Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Santo Amaro: Prefeito pode ser afastado por não convocar aprovados em concurso público

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) abriu uma ação civil pública com pedido de liminar contra o prefeito de Santo Amaro, no recôncavo baiano. O gestor Ricardo Machado vai responder a ação por contratar servidores de forma indevida, apesar de o Município ter mais de 700 aprovados em um concurso público. De acordo com o promotor de Justiça João Paulo Schoucair, a Promotoria, em 2014, expediu uma recomendação ao Município, para que anulasse as contratações indevidas até o dia 31 de dezembro, prorrogasse o prazo de validade do concurso e promovesse a nomeação dos aprovados para prover os cargos vagos até o dia 30 de junho de 2015. Mas, segundo o órgão, o prefeito, com a proximidade da expiração do prazo de validade do concurso, que acontece em abril, apenas apresentou um cronograma para preenchimento das vagas oferecidas no certame. O cronograma, apresentado no último dia 12, indica que o preenchimento ocorrerá entre fevereiro e maio deste ano. Na ação, o promotor pede o afastamento de Ricardo Machado do cargo de prefeito.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/justica/noticia/50478-santo-amaro-prefeito-pode-ser-afastado-por-nao-convocar-aprovados-em-concurso-publico.html