Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

domingo, 5 de outubro de 2014

Hoje é dia de eleição, veja a função de cada cargo que você irá votar

Como é o poder nos estados
Em nível regional, os eleitores escolherão governador, seu respectivo vice e os deputados estaduais. Governador é o mais alto cargo do Poder Executivo nos estados. Cabe a ele cuidar da administração e representar politicamente o estado. É ainda de sua responsabilidade propor leis estaduais que serão votadas nas assembleias legislativas, bem como distribuir os investimentos entre os municípios.
No regime político brasileiro, o governador tem autonomia para organizar um secretariado que trata das mais variadas questões de seu estado. Em nível regional, ele pode tomar diversas decisões e oferecer projetos de lei estaduais, desde que esses não firam os princípios postulados pela Constituição Federal. Caso não administre bem as finanças de seu estado, o governador pode ser julgado por crime de improbidade.
É eleito o candidato a governador que obtiver em primeiro turno 50% mais um dos votos, ou seja maioria absoluta. Caso esta condição não seja satisfeita os dois mais votados concorrem no segundo turno, sendo eleito o candidato que conseguir maioria simples, ou seja, maior votação entre os dois concorrentes.
Os eleitores também escolherão os deputados estaduais. No caso do Estado do Rio, são 70. Estes parlamentares têm atribuições semelhantes a de seus colegas federais, só que em nível regional. São suas atribuições propor e criar leis estaduais seguindo definições impostas pela constituição, bem como fiscalizar a atuação do governador.
De todos os cargos do Poder Legislativo em disputa nesta eleição, o de deputado estadual é o que está mais perto das necessidades da população. Na Assembleia Legislativa são discutidos repasses de recursos e leis que beneficiam diretamente os moradores do estado.
Os deputados estaduais - assim como os federais - são eleitos pelo sistema proporcional. A soma de todos os votos válidos - dados aos candidatos e à legenda - são divididos pelo total de vagas, definindo assim os ocupantes.
Presidente
- Conduz a política econômica do País
- Edita medidas provisórias com força de lei em caráter de urgência
- Aplica as leis aprovadas
- Mantém relações com Estados estrangeiros e indica seus representantes diplomáticos
- Pode decretar o estado de defesa e o estado de sítio
- Pode decretar e executar intervenção federal
- Exerce comando supremo das Forças Armadas, nomeia comandantes da Marinha, do
Exército e da Aeronáutica, promove seus oficiais-generais e pode nomeá-los para os cargos que lhe são privativos
- Pode declarar guerra, no caso de agressão estrangeira, quando autorizado pelo Congresso ou referendado por ele

Senador
- Mantém o equilíbrio federativo entre os estados
- Fiscaliza o Governo Federal
- Autoriza a nomeação de representantes do Judiciário ou de órgãos estatais indicados pelo presidente
- Pode propor, mudar ou anular leis

Deputado federal
- Fiscaliza os atos do Governo Federal
- Pode autorizar, por dois terços de seus membros, a instauração de processo contra o presidente e o vice-presidente da República e os ministros de Estado
- Propõe emendas para destinação de verbas para os seus estados
- Pode propor, mudar ou anular leis

Deputado estadual
- Fiscaliza os atos do Governo estadual
- Pode autorizar, por dois terços de seus membros, a instauração de processo contra membros do Executivo Estadual
- Propõe emendas para destinação de verbas para suas regiões
- Pode propor, mudar ou anular leis estaduais

Governador
- Propõe e executa políticas públicas para o estado
- Mantém controle das polícias Militares e Civis
- Pode propor novas leis
- Distribui o orçamento conforme a necessidade de cada região

Fonte: http://www.ofluminense.com.br/coluna/o-que-faz-cada-politico
Vídeo: Youtube