Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

domingo, 16 de outubro de 2016

Operação Hashtag: Suspeito tem morte cerebral após ser espancado na cadeia

Operação Hashtag: Suspeito tem morte cerebral após ser espancado na cadeia
Cadeia Pública de Vargem Grande | Foto: Divulgação / Sejudh
 
Um dos presos durante a operação Hashtag por suspeita de ligação com o Estado Islâmico, Valdir Pereira da Rocha, 36 anos, teve morte cerebral na tarde desta sexta-feira (14) após ser espancado por detentos da Cadeia Pública de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá (MG). Segundo informações do portal G1, a morte cerebral foi confirmada por volta das 15h. A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) afirma que Valdir chegou a ser socorrido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto-Socorro de Várzea Grande, mas teve a morte cerebral decretada cerca de seis horas após a agressão. Caberá à família decidir se os aparelhos deverão ser desligados. Valdir era um dos suspeitos de planejar um ataque terrorista durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. Ele se entregou à polícia no dia 22 de julho e foi encaminhado para o presídio federal de Campo Grande, assim como as outras pessoas detidas durante a operação Hashtag. Segundo a Sejudh, a ação foi contida pelos agentes penitenciários da unidade. A pasta vai apurar se Valdir foi agredido por colegas de cela ou se a entrada de outros presos foi facilitada. A Cadeia Pública de Várzea Grande tem aproximadamente 300 detentos. 
 
Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/197648-operacao-hashtag-suspeito-tem-morte-cerebral-apos-ser-espancado-na-cadeia.html