sábado, 4 de janeiro de 2014

'Existem vários tipos de dieta detox', explica nutricionista sobre regimes pós-festas

Exagerou na bebida e na comida nas festas de fim de ano? Um suco ao acordar e uma sopinha de legumes antes de dormir ajudam a desintoxicar. Certo? Errado! A nutricionista Vanessa Bulcão, membro da Sociedade Brasileira de Nutrição Funcional, explica que o ideal para livrar o organismo das toxinas adquiridas com os excessos consumidos no Natal e no Réveillon é uma dieta desintoxicante de 20 dias, dividida em três partes. “Existem vários tipos de dieta detox: de uma semana, de 15 dias e, a melhor, de 20 a 30 dias”, recomendou, em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com a profissional, a tão falada detox consiste em retirar da dieta, gradualmente, todos os alimentos de origem animal, e utilizar suplementos para repor os nutrientes importantes. “São três partes: A, B e A. Nos primeiros sete dias, deve-se retirar glúten, leite e derivados e alimentar-se de peixes, ovos, azeite de oliva, semente de chia, linhaça e oleaginosas sem sal, como amêndoas, castanhas e nozes. E preferir sempre os alimentos orgânicos. Na segunda semana, retirar completamente os alimentos de origem animal, inclusive ovos, e suplementar os aminoácidos. Nos sete dias seguintes, retomar a dieta da primeira semana”, prescreveu Vanessa. Se você ainda está animado com as festas de verão e vai continuar com o pé na jaca até o carnaval, a dica da nutricionista é alternar os momentos de excesso com uma alimentação que estimule a desintoxicação do fígado. “Ao acordar, o ideal é já tomar um suco verde e consumir alimentos para estimular o fígado a eliminar os efeitos das porcarias. Durante o dia, indico consumir folhosos verde-escuro, como couve e brócolis; própolis; abacate e açaí. Chás de hibiscus, verde ou de silimarina também preparam o corpo para novos exageros. Para não ficar inchado, é importante evitar comidas industrializadas, que contêm sódio, e preferir raízes e frutas”, aconselhou. No suco verde detox receitado por Vanessa Bulcão não podem faltar abacaxi, lima ou limão; couve orgânica – “tem que ser orgânica!” ; hortelã, gengibre e salsão.
Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/saude/alimentacao/476-039-existem-varios-tipos-de-dieta-detox-039-explica-nutricionista-sobre-regimes-pos-festas.html 

Um comentário:

  1. Olha, eu estive procurando sobre esse assunto na internet e encontrei um vídeo de um personal trainer que mostra técnicas muito boas para emagrecer e chapar a barriga, eu tenho feito essas técnicas a exatos 8 dias, e hoje pela manha eu me pesei e já estou 3,8 k mais magra, eu estava pesando 72,6k e hoje 8 dias depois estou com 68,8k e isso sem ir para a academia sem comprar nem um equipamento e comento e fazendo tudo o que fazia antes, eu só tenho que titicar 4 minutos do meu dia com as técnicas, não estava levando muita fé no começo mais como vi muitos depoimentos positivos sobre o personal trainer resolvi testar, e agora estou assim :-) feliz, hoje pela manha assim que vi o resultado na balança tirei uma foto é postei no face para que todos os meus amigos e amigas possam também ter os resultados que eu estou tendo, da uma olhada la no site:
    http://www.fimdadietadukan.com.br
    e assiste o vídeo do personal trainer, esse cara merecia um premio por colocar um vídeo com um conteúdo tão bom assim disponível na internet, e o melhor free
    www.fimdadietadukan.com.br


    ResponderExcluir