Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Veja o que aconteceu na sessão de hoje da Câmara de Vereadores em Inhambupe















Aconteceu hoje(09) a sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe onde teve a presença de todos os parlamentares, a sessão começou por volta das 18:30hs, onde teve várias indicações como os pedidos de: construção de um muro da escola Helena Barbosa, colocar os letreiro nas escolas municipais com os nomes, pedido de iluminação da AABB até o Mandacaru, Regulamentação da lei dos 15 minutos nos bancos, manutenção da estrada de Santo Antônio, todas essas indicações foram do Vereador Uelson, além da indicação de Cloves que foi o pedido da coleta de lixo na comunidade de Pedreira, Buraco Quente e proximidade da Copener.

O Vereador Cloves falou sobre a sua indicação sobre a Rua Pedro da Silva e Oliveira no qual reclamou sobre a lama e o mau cheiro, ele disse que falou para o sexertario resolver e até o momento nada foi feito, falou também que muitas pessoas querem interditar a rua, falou também que o esporte está uma vergonha, disse que não tem jogos nas quadras, perguntou por que não tem campeonato nas comunidades, disse que o dinheiro vem e não fazem, falou que as estradas estão em péssima situação, citou que as estradas é como saúde, que está bem a estrada passa rapidinho, falou que o Novo Inhambupe está abandonado sem segurança, e dizem que é bairro de gente fraco, pediu para olharem o Novo Inhambupe e Urbis que estão abandonados.

O vereador Humberto falou sobre a falta de pagamento do piso nacional aos Agentes de saúde, disse que o município recebeu mais de 28 milhões de reais até julho do governo federal, falou que as escolas de Km 8 tem o muro caído, a escola da Serragem tem madeira no pátio, disse também que a Secretária não pode fazer, pois não tem a caneta para resolver, falou sobre o credito de 2 milhões e espera que o Prefeito mande alguém para explicar esse credito, disse que está ali para ajudar.

O Vereador Dr. Miguel falou sobre o requerimento sobre o desmatamento do Rio Pequeno, pediu para Uelson informação sobre o posicionamento sobre a denuncia feita, teve o conhecimento que o Secretário de Meio Ambiente esteve no local, disse que o Rio serviu para irrigar pequenos ribeirinhos, disse que causa um prejuízo imensurável, um ato perverso, falou também que tem um multa feita pelo o INEMA que não foi pago até o momento, pediu para designar uma data para construir um projeto de lei orgânica, pois a lei é de 1930 a 1940 e que não atende mais a necessidade atual e pediu uma data para reunir ainda esse ano, cumprimentou a Secretária de Ação Social e na visita teve acesso aos programas do município e ficou contente, no qual ela falou  sobre alguns programas pra ele, como o Peti atende também aos idosos e chamou ela para explicar na Câmara, pois o povo não tem conhecimentos dos programas do município, falou das 26 escolas pesquisada pelo o IDEB apenas 6 alcançaram as metas, falou também dos salários dos agentes comunitários que não foram pago o piso nacional.

O Vereador Eliezer cumpriu o que falou na Sessão anterior e deu a Jeovan os remédios que foram pedidos.

O Vereador Jeovan falou sobre o lixo na entrada da cidade, disse que no dia 28-05-2013 no termo 75/2013 renovou por 12 meses o contratado com a empresa Ecolurb com um valor de um milhão de reais, mesmo com uma redução de 20%, o vereador falou sobre os dois caçambeiros que estão sem receber, falou que as regiões de Lagoa, Encantado e Chapada estão há 25 dias sem água, e o carro-pipa vai 2 vezes na semana que leva água para 300 pessoas, lamentou sobre a morte do vereador Romeu de Aporá, disse que mais de 37 mil já morreram na Bahia por causa da violência, Dai disse que na Comunidade de Campo Grande tem 6 meses sem água, falou que a Primeira dama vem falando nas comunidades se não votarem nos candidatos do PT irão perder os programas sociais do governo, disse também que na Cardosa vem tendo aula na praça, pois o telhado da escola está comprometida, falou também que está na hora de trazer o AABB comunidade já que o nome da cidade está limpo.

O Vereador Marquinhos da Lagoa falou sobre a sua preocupação da educação no município, e espera que seja sanada e vê ausência da gestão do município, falou que está na hora de chamar a secretária de Educação para explicar esse resultado do IDEB, e que seja o norte para melhorar a situação, disse também sobre o silencio dele e falou que gato morto não adianta bater mais, o Vereador Jeovan falou que a APLB deve se posicionar sobre as notas do IDEB.