Veja no Blog

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Secretaria de Saúde lança o " Novembro Azul" com caminhada em Inhambupe

Uma caminhada realizada pelas ruas centrais de Inhambupe marcou o lançamento da campanha Novembro Azul, de prevenção e combate ao câncer de próstata - que prevê uma semana de mobilização com palestras e atividades na sede e zona rural do município -, e de esclarecimento sobre os malefícios provocados pelo sedentarismo, sobretudo para as pessoas portadoras de diabetes e hipertensão.
De acordo com a secretária de Sáude do município, Wilma Vergasta, cerca de 100 pessoas acompanharam a caminhada. Durante o evento foram ditas palavras de incentivo à prática de atividades físicas e os meios de prevenção das doenças.
Programação “Novembro Azul”
Durante o Novembro Azul, em Inhambupe, vão acontecer várias palestras, entre os dias 10 e 14 de novembro, em diversas unidades de saúde da família, da sede e de comunidades rurais. Dia 10, às 9h, ocorre palestra sobre “Prevenção de Disfunção Erétil”, na Unidade de Saúde da Família da Colônia I e II.
No dia 11, as pessoas que comparecerem à Unidade de Saúde da Família da Urbis, às 9h, vão poder ouvir um apalestra sobre “Doenças que mais acometem os homens”. No mesmo horário, acontece na Unidade de Saúde da Família da Volta de Cima palestra sobre o tema “Dores na coluna e como preveni-las”.
Dia 12, na Praça Municipal de Inhambupe, haverá um palestra sobre “Conscientização da importância da atividade física”, seguida de caminhada com a presenta do fisioterapeuta do NASF municipal e da equipe de Saúde da Família do Dr. Manoel da França. Também às 9h, “prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares” será o tema de palestra na Unidade de Saúde da Família de Novo Inhambupe.
“Violência doméstica” será o tema da palestra que acontecerá dia 13, às 9h, na Unidade de Saúde da Família da Baixa Grande. Já a Unidade de Saúde da Família da Lagoa assistirá palestra com o tema “Conscientização sobre a importância da participação do homem durante o pré-natal”, no mesmo horário.
Por fim, no dia 14, a Unidade de Saúde da Família do Formoso promoverá a palestra “Dependências”, às 9h. Em todas as unidades, durante a semana de mobilização, serão feitas coletas para realização de PSA, intensificação da aferição de pressão e glicemia capilar, além de distribuição de camisinhas para a população alvo.

Fonte:  ASCOM de Inhambupe

Advogado de Youssef chama matéria da Veja de ‘divulgação distorcida’: ‘fonte mentiu ou é má-fé’

O advogado que representa Alberto Youssef, Antonio Figueiredo Basto, negou que tenha relação com a divulgação de supostas informações prestadas por seu cliente pela revista Veja. Segundo a publicação , o doleiro teria assumido para a Polícia Federal (PF), no âmbito da delação premiada, que a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabiam do esquema de corrupção na Petrobras. "Asseguro que eu e minha equipe não tivemos nenhuma participação nessa divulgação distorcida", afirmou ao Valor Econômico. Segundo ele, diferente do que afirma a Veja, não houve nenhuma declaração de Youssef feita no dia 22 de outubro. "Nesse dia não houve depoimento no âmbito da delação. Isso é mentira. Desafio qualquer um a provar que houve oitiva da delação premiada na quarta-feira", afirmou Basto, irritado. O advogado diz ainda que a informação de que o depoimento teria ocorrido na quarta para que fosse feita uma retificação sobre o que o doleiro havia afirmado no dia anterior. "Não houve retificação alguma. Ou a fonte da matéria mentiu ou isso é má-fé mesmo", acusa o defensor. Na sexta-feira (24), o o superintendente da (PF) no Paraná, delegado Rosalvo Ferreira Franco, determinou abertura de inquérito para apurar "o acesso de terceiros" ao conteúdo do depoimento prestado por Youssef.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/162563-advogado-de-youssef-chama-materia-da-veja-de-divulgacao-distorcida-fonte-mentiu-ou-e-ma-fe.html

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

CADASTRAMENTO DE USUÁRIOS DE ÁGUA COMEÇA EM INHAMBUPE

Vai ter início essa semana e seguirá pelos próximos 15 dias, em Inhambupe, o cadastramento de todas as pessoas físicas e jurídicas que façam uso dos recursos hídricos em qualquer atividade, seja captação ou lançamento de efluentes no rio Inhambupe ou através de poços para abastecimento humano e animal, irrigação, mineração, quem realiza construções de barragens, dentre outros.
Esta campanha realizada pelo Inema em parceria com a LK e Ibis Engenharia – consórcio contratado pelo governo do Estado para executar projeto de revitalização da bacia do Recôncavo e Inhambupe – tem como objetivo ajudar a solucionar os conflitos de uso e problemas com escassez de água, através do cadastro de usuários de águas subterrâneas e superficiais.
O cadastro é gratuito e a população pode contribuir dirigindo-se ao posto instalado na Secretaria de Educação do Município, das 8h às 17h, levando os documentos pessoais: RG e CPF, além de informações da propriedade, como é a captação, área irrigada e método de irrigação. A responsável pelo serviço é a técnica Evelyn Lino.
Além disso, estará circulando pelo município visitando fazendas, propriedades e fábricas um cadastrador censitário, Leandro Soares, a quem o secretário de Agricultura e Meio Ambiente Nélio Costa pede a colaboração da população, dando-lhe as informações e o acesso solicitados. Nélio destaca que a secretaria irá acompanhar de perto os trabalhos de cadastramento e auxiliará na indicação e identificação dos usuários de água e lançadores de efluentes no município.

Fonte: ASCOM  de Inhambupe

Brasil registra 789 casos de chikungunya; Bahia tem maioria dos casos, diz MS

O último balanço da chikungunya no país registrou 789 casos de febre no país, a maioria transmitida na Bahia. Segundo dados divulgados nesta quarta-feira (29) pelo Ministério da Saúde (MS), outros dois estados registraram casos, Amapá e Minas Gerais. Na Bahia, foram contados 371 casos em Feira de Santana, 82 em Riachão do Jacuípe, dois em Salvador, um em Alagoinha, um em Cachoeira e um em Amélia Rodrigues. Em Oiapoque (AP) foram registrados 330 casos. Também foi registrado um caso em Matozinhos (MG), além de 39 pessoas que tiveram o diagnóstico da doença, mas foram contaminadas fora do país. Nos casos de chikungunya, o paciente não precisa ser internado. Ele é tratado em casa, com remédios para aliviar dores e febre, conforme recomendação médica. Para evitar a transmissão do vírus, é fundamental que as pessoas reforcem as ações de eliminação dos criadouros dos mosquitos. As medidas são as mesmas para o controle da dengue.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/saude/noticia/12850-brasil-registra-789-casos-de-chikungunya-bahia-tem-maioria-dos-casos-diz-ms.html

Casa de Jorge Amado, no Rio Vermelho, será reaberta para visitação pública em novembro

A casa onde viveram os escritores Jorge Amado e Zélia Gattai, na Rua Alagoinhas número 33, será reaberta para visitação pública pela Prefeitura de Salvador. Maiores detalhes serão anunciados em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (31), a partir de 11h, na Fundação Casa de Jorge Amado, com presença da família do casal e do secretário municipal de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Guilherme Bellintani, e do curador do memorial, Gringo Cardia, que comandou recentemente a implantação do Museu da Cruz Vermelha, em Genebra, na Suiça. A solenidade de reabertura da casa, realizada no dia 7 de novembro, às 15h, terá espaços temáticos, vídeos com depoimentos leituras de trechos de obras do escritor. Entre os convidados ilustres está Sônia Braga, que viveu a famosa Gabriela no cinema. Assista ao vídeo em que a atriz convida o público a conhecer o espaço:


Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/cultura/noticia/19030-casa-de-jorge-amado-no-rio-vermelho-sera-reaberta-para-visitacao-publica-em-novembro.html

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Motorista morre ao bater em carreta frigorífica carregada com 30 toneladas em Inhambupe

Uma carreta frigorífica carregada com 30 toneladas de produtos da Sadia colidiu com um carro tipo Uno Mille na noite desta quarta-feira(29) na BR 110 no município de Inhambupe, exatamente na curva do beré.

O motorista da carreta se identificou como Dante e disse ao blog Ronaldo Leite que vinha do Paraná em direção a Pernambuco. “eu vinha em 20 km/h com um peso de 30 toneladas, e de repente o carro veio em minha direção e se chocou”, disse Dante. O trânsito se arrastou no trecho e gerou engarrafamento por causa do acidente. 


O motorista do Uno Mile, Manoel Bispo, 60 anos, - conhecido como Neca, que não resistiu e veio a falecer ficando preso entre as ferragens. Neca foi candidato a vereador na última eleição pelo PSB e era bem conhecido na cidade.  A Policia Militar estava presente para dar apoio e facilitar o trânsito. Até o fechamento desta matéria o Corpo de Bombeiros estava presente para retirar o corpo das ferragens.

Fonte: http://jronaldoleite.blogspot.com.br/2014/10/inhambupe-motorista-morre-ao-bater-em.html

Informações do TRE  Bahia nas eleições de 2012.

Nome para urna eletrônica: NECA
Número: 40444
Nome completo: MANOEL BISPO DOS SANTOS
Sexo: Masculino
Data de nascimento: 17/06/1964
Estado civil: Casado(a)
Nacionalidade: Brasileira nata
Naturalidade: INHAMBUPE / BA
Grau de instrução: Ensino Fundamental completo
Ocupação: Vigilante

Definidos horários de desfile dos blocos e regras para a Lavagem da Igreja 2014 em Inhambupe

Representantes de órgãos e entidades que compõem a Fiscalização Preventiva Integrada da Festa da Lavagem da Igreja de Inhambupe se reuniram, na sala da Coordenação de Eventos do município, para definir ações relativas à segurança, número de atrações e horário de desfiles dos blocos no circuito da Lavagem, que acontecerá no próximo dia 16 de novembro.
De acordo com o coordenador de Eventos de Inhambupe, Cleber Santana, durante o encontro ficou determinado pela Polícia Militar que a festa se encerrará invariavelmente às 23 horas e que todas as normas de segurança deverão ser rigorosamente obedecidas pelos blocos participantes.
Cleber frisou a necessidade da integração de todos para que se possa concretizar uma maior eficácia no sistema de percurso da festa durante a lavagem e destacou o empenho da Coordenação de Eventos em garantir a total integridade física e segurança dos foliões durante a festa, alertando ainda que serão adotadas medidas preventivas caso haja necessidade.
Na reunião ficou estabelecida a seguinte ordem de horário e percurso do desfile dos blocos: o primeiro a desfilar é o bloco Super Amigos, que sairá às 8h do Bar de Ivan, sendo animada pela banda Diskitá; em seguida, às 9h, sairão os blocos Os Zangados, com a Banda Esquema (Bar de Cocota), Os Conspirões (Bar de Sérgio de Zozoi), Massa Bruta, animado pela Turma da Água e Som (Colégio Kennedy), De Galinhota (Bar de Pinto Barroquinha), Vai que Cola, com a Banda Negada ((J. Maia) e Deixa Molhar (Bar de Babal); finalizando o desfile pela parte da manhã, sairá, às 10h, do bar de Eliseu Linha Verde o bloco Deixa Molhar.
À tarde, o desfile começa às 16h30, com o bloco Exxquenta, animado pela banda La Furia; em seguida, às 18h, desfilará o bloco Os Normais, acompanhado pela banda Duas Medidas; e finalmente, às 20h, encerrando o desfile, será a vez do bloco Inhambupirô, trazendo como atração a banda Jos.

Fonte:  ASCOM de Inhambupe

Homília do Padre Elzo na Festa de São Judas Tadeu em Inhambupe 28-10-2014


terça-feira, 28 de outubro de 2014

Festa de São Judas Tadeu em Inhambupe 2014




































Foi comemorado hoje(28) a festa de São Judas Tadeu em Inhambupe, as comemorações começou no dia 25 de outubro e terminou hoje(28) no dia do santo, o tema da festa foi "São Judas nas causas humanas".
Antes da missa solene teve a procissão solene saindo da Igreja Matriz até a Capela que fica na Rua Professor Mesquita.
O celebrante da noite foi o Padre Elzo, com o coral de São Judas Tadeu, a liturgia foi por conta de Marcílio, e pelos os professores Nonato, Valdinéia e Leide.
Os coordenadores foi o Grupo de São Judas Tadeu e contou com presença dos paroquianos e todo o povo de Deus.

Conselho de Ética aprova cassação de Luiz Argôlo

Acossado por denúncias de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, o deputado federal baiano Luiz Argôlo (SD) teve o pedido de cassação aprovado por 13 votos a 4 pelo Conselho de Ética da Câmara Federal, por quebra de decoro parlamentar. O candidato, que foi candidato à reeleição e não logrou êxito na tentativa, foi flagrado por investigadores da operação Lava Jato trocando mensagens com Youssef. Argôlo também foi citado pela contadora do doleiro, Meire Poza, como sócio de Youssef em empreendimentos em Lauro de Freitas (BA). Argôlo tem cinco dias para recorrer da decisão, antes que o caso seja levado ao plenário. A sessão do Conselho de Ética iria votar ainda pela cassação de Rodrigo Bethelm (PMDB-RJ), porém foi pedido vistas do processo. Outro deputado citado na operação Lava Jato, André Vargas (sem partido-PR) não teve o recurso apreciado pelo colegiado.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/162460-conselho-de-etica-aprova-cassacao-de-luiz-argolo.html

Dilma confirma vontade de reforma política na TV Globo

A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) defendeu na noite desta segunda-feira (27) a consulta popular como essencial para se implementar a reforma política no País. Em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, Dilma disse ter certeza que essa consulta será possível, pois durante a campanha conversou com diversos setores que contribuíram com formas de se fazer um plebiscito. "O Congresso vai ter sensibilidade para perceber que isso é uma onda que avança", disse sobre a cooperação do Congresso Nacional com essa sua proposta, já que após as manifestações de junho do ano passado não teve apoio maciço dos congressistas para fazer a reforma através de consulta popular. Das medidas para tal reforma, citou a possibilidade de proibir doações de empresas, mantendo apenas doações privadas individuais - proposta que é defendida pelo PT. "Tem várias propostas na mesa, a oposição fala muito em fim da reeleição", afirmou, sobre a pauta que foi defendida por Aécio Neves (PSDB) e por Marina Silva (PSB). No início da entrevista, Dilma reforçou a mensagem de união que havia colocado no discurso de vitória de ontem. "Nessa eleição, mesmo com visões e posições contraditórias, os brasileiros apresentaram uma visão comum: a busca de um futuro melhor para o Brasil. Essa busca é a grande base para que tenhamos união". Como na entrevista que tinha dado poucos minutos antes à TV Record, Dilma disse que seu segundo mandato será da construção de pontes e do diálogo. Citou também a palavra "mudança" que pautou tanto o discurso da oposição como o dela própria, que usou o slogan "muda mais" durante a campanha. "Temos de ser capazes de garantir as mudanças que o Brasil precisa e exige. Isso fica claro nessas eleições", afirmou. A presidente disse estar comprometida em assegurar um País mais moderno, inclusivo e produtivo, mensagem que foi repetida por ela no fim da entrevista. Ela voltou também ao discurso de unir os brasileiros após o processo eleitoral, chamando ao "Brasil da solidariedade". "Acredito que, depois de eleição, temos que respeitar todos os brasileiros, os que votaram em mim e os que não votaram em mim; abrir e construir, através do diálogo, as pontes para que possamos juntos fazer com que Brasil tenha um caminho de crescimento, de futuro". Ela também afirmou que o seu governo focará na educação, na cultura, ciência e inovação. No aspecto social, destacou o olhar para a população mais pobre, mulheres, jovens e negros. A presidente reeleita afirmou também que vai "colocar de forma muito clara" todas as medidas que pretende tomar na política econômica de seu segundo mandato, mas disse que levará algum tempo para dar sinalizações e fazer anúncios relativos ao novo governo. "Eu pretendo colocar de forma muito clara quais são as medidas que eu vou tomar. Agora, não é hoje", disse, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo. "(vai ser) Antes do final do ano, a partir desse mês que se inicia na próxima semana", completou. Ela ressaltou que ontem já havia externado que não iria esperar a conclusão do seu primeiro mandato para fazer iniciar todas as ações "no sentido de transformar e melhorar o crescimento da economia", disse. Reforçando que a palavra-chave de seu segundo mandato será "diálogo", Dilma disse que quer conversar com todos os segmentos. "Quero dialogar com setores empresariais, financeiros, com o mercado e fora do mercado. Dilma citou algumas ações para empresários e micro e pequenos empreendedores feitas em seu primeiro mandato, como as desonerações, e disse que disse que vai continuar trabalhando para uma reforma tributária. "Eu tenho a convicção que Brasil precisa de uma reforma tributária. É impossível continuar com a sobreposição tributária e a guerra fiscal", disse.
 
Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/estadao/noticia/58341-dilma-confirma-vontade-de-reforma-politica-na-tv-globo.html

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Confirmação de inscrição no Enem está disponível

As provas do Enem serão nos dias 8 e 9 de novembro

Os cartões de confirmação de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão disponíveis a partir desta segunda-feira, 27, na internet. Para ter acesso, o estudante deve o informar o CPF e a senha escolhida na hora da inscrição.
Também a partir desta segunda, os mesmos cartões começam a chegar pelo correio, no endereço informado na inscrição.
O documento de confirmação traz os dados pessoais do participante - nome, CPF, número de inscrição no Enem, data, hora e local das provas, opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol), necessidade de atendimento especializado ou específico (quando houver) e indicação de solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso).
Aqueles que acessarem o cartão pela internet deverão conferir as informações e imprimi-lo, se desejarem. Não é obrigatório levar o cartão no dia da prova. No entanto, é indispensável apresentar um documento de identificação com foto, como carteira de identidade ou de motorista.
Segundo o instituto, quem não receber o cartão, não conseguir imprimir pela internet ou constatar erro no documento, deve entrar em contato com o atendimento ao participante, no  telefone 0800616161.
Caso cartões enviados pelo correio sejam devolvidos, o Instituto Nacional de de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira entrará em contato com os candidatos por meio de SMS e mensagem eletrônica, por celular e e-mail.
As provas do Enem serão nos dias 8 e 9 de novembro. Mais de 8,7 milhões se inscreveram para o exame.

Fonte: http://atarde.uol.com.br/brasil/noticias/1634416-confirmacao-de-inscricao-no-enem-esta-disponivel

Lula, de novo, em 2018?

Ex-presidente já se coloca como candidato a candidato na sucessão da presidente Dilma Rousseff. “Só o que eu não posso dizer é que não”, diz ele, sobre concorrer em 2018. À sua maneira, ele deixa claro que vai esperar o momento certo para assumir formalmente o que já está assumido politicamente: "A gente tem de saber o seguinte: a gente faz política, e dependendo do que irá acontecer nesses próximos quatro anos, a gente vai tomar decisão na hora que tiver de tomar a decisão"
O ex-presidente Lula está a um passo do paraíso político. No domingo 26, uma vez confirmadas as pesquisas que apontam a vitória da presidente Dilma Rousseff, do PT, sobre o senador Aécio Neves, do PSDB, ele será o primeiro e único na fila de candidatos do partido às eleições  de 2018.
O próprio Lula já fala com desenvoltura sobre o tema, deixando claro que não pode recusar a possibilidade de vir a ser o nome do partido para suceder Dilma:
- A única coisa que eu não posso dizer é que não, respondeu Lula, nesta semana, em entrevista ao radialista Geraldo Freire, da rádio Jornal Jornal, do Recife.
O ex-presidente justificou sua posição:
- Eu não sei qual vai ser a circunstância política de 2018.
Isso significa que o ex-presidente já se assume como candidato a candidato. Da condição de ‘Pelé no banco de reservas’, ele agora já está no aquecimento para entrar em campo na hora exata de concorrer à próxima eleição;
- Estou completando 69 anos de idade. Em 2018, terei 72. É preciso levar isso em conta, contabiliza o ex-presidente.
ANIMAL POLÍTICO - À sua maneira, ele deixa claro que vai esperar o momento certo para assumir formalmente o que já está assumido politicamente:
- A gente tem de saber o seguinte: a gente faz política, e dependendo do que irá acontecer nesses próximos quatro anos, a gente vai tomar decisão na hora que tiver de tomar a decisão, cravou.
O ex-presidente quer mais atores políticos na cena:
- Eu tenho fé em Deus que o Brasil vai produzir quadros mais novos, jovens, pessoas com velocidade, com mais garra, pessoas mais comprometidas, completa, com modéstia.
O que fica, mesmo, é que Lula é sim candidato a candidato em 2018. E ele não está sozinho, bem ao contrário. O primeiro a instalar o nome de Lula como candidato do PT à Presidência, na sucessão de Dilma, foi o presidente da legenda, Rui Falcão:
- O eleitor vai ver os resultados (de um eventual segundo governo Dilma) e, certamente, se o presidente Lula for o nosso candidato, vai ficar muito feliz.
Em seguida, foi a vez de Dilma apoiar o nome de Lula para a sua sucessão:
- Isso foi dito pelo Rui Falcão (a possibilidade de Lula vir a ser candidato). Ele não me disse isso, mas se depender de mim, pode ter certeza que eu ajudo, clareou Dilma.
A presidente e o ex passaram os últimos quatro anos sobre a mira da mídia tradicional. Uma pauta permanente foi a apuração de possíveis divergências entre eles. A cada rumor, no entanto, ora Dilma, ora Lula, saiam a campo para desmentidos.
Houve, de fato, um período de maior afastamento entre a presidente e o ex. Ocorreu entre outubro do ano passado e março deste ano. No final do ano passado, em meio a baixas nos indicadores econômicos e ironias na mídia internacional contra o ministro Guido Mantega, da Fazenda, o ex-presidente chegou a dizer a amigos que uma troca cairia bem para Dilma. Daria, segundo ele, uma ‘sacudida’ no governo. Mesmo sem jamais ter tido grandes confidentes, em algumas conversas Lula citou o nome do empresário Josué Gomes da Silva como o mais adequado para assumir o posto e dar novo pique para a política econômica. O recado chegou a Dilma, que, como se sabe, manteve Mantega contra todas as pressões. Houve, a partir daí, um retraimento de Lula. O ex-presidente assumiu uma posição de neutralidade sobre a gestão do governo Dilma.
Neste tempo e espaço políticos, surgiu o hoje famoso, sempre anônimo e que terminou sendo o frustrado movimento ‘volta, Lula’. Em diferentes  encontros informais do ex-presidente com empresários, uma menção ao assunto, da parte dos interlocutores dele, era quase obrigatória, mesmo feita em tom de brincadeira ou mais seriamente. A ideia era testar a reação de Lula até o limite do conveniente.
VOLTA QUE NÃO EMPLACOU - Num desses momentos, no auge do burburinho sem fontes, Lula cedeu, abrindo uma janela para a possibilidade de concorrer no lugar da presidente. A frase atribuída a ele, em março deste ano, em quase todas as colunas políticas, até agora não foi desmentida:
- Estou pronto, só não posso magoar a Dilma.
Lula tem radares sobre todas as mídias. Ele é municiado a respeito dos principais fatos, notadamente os que envolvem seu nome, muitas vezes ao dia. O ex-presidente, assim, não deixa passar sem desmentidos nada que, atribuído a ele, ele próprio considere impreciso ou inverídico. Mas aquela passou.
A marolinha do ‘volta, Lula’, para ter se tornado uma onda verdadeira,  precisaria ter sido adensada por dirigentes do partido. E isso nunca aconteceu. Em sua maneira de levar, dentro do PT, os preparativos para a convenção nacional que indicou Dilma à reeleição, o presidente Rui Falcão promoveu uma série de encontros nacionais numerosos para  afirmar, confirmar e reconfirmar o nome da presidente como o único existente. Lula, mais de uma vez, declarou com todas as letras que a vez era mesmo dela.
Enquanto isso, Dilma corria nas pesquisas de opinião na faixa dos 40% de intenção, sempre à frente de Aécio Neves e do então pré-candidato do PSB, Eduardo Campos. Sem abrir qualquer margem para a discussão de seu nome, a presidente manteve a primazia, levada até a vitória em primeiro turno e para o teste decisivo do domingo 26.
CHEFIA DA OPOSIÇÃO - Caso as projeções das pesquisas não se confirmem – o que seria uma grande surpresa em razão das tendências aferidas de crescimento da presidente e perda de pontos para o senador -, ainda assim Lula terá um futuro operoso pela frente. Ele chefiará a oposição. Uma de suas missões, nesse caso, será garantir as eleições de 2018. Aécio, afinal, declarou-se contrário à reeleição e defendeu um mandato de cinco anos para o cargo. Isso levaria o pleito para 2019. Com mais um ano de mandato sobre os cinco pretendidos, a depender de negociações no Congresso, a nova disputa iria para 2020.  
A dar a lógica, com Dilma vitoriosa, Lula pretende se colocar em campo para a convocação de uma assembleia constituinte exclusiva. Ele defende a eleição de um grupo único para fazer uma reforma política. E já deixa claro que os participantes desse grupo, em seu modelo, não poderão ser candidatos em seguida ao parlamento.
- Temos de acabar com essa bagunça de 28 partidos. Não dá mais para continuar assim, precisamos de uma reforma política urgente, tem manifestado o ex-presidente.
Ele também já anuncia que quer estar muito próximo da presidente Dilma na gestão do governo.
Nesta reta final de campanha, Lula foi o responsável pela linha geral da campanha, de comparação entre os resultados das gestões petistas frente aos alcançados pelos governos do PSDB. A partir desse posicionamento, a candidatura de Dilma passou a crescer sobre a de Aécio, o que não ocorrera, com clareza, até então. Além disso, Lula subiu nos palanques, deu seus motes engraçados para o público, como ao chamar o adversário de “filhinho de papai” e jogou todo o seu carisma na transferência de votos para Dilma. Na noite deste domingo, o ex-presidente não tem dúvidas de que irá colher exatamente o que plantou – uma presidente reeleita com um candidato de continuidade já posicionado, o velho e bom Luiz Ignácio Lula da Silva.

Fonte: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/158197/Lula-de-novo-em-2018.htm

Com 100% das urnas totalizadas, Dilma foi reeleita com 51,64%

Com 100% das urnas totalizadas, foi confirmada a vitória de Dilma Rousseff (PT) na reeleição à Presidência. A petista obteve 51,64% dos votos enquanto o candidato Aécio Neves (PSDB), 48,36%. Foi registrado 21,1% de abstenção em todo o país. Votos nulos somaram 4,63% e brancos, 1,71%. A reeleição de Dilma coloca o PT com a expectativa de 16 anos seguidos no comando da Presidência. A petista já estava na liderança da disputa, no primeiro turno, quando Aécio estava em segunda posição. Marina Silva (PSB) ficou em terceiro lugar na ocasião, após assumir a chapa com a morte do então candidato Eduardo Campos (PSB).

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/162380-com-100-das-urnas-totalizadas-dilma-foi-reeleita-com-51-64.html