Veja no Blog

sábado, 3 de outubro de 2015

Número de candidatos transgênero e travestis no Enem aumentou 172%

O número de candidatos transgênero e travestis no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) subiu de 102 no ano passado para 278 este ano, o que representa um crescimento de 172%. A maior parte é do estado de São Paulo, com 89 inscritos, seguido do Rio de Janeiro, com 33. Com a autodeclaração, os candidatos travestis e transexuais podem usar seu nome social no cartão de confirmação da inscrição e no cartão de respostas. O nome civil também será impresso no cartão.  “Encontramos uma solução institucional para atender a um tipo de participante dentro das restrições legais, com o objetivo de acolher a pessoa”, avalia Chico Soares. Entre os atendimentos especializados aos candidatos, a situação mais frequente é a dos sabatistas: 71.195 declararam guardar o sábado, principalmente por motivos religiosos, o que requer tratamento específico. Foram contabilizadas também 10.773 candidatas lactantes somaram e 8.424 gestantes, além de 718 inscritos que farão as avaliações em hospitais. Entre as 11 deficiências ou condições especiais, 21.246 candidatos declararam limitação física, 11.414 informaram baixa visão, 2.521 apontaram dislexia, e 2.110, surdez. Como um mesmo candidato pode declarar mais de uma deficiência ou condição especial,  não é possível determinar quantos candidatos ao todo terão algum apoio específico para fazer a prova.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/179599-numero-de-candidatos-transgenero-e-travestis-no-enem-aumentou-172.html