Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Alimentos ficam mais caros no IPP pelo 3º mês, diz IBGE


Alimentos ficam mais caros no IPP pelo 3º mês, diz IBGE
 
Foto: Divulgação/ IBGE
 
Em outubro, os produtos alimentícios ficaram mais caros na porta de fábrica pelo terceiro mês consecutivo. No entanto, a atividade ainda acumula uma queda de 0,74% no ano, dentro do Índice de Preços ao Produtor (IPP) divulgado nesta quinta-feira, 27, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O aumento de 0,99% em outubro foi o maior registrado pela atividade em 2014. Como resultado, o acumulado em 12 meses voltou a ficar positivo, em 0,87%, depois do recuo de 0,90% registrado nos 12 meses encerrados em setembro. No mês, os destaques foram as altas de derivados de soja e sucos concentrados de laranja. Já o leite esterilizado registrou recuo de preços. "Os derivados de soja apresentam aumento de preço, que tem a ver com câmbio, mas também porque a oferta está menor. O momento é de plantio da soja", justificou Alexandre Brandão, gerente do IPP na Coordenação de Indústria do IBGE. "O suco de laranja, é somente questão de câmbio mesmo. No leite, a variação negativa deve-se à oferta grande de vacas leiteiras e aos estoques elevados na indústria", acrescentou. 
 
Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/estadao/noticia/61184-alimentos-ficam-mais-caros-no-ipp-pelo-3-mes-diz-ibge.html