Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

CCJ aprova 'cota' de 50% para mulheres em Casas Legislativas do país

CCJ aprova 'cota' de 50% para mulheres em Casas Legislativas do país
 
Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado
 
Projeto aprovado nesta quarta-feira (26) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) busca corrigir a escassa participação das mulheres nas Casas Legislativas do país, ao estabelecer um percentual mínimo de 50% das cadeiras para preenchimento para congressistas. A proposta, de autoria da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), alcança a Câmara dos Deputados, as assembleias estaduais, a Câmara Distrital do Distrito Federal e as câmaras de vereadores. Para corrigir a desigualdade entres os sexos na representação parlamentar, hoje a legislação define uma reserva mínima de 30% para candidaturas femininas. A medida já é aplicada pelos partidos há quase 20 anos, mas não trouxe os resultados esperados. As mulheres ainda ocupam menos de 10% dos assentos, embora representem mais de 52% do eleitorado nacional, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com Gleisi Hoffmann, dificilmente o equilíbrio político entre homens e mulheres será alcançado de forma natural. Por isso, ela defende a adoção de medida afirmativa com reserva de cadeiras. A senadora cita ainda que, em uma escala decrescente de participação feminina em câmaras de deputados, em 2011 o Brasil ocupou a 108ª posição entre 188 países, conforme dados da instituição Inter-Parliamentary Union.
 
Fonte:  http://www.bahianoticias.com.br/noticia/163784-ccj-aprova-039-cota-039-de-50-para-mulheres-em-casas-legislativas-do-pais.html