Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

sexta-feira, 24 de março de 2017

Por 'analogia' entre 1964 e 2016, centrais sindicais marcam novo protesto contra Temer


Por 'analogia' entre 1964 e 2016, centrais sindicais marcam novo protesto contra Temer
Foto: Reprodução / Google Street View
 
As frentes Brasil Popular (FBP) e Povo Sem Medo (FPSM), lideradas por centrais sindicais, marcaram uma nova mobilização nacional contra o presidente Michel Temer para o dia 31 deste mês. Em Salvador a manifestação acontece a partir de 9h, com uma caminhada entre Campo da Pólvora e Forte do Barbalho. De acordo com o presidente da CUT na Bahia, Cedro Silva, a data e o local do protesto servem como referência ao início do período de Ditadura Militar. "A gente vai relembrar a questão do golpe de 64 fazendo uma analogia com o golpe de 2016", explicou Cedro, em entrevista ao Bahia Notícias. Segundo ele, a escolha pelo Campo da Pólvora como ponto de saída para a caminhada se deve à presença no local de um monumento que lembra os baianos que lutaram contra a ditadura. Além de fazer a analogia entre o momento político de 1964 e o de 2017, Cedro ressaltou que a mobilização envolve também o posicionamento contrário às reformas trabalhista e da previdência. "Vamos manter a base mobilizada. A classe trabalhadora não aceita a perda de direitos", destacou.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/205012-por-analogia-entre-1964-e-2016-centrais-sindicais-marcam-novo-protesto-contra-temer.html