Veja no Blog

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Plano Municipal de Educação é aprovado na Câmara de Vereadores de Inhambupe na noite desta terça-feira(04)
























Os vereadores de Inhambupe aprovaram nesta terça-feira (04) o PME (Plano Municipal de Educação), a sessão foi agitada pois na plateia tinha uma grande quantidade de evangélicos onde foram defender a família.
Durante a sessão o vereador Dr. Miguel falou que na última segunda-feira não teve aula, pois não teve transporte escolar em que os motorista estão há mais de 60 dias sem receber, falou do seu apoio ao ao Plano Municipal de Educação e que seja aprovado o texto original, falou que o plenário da Câmara deve ser chamado de  Antônio Pinho de Cristo, mais conhecido por Antônio da Cajá que morreu quando era o Presidente da Câmara, falou sobre os desrespeitos dos bancos em não ter banheiros, bebedouro e sala de amamentação para os clientes, e o único a ter é a Caixa Econômica e terminou falando que é importante a redução de salários dos Vereadores, Prefeitos e Vice-Prefeitos e que esse projeto de lei terá iníio em janeiro de 2017.
O vereador Eliezer falou que a Praça da feira tenha o nome de Branquinho o ex-prefeito de Inhambupe, parabenizou a todos que fizeram o Plano Municipal de Educação que foi a custo zero.
O Vereador Humberto falou que a obra da escola Augusto Araújo que fica na Serragem já tem mais de dois anos em obras, disse que as obras do municípios estãos todas paradas.
O Vereador Dai falou sobre a quadra do Novo Inhambupe que estão parada a obra que estavam fazendo de maneira errada sem compactuar o chão, falou que no dia 27-12-2014 os postos de saúde entraram em férias, e os postos do Cotias e Santo Antônio não tem enfermeiro, disse que vai acompanhar o seu lider Dr. Miguel no Plano Municipal de Educação.
O Vereador Ze de Dite disse que não se pode deixar de valorizar a família, que é Pai, Mãe e filhos e que respeitas a todos, falou que o colégio Agenor Batista na Colônia não tem descarga no Banheiro, disse que as estradas do município nem de jeque passa.
O Vereador Cloves disse que é a favor do Plano Municipal de Educação, disse que não é contra aos homemossexuais, mas é necessários respeitar e não vota a favor da emenda do Vereador Uelson.
O vereador Uelson falou que a emenda que foi colocada foi feita por uma equipe e nenhum momento e não se colocou assunto religioso, disse que respeita o homem e a mulher em qualquer instâncias, falou que é o 2º município a fazer o plano sem precisar pagar, falou do empenho da professora Luciana, disse que se reuniu com todos os vereadores e decididos em aprovar todas as emendas e nenhum momento foi tratado a religiosidade.
O Vereador Marquinhos apresentou um audio que se falava em diferenças de gêneros, foi procurados por alguns pastores, disse que não se pode aprovar uma lei em que a família perca a autoridade, disse que a Bíblia.
O Vereador Jeovan falou de sua revolta com o município que não serão compridos os 200 dias letivos, falou que esteve no comando da PM no dia 17 de junho junto com Marcos e Fabrício Mateus, disse que esse Helicóptero foi uma ação dos vereadores.