Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Inmetro divulga ranking de consumo de combustível de carros ano 2015

O Inmetro divulgou o ranking de consumo de carros ano 2015 do Programa de Etiquetagem Veicular em seu site. A lista deste ano possui 583 modelos e versões de 36 marcas.

Os testes são feitos em laboratório, simulando as condições da cidade e da estrada. O instituto diz que o consumo percebido pelo motorista pode variar de acordo com as condições de uso.

As notas, de A (menor consumo) a E (maior), poderão aparecer numa etiqueta no carro, como aquelas que existem em geladeiras, se a montadora concordar em utilizá-la. Uma nota é para a comparação do consumo do carro com outros de sua categoria e outra, para a comparação geral.

SUBCOMPACTOS Na categoria dos subcompactos, todas as versões do Volkswagen Up! equipadas com motor 1.0 de 3 cilindros e câmbio manual levaram nota máxima tanto na comparação para a categoria como na pontuação geral. Todas elas têm ar-condicionado.

De acordo com a Inmetro, quando abastecido com etanol, o modelo roda, em média, 9,2 km por litro de combustível na cidade, e 10,2 km/l na estrada. Com gasolina, as médias aumentam, respectivamente, para 13,5 km/ e 14,6 km/l.

Para as versões com câmbio automatizado I-Motion, também com motor 1.0 e ar, o rendimento é o mesmo com etanol, porém, ao utilizar gasolina os valores ficam em 13,2 km/l (cidade) e 14,8 km/l (estrada).

Para o novo Cross Up!, a versão "aventureira" do modelo, a relação com etanol é de 9,1 km/l (cidade) e 10,0 km/l (estrada), tanto com câmbio automatizado, como no manual. Com gasolina, o manual faz 13,4 km/l (cidade) e 14,3 km/l (estrada), enquanto o automatizado atinge 13,1 km/l (cidade) e 14,3 km/l (estrada).

Outro a receber nota máxima AA foi o Renault Clio, que possui motor 1.0 de 4 cilindros e câmbio manual em todas as versões. Segundo o Inmetro, as opções com ar-condicionado fazem, com etanol, 9,1 km/l (cidade) e 9,6 km/l (estrada); se abastecidas com gasolina, as médias ficam em 13,1 km/l (cidade) e 14,3 km/l (estrada).

Para as versões do Clio sem ar-condicionado, a média com etanol é de 9,5 km/l (cidade) e 10,7 km/l (estrada), enquanto, com gasolina, chegam a 14,3 km/l (cidade) e 15,8 km/l (estrada).

Apenas com motor a gasolina e câmbio automatizado, o pequeno Smart Fortwo também levou nota AA na categoria, anotando 13,2 km/l, cidade, de 14,2 a 14,4 km/l, para a estrada. O menor consumo em rodovias vale para a versão de 71 cavalos, enquanto o maior para as de 84 cavalos.

COMPACTOS Entre os compactos, os modelos que receberam nota AA foram Toyota Etios 1.5, Ford Ka 1.0, Nissan New March, Volkswagen Fox BlueMotion e Honda Fit CVT. Todos foram avaliados com ar-condicionado.

Um dos principais lançamentos para o mercado brasileiro em 2014, o Ka, nas versões com motor 1.0 de 3 cilindros, faz, segundo o Inmetro, 8,9 km/l (cidade) e 10,4 km/l (estrada), quando utiliza apenas álcool.
Ao abastecer com gasolina, as médias ficam em 13,0, para trechos urbanos, e 15,1 km/l, ao rodar na estrada.

Para o Fit, as versões que atingiram as notas AA foram as de câmbio automático do tipo CVT, que funciona combinado ao motor 1.5. Quando o etanol for o combustível, a média é de 8,3 km/l (cidade) e 9,9 km/l (estrada); com gasolina, é de 12,3 km/l (cidade) e 14,1 km/l (estrada).

Com motor 1.0 de 3 cilindros e câmbio manual de 5 marchas, o Fox BlueMotion roda 8,8 km/l (cidade) e 9,9 km/l (estrada), isso quando utiliza etanol. Se o combustível escolhido for a gasolina as médias sobem, respectivamente, para 12,7 km/l e 14,4 km/l.

Tanto as opções de motorização 1.0 e 1.6 do Nissan March, agora produzido no Brasil e só utiliza câmbio manual, receberam a classificação máxima em notas do Inmetro quando equipadas. Para o 1.6 com etanol, a média na cidade é de 8,1 km/l e na estrada de 10,0 km/l. Se utilizar gasolina, as marcas mudam, na ordem, para 12,1 km/l e 14,5 km/l.

Já a análise do 1.0 mostra consumo de 8,7 km/l (cidade) e 10,4 km/l (estrada), sempre utilizando etanol. Se a escolha for pela gasolina, as médias vão a 12,5 km/l (cidade) e 14,8 km/l (estrada).

Para completar, o Toyota Etios, com motor 1.5 e câmbio manual de 5 marchas, tem média na cidade de 8,5 km/l e 9,5 km/l na estrada, ao utilizar etanol. Com gasolina, as médias sobrem para 12,2 km/l (cidade) e 13,8 km/l (estrada).

Carro mais vendido no Brasil em 2014, o Fiat Palio levou nota B, tanto na comparação com seus "rivais" na categoria, que inclui o Volkswagen Gol, quanto no geral. Só a versão mais barata, Attractive, foi avaliada, com câmbio manual e ar-condicionado. Com motor 1.0, as médias foram 7,3 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada, quando abastecido com álcool. Com gasolina, 10,8 km/l e 13,6 km/l.

Na 1.4, as médias foram: 7,4 km/l e 9,3 km/l, com etanol, na cidade e na estrada, respectivamente. Com gasolina, 10,8 e 13,5.

O Gol teve 14 versões avaliadas, todas com ar-condicionado, menos a inédita Bluemotion, com motor 1.0. Nenhuma obteve nota AA. As mais básicas, Special, City e Trendline, com motor 1.0, anotaram as seguintes médias, na cidade e na estrada, respectivamente: 7,7 km/l e 9,6 km/l com etanol e 11,6 km/l e 13,9 km/l com gasolina. Levaram nota A na categoria e B no geral. Com as mesmas notas, a Bluemotion teve, na cidade, médias 8 km/l e 10,1 km/l com álcool, e 11,8 km/l e 14,9 km/l com gasolina.

Os equipados com motor 1.6 ficaram com nota B, à exceção das versões Rallye (C na categoria e B no geral) e Rallye i-Motion, com câmbio automatizado (D e C).
MÉDIOS Entre os veículos considerados médios na lista, os que levaram AA foram: Honda City, Nissan Versa reestilizado (que será vendido a partir deste mês), o sedã Ford Ka+ 1.0, Lexus CT 200h, Toyota Prius, Toyota Etios Sedan e Hyundai HB20S 1.0.

Do mesmo modo que a versão hatch, o Ka+, atingiu a nota máxima: com motor 1.0 de 3 cilindros, o carro faz 8,9 km/l (cidade) e 10,4 km/l (estrada), quando utiliza apenas etanol. Ao abastecer com gasolina, as médias ficam em 13,0, para trechos urbanos, e 15,1 km/l, ao rodar na estrada.

Outro modelo entre os "médios" a ficar no patamar AA, o City de motor 1.5 e câmbio CVT obteve média de 8,5 km/l (cidade) e 10,3 km/l (estrada), com etanol. Se a escolha for pela gasolina, os números sobem para 12,3 km/l e 14,5 km/l, respectivamente.

Para todas suas versões, tanto com motor 1.0 com 1.6, o Versa também ficou no nível AA de consumo. De acordo com o Inmetro, o motor 1.6 faz consumo de 8,5 km/l (cidade) e 10,4 km/l (estrada), ao utilizar etanol. Se for com gasolina, as médias ficam em 12,6 km/l (cidade) e 15,2 km/l (estrada).

A mesma avaliação feita para o motor 1.0 mostra médias de 8,6 km/l (cidade) e 10,2 km/l (estrada) para o etanol, enquanto a gasolina fica com 12,4 km/l e 14,8 km/l, na ordem, para cidade e estrada.

Os híbridos Lexus CT200h e Toyota Prius, ambos com a mesma base de motorização que combina eletricidade ao motor 1.8 a gasolina e câmbio CVT, ficam com a nota AA. A média é a mesma para os dois: 15,7 km/l (estrada) e 14,3 km/l (cidade).

Utilizando motor 1.5 e câmbio manual, o Etios Sedã faz média, com etanol, de 8,5 km/l, em trechos urbanos, e 9,5 km/l, ao rodar na estrada. Se utilizar gasolina, os números vão para 12,2 km/l (cidade) e 13,8 km/l (estrada).

Para completar a categoria, o HB20S, com câmbio manual e motor 1.0 de 3 cilindros, faz 12,3 km/l (cidade) e 14,4 km/l (estrada), com etanol. Se mudar para gasolina, as médias ficam em 12,3 km/l (cidade) e 14,4 km/l (estrada).

EXTRA GRANDES O Ford Fusion Hybrid, que possui combinação de um motor a gasolina 2.0 16V e outro elétrico, foi único entre os considerados "extra grandes" a obter classificação AA. Segundo a entidade, o sedã faz 16,6 km/l (cidade) e 15,9 km/l (estrada).

Com essas médias, ele é o carro mais eficiente entre os avaliados na lista de 2015, repetindo o título de 2014.


PIORES MÉDIAS De acordo com o Inmentro, nenhum veículo nas categorias Grande, Utilitário Esportivo Compacto, Utilitário Esportivo Grande, Fora de Estrada, Minivan, Comercial, Carga Derivado e Esportivo alcançou nota máxima AA.

Considerando apenas o desempenho no geral, a pior nota, E, foi dada aos esportivos Ferrari F12 Berlinetta, Maserati Ghibli, Ghibli S, Quattroporte, GranCabrio S, GranCabrio MC, GranTurismo S, Lamborghini Aventador, Lamborghini Huracán, Mercedes-Benz S63 AMG, Porsche 911 Turbo e Turbo S, BMW M4 Coupé e Cabrio, além do Rolls-Royce Ghost, Volvo S60.

Entre os utilitários, levaram E os modelos Mitsubishi L200 Triton 4x2, Pajero 5 portas e Outlander, Kia Sorento, Hyundai Santa Fe 2.5 e 3.4, Audi Q5 e Q7, BMW X4 xDrive 35i, X5 xDrive 35i e X6 xDrive 50i, Jeep Grand Cherokee e Wrangler, Land Rover Range Rover Vogue, Jaguar XJ, Chyrsler Town & Country, Dodge Journey, Volvo XC60 e Jinbei Van e Topic. 

Fonte: http://www.camacarinoticias.com.br/leitura.php?id=283611