domingo, 12 de julho de 2020

Surto de Covid-19 nas Américas está longe de acabar, dizem cientistas



A América Latina está na contramão de países europeus no quesito combate ao coronavírus. Enquanto os gráficos que acompanham a evolução da pandemia demonstram controle da doença no Velho Continente, um estudo do Observatório Fluminense Covid-19 aponta que o momento é de aumento do número de casos e mortes ou uma estabilização em patamares muito elevados no Brasil e países e vizinhos. 

De acordo com a Agência Brasil, dos 15 países da América Latina analisados pelo projeto (não entram no monitoramento do grupo El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras e Nicarágua), o gráfico chamado de semáforo indica que apenas Cuba e Uruguai estão no indicador verde, que significa que o país está “vencendo” a epidemia quanto ao número de casos registrados por semana. Na métrica por número de mortes por semana, o Paraguai também entra no verde.

Estão na cor amarela, que indica “quase lá” no enfrentamento à pandemia, Chile, Equador e Paraguai para novos casos por semana e apenas o Equador para o número de mortes. Todos os outros estão no vermelho para as duas medidas, ou seja, “precisam agir” para controlar a disseminação do novo coronavírus.

Integrante do Observatório, o professor Americo Cunha, do Instituto de Matemática e Estatística da Uerj, destaca que o gráfico indica uma tendência da pandemia e a cor muda de acordo com o desenho formado pela curva epidemiológica.

“A gente classifica a situação em vermelho, amarelo ou verde de acordo com a forma do gráfico. Quando a epidemia passa, a curva segue um esquema: ela sobe, passa por um platô e depois desce. Não é igual para todos os países, pode ser mais inclinado para esquerda ou para direita, a subida mais lenta ou mais rápida. Se você olhar a curva de Cuba, por exemplo, ela já tem esse formato fechado. Equador está em amarelo porque subiu, desceu, subiu e está estacionado num patamar ainda relativamente alto”.

                                             
Gráfico mostra situação dos países latinos na pandemia | Foto: Observatório Fluminense

O número de casos por milhão de habitantes varia muito na região, indo de 212 em Cuba e na faixa de 280 no Uruguai e na Venezuela, até 15.800 no Chile. Panamá e Peru estão na faixa de 9.500 por milhão e o Brasil em 8 mil por milhão. Em número de mortes, Venezuela e Paraguai registram três óbitos por milhão, a Costa Rica tem cinco e Cuba e Uruguai estão com oito mortes por milhão de habitantes. Na ponta oposta, estão acima de 300 mortes por milhão o Chile, o Peru e o Brasil. Os dados foram consolidados na quarta-feira (8).

EPICENTRO DA COVID-19
O último boletim do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Cris-Fiocruz) sobre o Panorama da Resposta Global à Covid-19, divulgado na terça-feira (7), destaca que as Américas são o atual epicentro da pandemia e concentram mais de metade dos mortos e dos casos no mundo, liderados, de longe, por Estados Unidos e Brasil, únicos países que alcançaram a casa do milhão de infectados.


O planeta passa dos 12 milhões de casos confirmados de covid-19 e dos 556 mil óbitos, com Estados Unidos passando de 3 milhões de casos e de 133 mil mortes. O Brasil tem 1,8 milhões de casos e ultrapassou 70 mil mortes, o que corresponde a um estádio do Maracanã lotado.

Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/saude/noticia/24484-surto-de-covid-19-nas-americas-esta-longe-de-acabar-dizem-cientistas.html

Médica defensora da cloroquina foi suspensa após declaração sobre nazismo, diz hospital



O Hospital Israelita Albert Einstein informou neste sábado (11) que a médica oncologista e imunologista Nise Yamaguchi foi afastada das atividades na instituição após dar uma declaração “infeliz” sobre o nazismo. A versão do hospital contradiz a da médica, que afirmou, em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, que a suspensão aconteceu devido ao fato de ela ser defensora do uso da hidroxicloroquina no tratamento contra o novo coronavírus.

Segundo o hospital, Nise Yamaguchi, fez, em entrevista recente, uma analogia "infeliz e infundada" entre o pânico provocado pela pandemia e a postura de vítimas do holocausto ao perguntar: “Você acha que alguns poucos militares nazistas conseguiriam controlar aquela massa de rebanho de judeus famintos se não os submetessem diariamente a humilhações?"

Em nota, o Albert Einstein disse que, “como se trata de manifestação insólita”, decidiu pelo afastamento de Nise para averiguar se a declaração da médica ocorreu por “mero despropósito destituído de intuito ofensivo” ou se foi “manifestação de desapreço motivada por algum conflito”. O hospital ainda afirmou que a investigação seria rápida e, por isso, não esperava que o fato viesse a público. 

No comunicado, o hospital também rebate a possibilidade de que a suspensão tenha ocorrido pela defesa que a médica faz do uso da cloroquina, medicamento cuja efetividade no tratamento da Covid-19 não é comprovada cientificamente. "O hospital respeita a autonomia inerente ao exercício profissional de todos os médicos, jamais permitindo restrições ou imposições que possam impedir a sua liberdade ou possam prejudicar a eficiência e a correção de seu trabalho."

O Einstein ainda reforça que Nise faz parte do corpo clínico do Hospital, e que é "admissível que perfilhe entendimento próprio com relação ao atendimento de seus pacientes ou à sua postura em face da pandemia ora combatida, desde que observe as regras relacionadas ao uso da sua condição de integrante do Corpo Clínico em sua comunicação."

Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/noticia/250666-medica-defensora-da-cloroquina-foi-suspensa-apos-declaracao-sobre-nazismo-diz-hospital.html

Roberto Carlos recupera na Justiça direito sobre obras produzidas de 1960 a 1990



Roberto Carlos, 79, conseguiu na Justiça a rescisão de seus contratos de cessão de direitos autorais com a Universal Music. Em nota enviada à reportagem, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro confirmou que, com a decisão, feita na 2ª Vara Empresarial, tanto o Roberto quanto Erasmo Carlos recuperam o direito sobre suas obras produzidas entre as décadas de 1960 e 1990.

Parceiros há cinco décadas, os cantores e compositores acusam a editora de ter abandonado a gestão contratual e de pagar remunerações irrisórias pela execução de suas músicas por empresas de streaming, diz a nota. A medida é retroativa à notificação extrajudicial da empresa, realizada em julho de 2018.

A sentença da juíza Maria Cristina de Brito Lima reconheceu que os contratos alvo da disputa têm natureza de edição e declarou a inexistência de direitos autorais da empresa sobre as obras da dupla.

Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/folha/noticia/85074-roberto-carlos-recupera-na-justica-direito-sobre-obras-produzidas-de-1960-a-1990.html

UFC: José Aldo é nocauteado por russo e perde chance de ser campeão peso-galo



O lutador José Aldo foi nocauteado pelo russo Petr Yan na madrugada deste domingo (12), no horário do Brasil, no UFC 251, realizado na Ilha da Luta em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Com a derrota, o brasileiro, ex-campeão do peso-pena, perdeu a chance de entrar no rol dos atletas com conquistas em duas divisões de peso diferentes. O adversário ficou com o cinturão do peso-galo que estava vago.

O russo nocauteou Aldo aos 3m24s do quinto round da luta após uma série de golpes duros no chão. O UFC 251 marcou a estreia da Ilha da Luta, que fica na Yas Island. Desde abril, o presidente da franquia, Dana White, mencionou o local pela primeira vez. Ela foi montada para receber lutadores de fora dos Estados Unidos, devido às restrições por conta da pandemia do coronavírus.

Vale lembrar que a baiana Amanda Nunes está no seleto grupo que conquistou dois cinturões de categorias diferentes do UFC. Ela é campeã dos peso-pena e peso-galo.

BRASILEIRAS TAMBÉM ENTRARAM NO OCTÓGONO
Além de José Aldo, o Brasil foi representado por duas mulheres no UFC 251. Destaque para a mineira Amanda Ribas que atropelou a americana Paige VanZant no peso-mosca e conquistou sua quarta vitória no Ultimate e segue invicta. Ela venceu a luta por finalização com uma chave de braço em apenas 2m21s do primeiro round.


Já a paranaense Jéssica "Bate-Estaca" Andrade parecia encaminhar um nocaute contra Rose Namajunas, mas acabou sendo surpreendida pela adversária. A americana venceu a revanche do duelo de ex-campeãs por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28), no peso-palha.
Amanda Ribas | Foto: Divulgação / UFC
Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/esportes/noticia/55215-ufc-jose-aldo-e-nocauteado-por-russo-e-perde-chance-de-ser-campeao-peso-galo.html

EUA bate recorde diário ao registrar 66.528 novos casos de Covid-19



Os Estados Unidos bateu recorde diário negativo ao registrar 66.528 novos casos da Covid-19 neste sábado (11). O balanço foi feito pela Universidade Johns Hopkins. O país contabilizou mais de 60 mil novos paciente da doença em quatro dos últimos cinco dias.

Com esse novo número, os EUA alcançaram a marca de mais 3,2 milhões de infectados. O número de mortos chega a quase 135 mil, sendo 760 vítimas fatais nas últimas 24 horas.

A Flórida é o estado mais afetado do país com 10.360 novas infecções e 95 mortes neste sábado. Mesmo com esses números, a Disney World reabriu dois dos seus quatro parques temáticos em Orlando. Os visitantes reservaram os ingressos com antecedência, o que permitiu o controle da quantidade de pessoas no local para respeitar as normas de dois metros de distanciamento social estabelecidos pela empresa. As medidas de segurança incluem medição de temperatura na entrada, uso obrigatório de máscaras e álcool em gel disponível nas dependências dos parques.

Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/noticia/250663-eua-bate-recorde-diario-ao-registrar-66528-novos-casos-de-covid-19.html

Governo abre licitação para produzir versão em libras do Estatuto da Criança e do Adolescente



Comandado por Damares Alves, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos abriu uma licitação para para produzir uma versão do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em libras. 

A iniciativa, que é fruto de parceria com a Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), é voltada para pessoas surdas ou com deficiência auditiva que dominem a língua brasileira de sinais (Libras), independentemente do conhecimento da língua portuguesa.

Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/noticia/250657-governo-abre-licitacao-para-produzir-versao-em-libras-do-estatuto-da-crianca-e-do-adolescente.html

'Bolsonaro deveria levar uma surra de cinto', diz Cássia Kis


A atriz Cássia Kis, 62, disse que Jair Bolsonaro deveria "levar uma surra de cinto da mãe dele", em entrevista à revista Veja publicada na última quarta-feira (8).

Para ela, o comportamento do presidente, de um "homem infantil, que não amadureceu", piora a situação. "Os absurdos que ele diz são coisas de criança, de homem mimado. O Bolsonaro tinha que levar uma surra de cinto da mãe dele", acrescentou.

Kis também contou aos jornalistas da revista que tem se sentido muito triste durante o período de isolamento contra o novo coronavírus.

"Choro todos os dias e às vezes tenho a sensação de que estou testemunhando o fim do mundo, porque não dá para viver em paz sabendo que tem gente sem ter o que comer, sem acesso à saúde", relatou.

A atriz está de volta às telas com a reprise da novela "Vale Tudo", de 1988, que começará a ser exibida no dia 20 de julho na plataforma de streaming Globoplay.

Kis interpreta a vilã Leila, responsável pelo assassinato de Odete Roitman, personagem da atriz Beatriz Segall.


Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/folha/noticia/85032-bolsonaro-deveria-levar-uma-surra-de-cinto-diz-cassia-kis.html

Prouni disponibilizará mais de 167 mil bolsas em 1.061 instituições privadas



O Programa Universidade para Todos (Prouni) oferecerá 167.789 bolsas em 1.061 Instituições de Ensino Superior Privadas. Desse total, 60.551 serão integrais e 107.229 serão parciais, cobrindo 50% do valor das mensalidades.

De acordo com a Agência Brasil, as inscrições serão aceitas entre 14 e 17 de julho. No entanto, já é possível fazer consultas sobre a oferta de bolsas no portal do Prouni.

O programa seleciona estudantes para bolsas em instituições privadas de ensino superior. Essas bolsas variam de acordo com a renda dos candidatos e podem ser parciais, de 50% da mensalidade, ou integrais, de 100%.

De acordo com o Ministério da Educação, o Prouni, que foi criado em 2004, tem por objetivo aumentar a quantidade de estudantes brasileiros de baixa renda na graduação.

Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/noticia/250655-prouni-disponibilizara-mais-de-167-mil-bolsas-em-1061-instituicoes-privadas.html

Libertadores volta em 15 setembro e Sul-Americana, em 27 de outubro

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou a retomada das Copas Libertadores e Sul-Americana. A Libertadores reiniciará no dia 15 de setembro e a Sul-Americana em 27 de outubro. De acordo com a Agência Brasil, ambas as competições terão seus regulamentos mantidos, como previsto inicialmente. Em nota a entidade afirmou que o retorno estará em conformidade com as determinações das autoridades sanitárias de cada país. 
“Esse fator, somado à elaboração e aprovação unânime do Conselho do Protocolo Conmebol e de um manual operacional para viagens e treinamentos possibilita o retorno da Conmebol Libertadores e da Conmebol Sul-Americana. Com a aplicação rigorosa e responsável de todos os jogadores de futebol, o desejo de retorno do futebol se tornará uma realidade das condições de saúde, sempre cuidando da saúde de todos.”
De acordo com o calendário divulgado pela Conmebol, os dois campeonatos, que foram suspensos em março devido à pandemia do novo coronavírus, serão concluídos em 2021. As finais ainda não têm data confirmada, embora haja marcação no cronograma para ocorrerem em 23, 24 ou 30 de janeiro. As semifinais de ambas as disputas estão agendadas para 6 e 13 de janeiro. Em relação a decisão da Recopa no ano que vem, que é o confronto entre os campeões da Libertadores e Sul-Americana, ocorrerá em 12 e 19 de fevereiro.
Fonte: https://www.metro1.com.br/noticias/cidade/94547,libertadores-volta-em-15-setembro-e-sul-americana-em-27-de-outubro

Sisu tem 814,47 mil inscrições

Balanço divulgado neste sábado (11) pelo Ministério da Educação (MEC) contabilizou 814.476 inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre. As inscrições dos estudantes que participaram da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram encerradas nesta sexta-feira (10).
O MECinformou que 424.991 candidatos inscritos disputam 51.924 vagas ofertadas em 57 instituições públicas de educação superior do país. O resultado da primeira chamada do Sisu será divulgado na próxima terça-feira (14).
Em nota, o secretário de Educação Superior, Wagner Vilas Boas disse que é “ gratificante poder encerrar esse ciclo e ver nas redes sociais as manifestações de satisfação dos candidatos ao conseguirem realizar suas inscrições com sucesso”.
Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Além de ter feito o Enem de 2019, os interessados não podem ter zerado a redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar.
Segundo o Ministério da Educação, o Sisu foi desenvolvido para selecionar os candidatos às vagas das instituições públicas de ensino superior que usarão a nota do Enem como única fase de seu processo seletivo. A seleção é feita pelo sistema com base na nota obtida no Enem. 
De acordo com o edital do Sisu, a ordem dos critérios para a classificação de candidatos é a seguinte: maior nota na redação, maior nota na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias; maior nota na prova de matemática e suas tecnologias; maior nota na prova de ciências da natureza e suas tecnologias e maior nota na prova de ciências humanas e suas tecnologias.

Cronograma

Conforme cronograma divulgado pelo MEC, o resultado da primeira chamada do Sisu será divulgado no dia 14 de julho. O candidato que não for selecionado em uma das duas opções, em primeira chamada, deverá manifestar interesse em participar da lista de espera, por meio da página do Sisu na internet, entre os dias 14 e 21 de julho.
A partir daí, basta acompanhar as convocações feitas pelas instituições para preenchimento das vagas em lista de espera, observando prazos, procedimentos e documentos exigidos para matrícula ou para registro acadêmico, estabelecidos em edital próprio da instituição, inclusive horários e locais de atendimento por ela definidos.
Edição: Nádia Franco
Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2020-07/sisu-tem-81447-mil-inscricoes

Governo do Rio vai multar em R$ 106 pessoas sem máscaras

O governo do Rio de Janeiro multará em R$ 106,65 pessoas que estejam sem máscara em espaços públicos, transportes públicos, estabelecimentos comerciais e repartições públicas estaduais. A multa chegará a R$ 700 no caso de pessoas jurídicas.
O decreto que regulamenta o uso de máscara e a multa para quem descumprir a regra deverá ser sancionada pelo governador fluminense, Wilson Witzel, nesta segunda-feira (11). A medida visa aumentar a proteção das pessoas contra o novo coronavírus, que causa a covid-19.
As multas começarão a ser aplicadas, pela vigilância sanitária, polícias e agentes do programa Segurança Presente após 15 dias da publicação do decreto no Diário Oficial do Estado. Os valores arrecadados serão destinados ao Fundo Estadual de Saúde.
Edição: Fábio Massalli
Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-07/governo-do-rio-vai-multar-em-r-106-pessoas-sem-mascaras

CT da Praia do Forte terá jogo entre ABC e CSA pela Copa do Nordeste



O Centro de Treinamento de Seleções da Praia do Forte, em Mata de São João, será palco de uma das partidas de encerramento da primeira fase da Copa do Nordeste 2020. A tradicional competição, que terá todos os seus jogos na Bahia e será encerrada no dia 4 de agosto, mandará jogos também em Salvador, Feira de Santana e Riachão do Jaquipe.
 
A partida entre ABC, do Rio Grande do Norte, e CSA, de Alagoas, acontece às 20h do dia 22 de julho e não terá público. O time potiguar ocupa a quarta colocação no Grupo A da competição e tem grandes chances de classificação. Já o CSA ocupa o oitavo e último lugar do Grupo B e não tem mais chances de de ascender às quartas-de-final.  A Copa do Nordeste foi suspensa em 16 março, devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus.
 
Com a definição da capital baiana como sede para receber o restante das partidas, a Arena Fonte Nova ficará de fora da lista de estádios, por abrigar um hospital de campanha para atendimento de pacientes com Covid-19. A Copa do Nordeste é realizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
 
ESTADO DO CT
O Centro de Treinamento de Seleções da Praia do Forte foi construído para a Copa do Mundo de 2014, quando foi utilizado pela Seleção da Croácia. O equipamento tem capacidade para 400 pessoas e está dentro de todos os padrões de qualidades exigidos pela Federação Internacional de Futebol (FIFA).
 
O CT foi construído e é administrado pela Prefeitura de Mata de São João e abriga competições locais e internacionais, além treinos de times profissionais. Fica na entrada da Praia do Forte e faz parte de um complexo esportivo, educacional, cultural e de negócios, junto com o Centro de Convenções e uma escola modelo, que está em construção.  
 
Sem Arena Fonte Nova, a Copa do Nordeste já tem locais e horários definidos para última rodada da primeira fase. No início da noite desta sexta-feira (10), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela de jogos do campeonato que vão acontecer nos próximos dias 21 e 22. Além de Salvador, como sede principal para receber as partidas, Feira de Santana, Mata de São João e Riachão do Jacuípe. 
 
A Copa do Nordeste foi suspensa devido a pandemia em 16 março e, com a retomada em breve, a previsão é que a competição termina no dia 4 de agosto. Com a definição da capital baiana como sede para receber o restante das partidas, a Arena Fonte Nova ficará de fora da lista de estádios por abrigar um hospital de campanha para atendimento de pacientes com Covid-19 (leia mais).  
 
Por não terem chances de classificação para a próxima fase, o jogo entre o Frei Paulistano e o Imperatriz foi cancelado, em acordo comum com a CBF e a Liga do Nordeste, a pedido dos clubes. 
 
Barradão e Pituaçu, em Salvador, Arena Cajueiro e Joia da Princesa, em Feira de Santana, o CT Praia do Forte, em Mata de São João, e o Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, serão os locais de realização das partidas, que acontecerão todas às 20h. 
 
No Grupo A da tabela, o Fortaleza é líder com 14 pontos. O Bahia é o segundo colocado, com a mesma pontuação, mas com diferença no saldo de gols. O mesmo caso acontece com o Vitória, no Grupo B, que está na segunda colocação com 13 pontos, assim como o líder Confiança, com as posições definidas pelos saldos de gols. 


Confira a tabela de jogos:
 
21/07, às 20h - Fortaleza x América-RN - Barradão
22/07, às 20h - Sport x Confiança - Arena Cajueiro
22/07, às 20h - ABC x CSA - CT Praia do Forte
22/07, às 20h - CRB x Ceará - Barradão
22/07, às 20h - Bahia x Náutico - Pituaçu
22/07, às 20h Botafogo-PB x Vitória - Joia da Princesa
22/07, às 20h River-PI x Santa Cruz - Arena Valfredão


Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/esportes/noticia/55214-ct-da-praia-do-forte-tera-jogo-entre-abc-e-csa-pela-copa-do-nordeste.html

Com propaganda de Bolsonaro, cloroquina tem aumento de 358% no consumo e gera lucro



Cinco empresas tiveram os negócios empurrados graças a campanha do presidente Jair Bolsonaro a favor da cloroquina para o tratamento a Covid-19. O medicamento não tem ação contra o coronavírus comprovada pela ciência. 

As empresas autorizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a produzir o medicamento no País não informam quanto o faturamento aumentou, mas dados do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma) mostram que o consumo de cloroquina pelos brasileiros cresceu 358% durante a pandemia.

A alta acompanha o crescimento nas vendas de máscaras e álcool em gel, cujo uso é recomendado no mundo todo. A cloroquina, ao contrário, coleciona mais críticas do que apoio na comunidade científica.

Recomendada para tratar doenças como malária, artrite e lúpus, a cloroquina passou a ser utilizada por pacientes com coronavírus após relatos de resultados positivos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma, contudo, que a substância é ineficaz no tratamento da doença.

O laboratório Aspen, do empresário Renato Spallicci, triplicou em abril a produção de Reuquinol, à base da substância, aproveitando a onda criada por Bolsonaro. Em 26 de março, a caixinha do produto apareceu no mundo todo ao ser exibida pelo presidente num encontro virtual com líderes do G-20. Militante bolsonarista, daqueles que gostam de compartilhar na internet o que o presidente faz, Spallicci aproveitou as redes para divulgar as imagens do presidente exibindo seu remédio.

O presidente, agora com diagnóstico positivo da covid-19, voltou a exibir uma caixinha de hidroxicloroquina durante sua live semanal assistida por 1,6 milhão de pessoas. 

Desta vez, o remédio, em sua versão genérica, foi mostrado enquanto o presidente tomou uma dose. O medicamento divulgado foi produzido pela EMS. A empresa faz parte do grupo controlado por Carlos Sanchez, também dono do laboratório Germed, outro autorizado a vender a cloroquina no País. O empresário está na lista da revista  Forbes como o 16.º homem mais rico do Brasil e uma fortuna avaliada em U$ 2,5 bilhões.


Sanchez participou de duas reuniões com Bolsonaro desde o início da pandemia. O último encontro, virtual, ocorreu em 14 de maio. Antes, em 20 de março, Bolsonaro já havia se reunido com o dono da EMS e outros empresários, também por videoconferência, para discutir a pandemia do coronavírus.


O encontro ocorreu no mesmo período em que o presidente passou a amplificar a divulgação da hidroxicloroquina em declarações e nos canais oficiais.

Outro fabricante de cloroquina, o empresário Ogari de Castro Pacheco viu o laboratório Cristália, do qual é cofundador, ser prestigiado pessoalmente pelo presidente no ano passado. Filiado ao DEM, Pacheco é segundo-suplente do líder do governo no Senado, Eduardo Gomes (MDB-TO), e eleitor de Bolsonaro.


De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, na ocasião, a convite de Pacheco, o presidente participou da inauguração de uma das plantas do laboratório, em 6 de agosto. Durante a cerimônia, Bolsonaro parabenizou o empresário pela “coragem de erguer” o empreendimento. 


Pacheco cita, em declaração no site da empresa, o fato de a pandemia ter levado a um “crescimento sem precedente de venda de medicamentos”. Segundo o senador Eduardo Gomes, o empresário está internado com covid-19 e fez uso do medicamento que vende. 


RELAÇÃO COM TRUMP
O único laboratório estrangeiro autorizado a vender cloroquina no País é o francês Sanofi-Aventis, que tem o presidente dos EUA, Donald Trump, como acionista. A exemplo de Bolsonaro, Trump é entusiasta do medicamento. Em abril, o jornal  The New York Times publicou reportagem na qual questiona se a defesa do presidente americano da cloroquina estaria relacionada à saúde ou aos seus negócios. 


O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente, compartilhou uma foto de uma caixa de cloroquina da marca Plaquinol, da empresa da qual Trump é acionista, no Twitter. A imagem vinha acompanhada de uma notícia de que o grupo iria doar medicamento para infectados com a covid-19.


Além do contato com os empresários, o governo acelerou a produção da hidroxicloroquina no laboratório do Exército. Segundo o Ministério da Defesa, até o fim de junho, 1 milhão de comprimidos da substância tinham sido distribuídos e havia um estoque de mais 1,85 milhão de unidades. A produção foi suspensa até que todos sejam enviados a hospitais e postos de saúde públicos
 

O QUE DIZEM OS EMPRESÁRIOS
Procurados pelo Estado de S.Paulo, os empresários autorizados a produzir cloroquina no País afirmaram manter contato institucional com o governo. 


Carlos Sanchez, da EMS, disse por meio de sua assessoria que a empresa tem mais de 55 anos de história, “já passou por muitos governos e busca sempre estabelecer diálogo com todos eles”. “A empresa é a favor do Brasil, independentemente de partidos políticos. Como a maioria dos brasileiros, quer um país mais próspero e mais justo, com oportunidades para todos.


A empresa tem feito a sua parte, gerando empregos, investindo em pesquisa e em aumento de capacidade fabril, ampliando o acesso a medicamentos e promovendo saúde à população”, disse a EMS. 
Segundo a empresa, os encontros com o presidente Jair Bolsonaro foram promovidos pela Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), para discutir “questões econômicas e o novo cenário brasileiro diante da pandemia de coronavírus”.


A Apsen disse não apoiar ou financiar partido político e que o presidente da empresa, Renato Spallicci, não mantém relações pessoais com Bolsonaro. “A atuação da Apsen se dá no âmbito do governo federal, com o Ministério da Saúde, Ministério das Relações Exteriores e Anvisa. Esse contato atende todas as regras do setor e o cumprimento das leis do País”, diz nota enviada pela empresa.


Já a francesa Sanofi disse que tem como prioridade a segurança e o atendimento aos pacientes atualmente tratados sob as indicações aprovadas de “nosso medicamento Plaquinol (hidroxicloroquina): doenças reumatológicas e dermatológicas crônicas, além de malária e lúpus”.


“Continuamos totalmente comprometidos em garantir o fornecimento de hidroxicloroquina para essas indicações, com base em nossa demanda histórica”, disse a empresa, que não cita o uso da substância para combater o coronavírus. A empresa confirmou ao Estadão que Trump é acionista, mas não informa qual o porcentual que ele tem da empresa. 

A assessoria do laboratório Cristália informou que o dono da empresa, Ogari Pacheco, está hospitalizado e que não poderia responder aos questionamentos da reportagem.


Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/saude/noticia/24478-com-propaganda-de-bolsonaro-cloroquina-tem-aumento-de-358-no-consumo-e-gera-lucro.html

Suplicy envia livro para Bolsonaro e sugere que renda básica é 'melhor do que distribuir armas'



Autor de projeto de lei que prevê uma renda básica universal no Brasil, o vereador Eduardo Suplicy (PT-SP) enviou um livro sobre o tema para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que se recupera após ter contraído o novo coronavírus. 

“Enviei ao Presidente Jair Bolsonaro o livro ‘Utopia’, de Thomas More, com a sugestão que ele leia no período de convalescência”, revelou o petista, em uma publicação nas redes sociais, neste sábado (11). Suplicy contou ainda ter enviado a publicação por meio de Sedex, na sexta-feira (10), que que o presente tem previsão de chegar no Palácio da Alvorada, residência do presidente, até a terça-feira (14).

O político paulista mostrou ainda a dedicatória feita para Bolsonaro, criticando uma das principais plataformas do governo - ampliar o direito à posse e ao porte de armamentos - e destacando que “melhor do que distribuir armas será assegurar a Renda Básica de Cidadania para todas as pessoas”.

Confira o texto completo: 
“Ao Presidente Jair Bolsonaro, desejo-lhe pronta recuperação e que possa aproveitar esse período em que precisa se restabelecer com a leitura desse importante livro de Thomas More, onde, na página 29 do Livro I, ele mostra a reflexão do viajante português Rafael Hitlodeu em que, ao comentar que a pena de morte não havia colaborado para diminuir a criminalidade violenta, afirma que muito melhor será garantir a sobrevivência das pessoas para que ninguém se sinta com a necessidade de primeiro roubar para daí ser transformado em cadáver.

Com base nas reflexões do personagem Rafael Hitlodeu, de Thomas More, seu amigo, Juan Luis Vives escreveu em 1526 “De Subventione Pauperum”, ao Prefeito da cidade de Bruges, onde, pela primeira vez, propõe uma renda mínima garantida a seus habitantes. Por essa razão, Thomas More é considerado um dos pensadores que melhor fundamentou a Renda Básica de Cidadania.

Muito melhor do que distribuir armas será assegurar a Renda Básica de Cidadania para todas as pessoas.

O abraço amigo, Eduardo Matarazzo Suplicy
São Paulo, 9 de julho de 2020.”


Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/cultura/noticia/38154-suplicy-envia-livro-para-bolsonaro-e-sugere-que-renda-basica-e-melhor-do-que-distribuir-armas.html

Campanha de Vacinação contra o Sarampo continua até 31 de agosto



Foi prorrogada até o dia 31 de agosto a Campanha de Vacinação contra o Sarampo. A informação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) indica que, na Bahia, a estimativa é de se vacinar 6,5 milhões de pessoas, mas, desde o começo da campanha (23), somente 350 mil tomaram a vacina contra a doença. O público alvo a ser imunizado está na faixa de 20 a 49 anos.

O sarampo é uma doença viral aguda, considerada uma das mais contagiosas, com potencial para ser extremamente grave, afetando principalmente crianças menores de 5 anos, especialmente as mal nutridas e bebês não vacinados, mas que pode acometer também pessoas em qualquer idade não vacinadas.

A única medida efetiva de prevenção contra o sarampo é a vacina Tríplice Viral, distribuída gratuitamente nos postos de saúde e que também imuniza contra caxumba e rubéola. Essa imunização faz parte do calendário vacinal. A primeira dose deve ser tomada com um ano de vida e a segunda é aplicada três meses depois. Caso a vacinação não seja feita no tempo ideal, ainda é possível se proteger. Até os 29 anos é preciso tomar as duas doses. Entre 30 e 49 anos é ministrada dose única. Acima dos 50 anos não é mais feita a imunização.

CASOS NA BAHIA
Na Bahia, em 2019, o surto foi iniciado em junho, a partir de casos importados, porém, novas cadeias epidemiológicas foram identificadas, totalizando 80 casos confirmados, distribuídos em 25 municípios do estado.


Este ano, até a Semana Epidemiológica (SE) nº 20 (16/05/2020), foram notificados, na Bahia, 92 casos suspeitos de sarampo e 14 de rubéola, totalizando 106 casos de doenças exantemáticas distribuídos em 45 municípios. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve redução de 24,8% do número de casos notificados


Após 90 dias de monitoramento, um surto de sarampo foi controlado nos municípios de Lauro de Freitas, Juazeiro e Belo Campo, porém, a recente confirmação de um caso de sarampo em Paripiranga, homem de 47 anos, não vacinado, com histórico de contato com caso confirmado importado, residente em Sergipe, município de Simões Dias, fez com que o estado da Bahia retornasse ao status de surto ativo da doença, reacendendo o alerta para o risco de ocorrência de novos surtos no território baiano.

SARAMPO
A primeira descrição reconhecível do sarampo é atribuída ao médico árabe Ibn Razi (860-932) (conhecido como Rhazes na Europa). O vírus foi isolado apenas em 1954, e a vacina foi desenvolvida em 1963.


O sarampo é uma doença infecciosa aguda, viral, transmissível, extremamente contagiosa e muito comum na infância. Os sintomas iniciais apresentados pelo doente são: febre acompanhada de tosse persistente, em geral seca e irritativa, irritação ocular (sensibilidade à luz), corrimento do nariz, dores pelo corpo e manchas vermelhas na pele.

Entre as complicações da doença, que podem advir da doença, estão: infecções respiratórias, inflamação nos ouvidos, encefalite com dano cerebral, surdez e lesões severas de pele. Em gestantes, o sarampo pode provocar um aborto ou um parto prematuro.

Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/saude/noticia/24480-campanha-de-vacinacao-contra-o-sarampo-continua-ate-31-de-agosto.html