Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Carnaval 2015: Carnaval de Salvador homenageia os 30 anos da Axé Music

O Carnaval de Salvador de 2015 fará uma homenagem ao gênero musical que transformou o evento na maior festa popular do planeta. O prefeito ACM Neto, acompanhado do secretário de Cultura e Turismo, Érico Mendonça, e do presidente da Saltur, Isaac Edington, durante coletiva realizada no Hotel Sheraton da Bahia, no Campo Grande, apresentou os detalhes da festa desse ano, que terá como tema os “30 anos da Axé Music”.

Com expectativa de atrair 700 mil turistas, sendo 88% brasileiros e 12% estrangeiros, a festa deve movimentar esse ano R$ 1,5 bilhão, além de gerar 250 mil empregos diretos e indiretos. Já está confirmada a chegada de seis navios, que devem trazer 18 mil turistas.

Tudo isso porque o Carnaval, que acontece oficialmente de quinta a terça-feira (12 a 17 de fevereiro), terá festas dias antes, com o Furdunço, movimento consagrado em 2013, que valoriza os pequenos equipamentos e as manifestações culturais de chão. No domingo que antecede o Carnaval (8), o Furdunço levará à Barra 20 atrações, que seguirão do Clube Espanhol, em Ondina, ao Farol da Barra, sem cordas, a partir das 14h. Participarão do Furdunço do Pré-Carnaval Armandinho, na Fobica, Quabales, Baiana System, Estakazero, Orquestra Jurema, Waltinho Queiroz, Malê, Batifun, entre outros. O movimento toma conta das ruas do Campo Grande na sexta-feira (13), com 27 entidades.


Outra novidade é a Vila Infantil Itaú. O espaço, que será montado na Praça do Campo Grande, terá uma programação voltada para as crianças com contadores de histórias, teatro, dança, circuito de mini bike e oficinas de artes. A Vila Infantil começa a funcionar no final de semana que antecede o Carnaval (6, 7 e 8 – sexta, sábado e domingo) e depois volta a operar durante a folia, a partir da sexta-feira (13) até terça-feira (17), sempre das 10h às 16h. Além do Itaú, renovaram parcerias para o Carnaval a Brasil Kirin e a Itaipava. Agora, a Air Europa reforça o time de marcas que estarão presentes na folia.


O prefeito ACM Neto destacou a ausência de dinheiro público na realização do evento, como já ocorreu no ano passado, o que viabiliza mais investimentos em saúde e educação, por exemplo. “Desde o ano passado, a Prefeitura não coloca dinheiro público no Carnaval. Mesmo sem o patrocínio do governo do estado, mesmo sem o patrocínio da Petrobras, organizamos um Carnaval que se autossustenta do ponto de vista econômico. E esse ano, começaremos a festa no final de semana anterior ao início das festas, com o Furdunço. Estamos, portanto, oferecendo mais atrações aos turistas que poderão antecipar sua chegada à cidade, garantindo maior movimentação econômica e mais geração de emprego”, afirmou.


O presidente da Saltur e coordenador do Carnaval, Isaac Edington, observou que o Pré-Carnaval na Barra, além de movimentar ainda mais festa, promoverá uma ampliação na retenção dos turistas na cidade. “Serão 700 mil turistas e a chegada de seis transatlânticos. Com o Furdunço temos a sinalização de que devemos ampliar a retenção desses turistas na cidade. Essa é uma experiência de algo que deu certo no ano passado e se configura como uma nova dimensão do Carnaval. Em conversas com operadores de turismo identificamos que aqueles turistas que chegavam a Salvador e, imediatamente, se dirigiam ao Litoral Norte, agora fazem o caminho contrário, ou seja, permanecem na cidade, o que é importantíssimo para nossa economia”, acrescentou.


Abertura – Oficializado em 2012, as bandas de sopro e percussão puxando blocos sem cordas e sem trios elétricos tomam conta da Barra, na quarta-feira (11), no Circuito Sérgio Bezerra. Cerca de 30 blocos desfilam do Farol da Barra seguindo em direção ao Cristo, às 19h, logo após a apresentação das orquestras de Fred Dantas, Zé Freitas, Paulo Primo e Benutti, que farão um show denominado “Axé Orquestrado”, em homenagem aos 30 anos da Axé Music, tema do Carnaval 2015.


Na quinta-feira (12), o prefeito entrega as chaves da cidade ao Rei Momo, embalado pelo som de Luiz Caldas celebrando os 30 anos da Axé Music, no Campo Grande. Na sexta-feira (13), a grande expectativa é para a segunda edição do Furdunço, que esse ano terá a participação de 27 atrações, a exemplo da Orquestra de Pandeiros, Mammeto, Alexandre Leão, Paroano Sai Milhó, Fred Menendez e Rixô Elétrico. Já na segunda (16), a Praça da Sé ganhará um toque especial, com o desfile de fantasia de luxo. O evento vai acontecer às 20h.


A partir de sábado (14), seis bairros também terão Carnaval. Além de uma grade atrativa com a participação de grandes nomes da música baiana, toda a infraestrutura com banheiros, palco, barracas e ordenamento de trânsito será montada pela Prefeitura. A festa vai acontecer na Liberdade, Itapuã, Periperi, Plataforma, Boca do Rio e Cajazeiras. Já Piatã terá o tradicional palco do rock. No total, são sete palcos e mais de 150 shows durante os quatro dias de festa.


Estacionamento – Assim como aconteceu na Copa do Mundo, 1,5 mil vagas serão oferecidas aos foliões que pretendem ir aos circuitos de carro. Os estacionamentos vão ser disponibilizados na Arena Fonte Nova e nos shoppings Salvador e Salvador Norte, com cinco linhas de ônibus direto para os locais que concentram as festas. Será cobrado o valor de R$ 25 para ida e volta. Além do estacionamento remoto, 1,8 mil vagas de zona azul serão distribuídas entorno da festa. Mesmo com as vagas, a Prefeitura recomenda que os foliões utilizem o transporte público ou táxis durante o período de Carnaval.


Fortalecimento do Carnaval – As ações que deram certo nas edições anteriores, como os projetos especiais, que levaram grandes atrações a desfilar sem cordas para o folião pipoca, e as arquibancadas para pessoas com deficiência (montada na Piedade), estão confirmadas para 2015. No circuito Osmar (Centro), a geografia da festa vai continuar a mesma, operando a Avenida Carlos Gomes apenas para contrafluxo de algumas entidades, conforme aconteceu em 2014. Para atender a uma solicitação do Conselho Municipal do Carnaval, os blocos de samba, o Traz a Massa e as Muquiranas vão poder utilizar a via nos dias dos seus desfiles.

Também será mantida a Central de Operações do Carnaval (COC), estrutura que reúne representantes dos 12 órgãos da Prefeitura envolvidos com a festa, além dos técnicos das pastas para avaliar as ações durante a folia. A reunião acontece a partir da quinta-feira (12), na sede da Saltur, todas as manhãs, com a participação do prefeito ACM Neto.

Fonte: http://www.camacarinoticias.com.br/leitura.php?id=283775