Veja no Blog

terça-feira, 1 de março de 2016

Depois de explosões de bancos, Sátiro Dias e Inhambupe penam sem serviço bancário

Moradores de Sátiro Dias, no agreste baiano, tem que sair dos limites da cidade se quiserem sacar dinheiro. A situação segue assim desde que a única agência do município, a do Banco do Brasil (BB), foi explodida em julho do ano passado. (Antes, o mesmo banco tinha sido atacado em novembro de 2014 e retornado em maio de 2015.) Passados quase oito meses, residentes na cidade têm que percorrer os 110 km que separam Sátiro Dias de Alagoinhas, ou os 55 km até Serrinha. O município ainda conta com um correspondente bancário do Bradesco, mas o local é mais procurado para pagamentos de fatura. Em entrevista ao Bahia Notícias, um morador afirmou que a agência do BB destruída no ano passado já passou por reformas, mas não há informações de retorno das atividades. Na cidade, mais de 90% dos moradores têm contas ou precisam da agência, que entre outras atribuições, é responsável pelo pagamento dos funcionários da prefeitura, maior empregadora local. Em situação parecida, Inhambupe, que teve uma agência do Banco do Brasil explodia em dezembro passado, clientes do banco precisam ir até Alagoinhas (42 km) para realizar serviços bancários. Na cidade, também não informações de quando a agência voltará às atividades. 

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/municipios/noticia/4626-depois-de-explosoes-de-bancos-satiro-dias-e-inhambupe-penam-sem-servico-bancario.html