Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Brasil cai em ranking internacional de competitividade

O Brasil ocupa a 57ª posição no ranking global de competitividade neste ano após perder uma posição desde o ano passado entre os 144 países concorrentes. O levantamento, realizado pelo Fórum Econômico Mundial, aponta para a ineficiência do governo como principal fator de piora entre os anos 2013 e 2014. O estudo reconhece, no entanto, evolução nos quesitos de Educação superior e Saúde. Apesar do decréscimo no ranking, o país continua à frente da maioria de seus parceiros comerciais na América Latina. Contudo, é o quarto colocado entre os Brics – grupo composto pelos países China (28ª colocação), Rússia (53ª) e África do Sul (56ª) – estando mais competitivo apenas do que a Índia (71ª) no grupo. O coordenador do Núcleo de Inovação da Fundação Dom Cabral e responsável pelos dados do Brasil, Carlos Arruda, afirmou que o país precisa fazer reformas, como trabalhista e tributária, urgentes. “Apesar de o Brasil ter feito reformas, elas têm avançado de forma mais lenta do que outros países. O Brasil está fazendo menos do que o que é preciso [...] A comunidade empresarial entende que nada está sendo feito para flexibilizar a legislação trabalhista”, defendeu Arruda. Pioras na poupança bruta, inflação e dívida bruta foram apontadas como contribuinte para o resultado. 

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/159760-brasil-cai-em-ranking-internacional-de-competitividade.html