Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Professores das universidades estaduais encerram greve

Os professores das universidades estaduais da Bahia decidiram encerrar a greve - que já durava 86 dias - nesta quinta-feira, 6, após a assinatura do acordo por representantes do governo e do Fórum das Associações dos Docentes das Universidades Estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc).
Entre as reivindicações da categoria aceitas pelo governo está a revogação da Lei 7176/97, possibilitando uma maior autonomia administrativa e financeira para as universidades. A minuta de lei em substituição será encaminhada à Assembleia Legislativa em até 60 dias.
Além disto, serão implantados, em até 60 dias, todos os processos represados desde 2012, como promoções, progressões e mudanças de regime de trabalho. Para as promoções em 2016, o Movimento Docente protocolou um ofício solicitando o agendamento de reuniões ainda este ano.
O governo se comprometeu ainda em não realizar cortes e contingenciamento orçamentário nas universitades até o final do ano. Este orçamento representa um aumento de 10,3% em relação ao ano passado, totalizando R$ 1.126.500 bilhão.
No caso da Uneb, a greve também colaborou para a futura instalação do processo Estatuinte na instituição.

Fonte: http://atarde.uol.com.br/bahia/noticias/1702317-professores-das-universidades-estaduais-encerram-greve?direcionado=true