há muita diferença no conteúdo deles porque o estilo de vida de Amy só podia terminar onde terminou e as reações dos fãs, não difere em nada com a da morte de Michael Jackson e o andamento das investigações da mesma forma.

Sem a mesma pompa, centenas de brasileiros morrem todos os dias por motivos parecidos e sem o destaque da mídia. Muitos Somalis estão morrendo também, mas só os números aparecem.

Talvez seja o caso de repensarmos nossas atitudes com relação a tudo isso, antes que aconteça conosco, ou tão perto que nos abale profundamente.

E pegando carona na conversa quero dizer que movimentos de cunho separatista, são a semente de desagregação social, campo fértil para a ação de extremistas e justificativa para ações restritivas da liberdade dos cidadãos. Não se pode analisar os "terríveis" fatos presentes de forma isolada. Do jeito que a violência está sendo colocada, sob potentes holofotes, vai acabar servindo para a tomada de "medidas drásticas" para preservar os "cidadãos de bem".

Do jeito que a imprensa vai martelar o assunto da morte da Amy nos próximos dias, vai amortecer a nossa preocupação com os problemas reais e próximos que temos que resolver, apesar das Olimpíadas e da Copa. E é desse tipo de informação entorpecente que temos que nos livrar sem apelar para qualquer tipo de extremo.

O Caminho do Meio ainda e sempre será o melhor de todos para que vivamos a vida de paz que em suma todos queremos.



Fonte: http://www.farolcomunitario.com.br/

sábado, 23 de julho de 2011

Concursados de 2007 tomam posse em Inhambupe




















Os concursados de 2007 tomaram posse na última sexta, dia 22 de julho, no Centro de Convenções de Inhambupe.
O Evento teve a participação do prefeito Euberto Luiz e de seus secretários.
Foram cerca de 108 novos concursados para os mais variados cargos da Prefeitura, e que a partir da próxima semana começarão trabalhar, mas alguns já começaram na semana passada.
O prefeito Euberto Luiz destacou a importância daquele momento e cobrou dos novos servidores o empenho necessário para o fiel cumprimento de seus deveres funcionais e de suas atribuições e responsabilidades inerentes ao cargo, a fim de que a prefeitura possa a cada dia prestar um melhor serviço à população de Inhambupe.