Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Menina de 18 anos se prepara para casar com seu próprio "pai" e perder a virgindade com ele

O Incesto (ter relações íntimas com um próprio parente) é possivelmente o último tabu quando se fala em sexo. Embora esse assunto seja tratado como algo repulsivo na maioria das culturas conhecidas, especialistas afirmam que o fenômeno pode ser mais comum do que pensamos.

Conhecido como “Atração Sexual Genética”, de acordo com a característica publicada no The Guardian em 2003, esses sentimentos são particularmente comuns quando indivíduos que não se viam há muito tempo se reencontram.

Devido a toda polêmica que o assunto pode trazer, poucas pessoas que se relacionam nessas condições falam sobre isso em público, no entanto, numa recente entrevista publicada na Science of Us, blog do New York Magazine, uma menina de 18 anos afirma estar em um relacionamento de dois anos com o pai.

Menina concedeu entrevista contando sobre o seu relacionamento com o próprio pai, e diz que está noiva e pronta para se casar com ele.

Ela explica que seus pais se separaram quando tinha 18 anos, antes dela nascer. A menina disse que seus pais a tiveram quando eles possuíam apenas 18 anos de idade. A partir daí, o pai a viu com pouca frequência.

A garota explica que voltou a ter contato com o pai quando tinha 17 anos (cerca de 12 anos depois do último encontro). “Foi tão estranho e confuso. Ele é tão bonito!”

Ela relatou, também, ter deixado de ser virgem com o pai. “Foi tão natural. Ele nem sequer sentiu o tabu.”
Apesar de muitas pessoas entenderem essa união como inaceitável, eles estão prestes a se casar e foram aceitos como um casal de verdade por seus avós paternos. “Eles entendem que estamos felizes juntos e não veem a hora de termos bebês,” contaram eles. 


Fonte: http://www.camacarinoticias.com.br/leitura.php?id=283459