Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

segunda-feira, 9 de março de 2015

Apresentadora libanesa interrompe entrevista após muçulmano mandá-la calar a boca

A apresentadora da TV libanesa Al-Jadeed TV, Rima Karaki, cortou uma entrevista ao vivo com um estudioso muçulmano sunita Hani al-Seba'i, depois que ele a mandou "calar a boca" para ouvi-lo. O homem disse ainda que era indigno para ele ser entrevistado por Karaki, uma mulher. Segundo publicado na coluna de Bruno Astuto, Karaki entrevistava al-Seba'i sobre a questão dos cristãos estarem se unindo aos militantes do Isis (sigla em inglês do grupo Estado Islâmico no Iraque e no Levante), no Oriente Médio. Al-Seba'i, sediado em Londres, desconversou e começou a falar sobre o histórico dos cristãos se unirem ao Islã, desde os anos 1970, em vez de ir direto à questão atual. Karaki, então, interrompeu: "Dr. al-Seba'i, vamos nos concentrar no presente. No momento, que slogans são usados para atrair (cristãos) para esses grupos?" A intervenção causou reação enfurecida do estudioso. "Escute bem, não me interrompa. Vou responder como quiser. Que tipo de comportamento é esse? Não vou responder da maneira como você quer, porque estou aqui para apresentar a ideia em que acredito", disse al-Seba'i. Karaki teria explicado que não havia tanto tempo para uma resposta completa e dito que daria mais tempo ao estudioso. "Vá em frente, mas não me dê adjetivos. Nesse estúdio, eu comando o show. E, em seu benefício, estou avisando que não temos tanto tempo para discutir a história, senão não falaremos da nossa questão", afirmou a apresentadora. Em resposta, o estudioso pediu que Karaki calasse a boca para que ele pudesse falar e afirmou ser indigno para ele ser entrevistado por uma mulher. Antes que o sheik terminasse a frase, o microfone foi desligado pela produção do programa.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/168810-apresentadora-libanesa-interrompe-entrevista-apos-muculmano-manda-la-calar-a-boca.html