Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

ANS suspende comercialização de 70 planos de saúde depois do carnaval

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vai suspender a comercialização 70 planos de 11 operadoras, a partir da próxima quinta-feira (19). A lista dos planos que serão suspensos ainda não foi divulgada pela agência. A suspensão ocorreu pelo desrespeito aos prazos máximos de atendimento e por outras queixas de natureza assistencial, como negativas indevidas de cobertura. 

A medida visa proteger 580 mil beneficiários. Segundo o órgão, no Brasil há mais de 50 milhões de consumidores com planos de assistência médica e 21,4 milhões com planos exclusivamente odontológicos. De acordo com o diretor de Normas e Habilitação dos Produtos, José Carlos Abrahão, "o beneficiário de um plano suspenso pela ANS não deve se preocupar, pois sua assistência será mantida e tende a melhorar, já que a suspensão da comercialização é uma ação preventiva que, ao impedir o ingresso de novos beneficiários no plano, permite que a operadora melhore seus processos e volte a prestar a assistência adequada em tempo oportuno". 

As operadoras serão notificadas diretamente pela ANS, e através do portal da agência, poderá acompanhar as demandas para solução dos problemas. O prazo máximo para a adoção das medidas necessárias à solução da reclamação é de até 5 dias úteis em casos assistenciais e de até 10 dias úteis para não assistenciais. A contagem do prazo começa no primeiro dia útil seguinte à data da notificação. Apesar da medida, a agência reativou 43 planos de saúde que estavam com a comercialização suspensa, pois comprovaram melhoria no atendimento ao cidadão nos últimos três meses. Desde o início do programa de monitoramento, 1.043 planos de 143 operadoras já tiveram as vendas suspensas. Outros 890 planos voltaram ao mercado após comprovar melhorias no atendimento.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/167408-ans-suspende-comercializacao-de-70-planos-de-saude-depois-do-carnaval.html