Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

sexta-feira, 27 de março de 2015

Beijar cachorro de estimação na boca pode ser benéfico para saúde, segundo pesquisa

Por medo de contrair alguma doença, muitos donos de cachorros evitam que seus bichos de estimação beijem suas bocas. No entanto, uma pesquisa da Universidade do Arizona acredita que o ato pode fazer até bem à saúde humana, por conta dos micróbios de seus intestinos, que podem ter efeito probiótico em corpos humanos. Para isso, os cientistas têm recrutado voluntários. A pesquisa terá como foco o efeito de cães sobre a saúde de idosos. "O que essencialmente queremos saber é se o cão age como iogurte no efeito probiótico", explicou a estudante do doutorado de antropologia e uma das principais pesquisadoras, Kim Kelly, ao Daily Mail. De acordo com a publicação, estudos anteriores revelaram que cães e donos passam a apresentar as mesmas bactérias no intestino ao logo do tempo, enquanto outras mostraram que os animais reforçam o sistema imunológico de crianças. Para o Dr. Charles Raison, um dos pesquisadores, "os cães podem funcionar como probióticos para melhorar a saúde das bactérias que vivem em nossos intestinos". Serão analisadas as bactérias no intestino dos humanos e cães e suas atividades. Depois de cerca de três meses, haverá uma nova avaliação.

Fonte:   http://www.bahianoticias.com.br/noticia/169645-beijar-cachorro-de-estimacao-na-boca-pode-ser-benefico-para-saude-segundo-pesquisa.html