Veja no Blog

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Ministério Público denuncia duas mulheres pela compra e venda de bebê por R$ 2,5 mil

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) denunciou duas mulheres por suspeita de envolvimento na compra e venda de um recém-nascido. A negociação foi feita por meio do aplicativo de mensagens Whatsapp. De acordo com informações do portal G1, uma das mulheres, de 31 anos, é mãe biológica da criança. O parto aconteceu no dia 31 de agosto em Caruaru. A mãe biológica do bebê foi ouvida em Pernambuco e liberada em seguida – o delegado Pedro Santana de Araújo afirma que ela não demonstrou emoção ao falar sobre o caso. A mulher que comprou a criança por R$ 2,5 mil, residente em Minaçu (GO) foi presa no último dia 8 e está detida no Centro de Inserção Social (CIS) da cidade. O bebê foi encaminhado a uma entidade de acolhimento da cidade e está à disposição da Justiça. A suspeita de ter comprado a criança foi a dois hospitais e obteve a Certidão de Nascido Vivo após afirmar que era mãe biológica da criança, podendo responder por falsidade ideológica.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/179381-ministerio-publico-denuncia-duas-mulheres-pela-compra-e-venda-de-bebe-por-r-25-mil.html