sábado, 17 de novembro de 2018

Bolsonaro recebe conselhos de Temer sobre problemas do país

O governo Michel Temer aconselhou o governo de transição do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para o forte impacto de altos salários sobre a folha de pagamento do funcionalismo federal.

A atual equipe recomendou a adequação da remuneração do serviço público à praticada pelo setor privado, além de adiar, para 2020, os reajustes programados para 2019.

As medidas buscam conter o crescimento das remunerações dos servidores nos próximos anos. Nas contas do governo, o aumento dos salários do funcionalismo custará só no próximo ano R$ 4,7 bilhões aos cofres públicos.

A equipe de Michel Temer também recomendou ao presidente eleito apenas uma privatização: da Eletrobras e de suas distribuidoras.

Agora parece que Temer e sua equipe agora fazem recomendações e dão conselhos à equipe de Bolsonaro, que ouve atentamente. Essa é a mudança que a população brasileira queria?

Fonte: https://www.plantaobrasil.net/news.asp?nID=102340