Veja no Blog

domingo, 31 de março de 2013

O que é o domingo de páscoa? - A história e a simbologia do Domingo de Páscoa

O que significa o domingo de páscoa, o que é comemorado nesta data, entenda a simbologia do dia de páscoa.

O domingo de páscoa conclui a quaresma, as semana santa. No domingo de páscoa celebramos a vitória de Jesus que desceu a mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro dia para salvar os pecados de todos os homens.
Jesus cumpre sua missão como homem e sobe aos céus para então retornar ressurecto para se sacrificar em prol da humanidade, para passar a palavra a seus discípulos sobre a boa nova, sobre o inicio da era da salvação.
O domingo de páscoa é uma das datas maiores do calendário cristão. Época de comemorar, festejar, afinal o salvador resuscitou para nos salvar.
Conheça o que é o domingo de páscoa, sua simbologia, significado e explicações para essa data tão especial.

O simbolismo do Domingo de Pascoa

o que é domingo de páscoa, a ressurreição de Jesus
 
O Domingo de Páscoa é o final de uma comemoração que se indicia na quarta feira de cinzas, periodo que chamamos de quaresma. O domingo de pascoa é o dia em que até mesmo a mais pobre igreja se reveste com seus melhores ornamentos, é o ápice do ano litúrgico. É o aniversário do triunfo de Cristo. É a feliz conclusão do drama da Paixão e a alegria imensa depois da dor. E uma dor e alegria que se fundem pois se referem na história ao acontecimento mais importante da humanidade: a redenção e libertação do pecado da humanidade pelo Filho de Deus.
São Paulo nos diz : "Aquele que ressuscitou Jesus Cristo devolverá a vida a nossos corpos mortais". Não se pode compreender nem explicar a grandeza da Páscoa cristã sem evocar a Páscoa Judaica, que Israel festejava, e que os judeus ainda festejam, como festejaram os hebreus há três mil anos. O próprio Cristo celebrou a Páscoa todos os anos durante a sua vida terrena, segundo o ritual em vigor entre o povo de Deus, até o último ano de sua vida, em cuja Páscoa aconteceu na ceia e na istituição da Eucaristia.
Cristo, ao celebrar a Páscoa na Ceia, deu à comemoração tradicional da libertação do povo judeu um sentido novo e muito mais amplo. Não é um povo, uma nação isolada que Ele liberta, mas o mundo inteiro, a quem prepara para o Reino dos Céus. A Páscoa cristã - cheia de profunda simbologia - celebra a proteção que Cristo não cessou nem cessará de dispensar à Igreja até que Ele abra as portas da Jerusalém celestial. A festa da Páscoa é, antes de tudo, a representação do acontecimento chave da humanidade, a Ressurreição de Jesus depois de sua morte consentida por Ele para o resgate e a reabilitação do homem caído. Este acontecimento é um dado histórico inegável. Além de que todos os evangelistas fizeram referência. São Paulo confirma como o historiador que se apoia, não somente em provas, mas em testemunhos.
Páscoa é vitória, é o homem chamado a sua maior dignidade. Como não se alegrar pela vitória d'Aquele que tão injustamente foi condenado à paixão mais terrível e à morte de cruz?, pela vitória d'Aquele que anteriormente foi flagelado, esbofeteado, cuspido, com tanta desumana crueldade.
Este é o dia da esperança universal, o dia em que em torno ao ressuscitado, unem-se e se associam todos os sofrimentos humanos, as desolusões, as humilhações, as cruzes, a dignidade humana violada, a vida humana respeitada.
A Ressurreição nos revela a nossa vocação cristã e nossa missão: aproximá-la a todos os homens. O homem não pode perder jamais a esperança na vitória do bem sobre o mal. Creio na Ressurreição?, a proclamo?; creio em minha vocação e missão cristã, a vivo?; creio na ressurreição futura? , é alento para esta vida?, são perguntas que devem ser feitas.
A mensagem redentora da Páscoa não é outra coisa que a purificação total do homem, a libertação de seus egoísmos, de sua sensualidade, de seus complexos, purificação que, ainda que implique em uma fase de limpeza e saneamento interior, contudo se realiza de maneira positiva com dons de plenitude, com a iluminação do Espírito, a vitalização do ser por uma vida nova, que transborda alegria e paz - soma de todos os bens messiânicos-, em uma palavra, a presença do Senhor ressuscitado. São Paulo o expressou com incontida emoção neste texto: " Se ressuscitastes com Cristo, então vos manifestareis gloriosos com Ele".
Nesse domingo de páscoa reúna sua família, seus amigos, comemore a volta do cristo que se sacrificou para nos livrar dos pecados. Que nessa páscoa o verdadeiro cristo resuscite dentro de seu coração, que sua fé seja renovada e a esperança de um mundo melhor firmado. Veja também: Cronologia da Semana Santa - O que é a Semana Santa.
Fonte: http://www.esoterikha.com/presentes/o-que-e-domingo-de-pascoa-simbologia-significado-domingo-pascoa.php

sábado, 30 de março de 2013

Assista os vídeos da Sexta-feira da Paixão 2013 em Inhambupe


Significado de Sábado de Aleluia

Imagem: www.esoterikha.com

 Sábado de Aleluia é um dia de comemoração no calendário de feriados religiosos do Cristianismo, sempre antes da Páscoa. O Sábado de Aleluia é o último dia da Semana Santa.
O Sábado Santo pode cair entre 21 de março e 24 de abril, e nesse sábado é celebrada a Vigília pascal depois do anoitecer, dando início à Páscoa. Sábado de Aleluia é o sábado anterior ao domingo de Páscoa, onde acende-se o Círio Pascal, uma grande vela que simboliza a luz de Cristo, que ilumina o mundo. Na vela, estão gravadas as letras gregas Alfa e Ômega, que querem dizer "Deus é o princípio e o fim de tudo”.
Na tradição católica, os altares são descobertos, pois assim como na Sexta-Feira Santa, não se celebra a Eucaristia. As únicas celebrações que fazem parte é a Liturgia das Horas. Além da Eucaristia, é proibido celebrar qualquer outro sacramento, exceto o da confissão.
Antes de 1970, no sábado de aleluia os católicos romanos deveriam praticar um jejum limitado, como abstinência de carne de gado, mas poderiam consumir peixe, etc. É também no Sábado de Aleluia que se faz a tradicional Malhação de Judas, representando a morte de Judas Iscariotes.

Fonte: http://www.significados.com.br/sabado-de-aleluia/

sexta-feira, 29 de março de 2013

Celebração e Procissão na Sexta-feira da Paixão em Inhambupe







































Aconteceu hoje(29) a celebração da Paixão do Senhor na Matriz, após teve a Procissão do Senhor Morto pela as ruas da cidade, no qual passou pela a Praça da Bandeira, desceu a Rua do Fogo que é a Dom Ático, depois passou pela a Praça da Barroquinha, Rua Professora Jovina, subiu a Rua Batista Xavier e chegou na Praça da Matriz de Inhambupe.

Veja como foi a quinta-feira santa na Matriz de Inhambupe

Assista a homília do Padre Elzo e a transladação do Santissímo Sacramento na Igreja Matriz de Inhambupe, que aconteceu ontem(28).

quinta-feira, 28 de março de 2013

Celebração do Lava Pés em Inhambupe






































 Aconteceu na noite dessa quinta-feira santa, 28 de março, a Celebração do Lava Pés, Instituição da Eucaristia na Matriz, logo após teve a transladação do Santíssimo Sacramento e adoração até as 22 horas em Inhambupe.