segunda-feira, 2 de julho de 2018

Bélgica sua, mas vira o jogo contra Japão e enfrenta o Brasil nas quartas de final

A Bélgica começou perdendo por 2 a 0 no segundo tempo, mas conseguiu a virada no último lance do jogo. Os belgas bateram o Japão por 3 a 2 nesta segunda-feira (2), na Arena Rostov, em Rostov, pelas oitavas de final. Vertonghen, Fellaini e Chadli fizeram os gols da vitória da Bélgica. Haraguchi e Inui marcaram para o país asiático.

Classificada, a Bélgica será a adversária do Brasil nas quartas de final. A partida está marcada para a próxima sexta-feira (6), às 15h no horário de Brasília, na Arena Kazan. O vencedor deste confronto vai encarar Uruguai ou França na semifinal da Copa.

O JOGO

Após pressionar a Bélgica, o Japão conseguiu a bola após erro adversário e o primeiro chute a gol da partida foi dos asiáticos pouco antes de completar o primeiro minuto após o apito inicial. Kagawa recebeu na entrada da área, puxou para o meio e bateu. A bola passou com perigo ao lado da meta de Courtois.

Apesar de ter pleno domínio da partida, a Bélgica não conseguiu encaixar jogadas mais agudas que levassem perigo ao gol japonês. Lukaku e Kompany conseguiram finalizar, mas pressionados pela marcação, os chutes saíram inofensivos. Enquanto que o Japão tentava sem muito sucesso chegar à intermediária do campo adversário tocando a pelota e dando chutões quando pressionados pela avançada marcação belga.

Aos 24 minutos, Mertens descolou bom cruzamento da direita. Lukaku brigou pela bola, mas não conseguiu finalizar devido a pressão da marcação da defesa japonesa que conseguiu afastar o perigo. Dois minutos depois, após bate e rebate, Hazard dominou a bola, cortou para a esquerda e soltou a bomba para defesa do goleiro Kawashima. Mas foi aos 27 que Kompany quase marcou. Ele aproveitou escanteio cobrado na segunda trave e conseguiu desviar na saída do arqueiro nipônico.

Depois foi a vez do Japão chegar bem no ataque aos 29. Após falha do lateral Meunier, Kagawa tocou de calcanhar para o cruzamento de Nagatomo, mas o cabeceio do atacante saiu fraco e Courtois encaixou a bola.

Aos 43 minutos, Courtois deixou a torcida belga de cabelo em pé. No ataque japonês, após desvio, o goleiro se abaixou para pegar a bola, mas deixou ela passar por baixo de suas pernas. Porém, o camisa 1 conseguiu se recuperar no lance ficando com a pelota que vinha rolando lentamente e evitou um frango.


Segundo tempo

O jogo recomeçou como no primeiro tempo, com a primeira iniciativa do Japão. No entanto, a marcação belga cortou o lançamento. Porém, aos três minutos, Inui armou contra-ataque com Kagawa, que fez boa enfiada para Haraguchi. Vertonghen não conseguiu cortar e o camisa 8 japonês bateu no canto de Courtois e balançou as redes. Bélgica 0 a 1 Japão.

A resposta belga veio logo em seguida com Hazard. O camisa 10 recebeu de Mertens e soltou a bomba acertando a trave japonesa.

A Bélgica tomou outra ducha gelada em Rostov. Aos sete minutos, Kagawa dominou com estilo, se livrou da marcação e tocou para Inui. Ele encheu o pé na entrada da área no canto esquerdo de Courtois ampliando o placar. Bélgica 0 a 2 Japão.

Aos 16, Meunier fez o cruzamento e Lukaku cabeceou com perigo. A bola passou perto da trave direita de Kawashima. Mas dois minutos depois, os japoneses, se sentindo confortáveis e confiantes no jogo, chegaram na pequena área de Courtois trocando passes e por pouco não fizeram o terceiro gol.

A Bélgica diminuiu o placar aos 24 minutos. No bate e rebate após cobrança de escanteio, a bola sobrou com Vertonghen que, de cabeça, encobriu Kawashima marcando o primeiro gol belga. Bélgica 1 a 2 Japão.

Os belgas continuaram a pressão sobre os japoneses. Quatro minutos depois, Hazard fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para o miolo da área. Fellaini subiu e testou para o fundo do gol de Kawashima para igualar o placar em Rostov. Bélgica 2 a 2 Japão.

Com a igualdade no placar, os dois times passaram a buscar ainda mais o ataque. O Japão teve boa chance com Honda que quase marcou o terceiro aos 38. A Bélgica teve duas oportunidades a primeira com Chadli e a segunda com Lukaku no mesmo lance. Mas o goleiro Kawashima fez duas grandes defesas evitando a virada dos europeus aos 40.

Contra-ataque puxado depois do escanteio do Japão, De Bryne sai na velocidade, abre com Meunier, que cruza na área. Lukaku dá o corta-luz e deixa Chadli na medida só para empurrar para o gol aos 48 minutos. Bélgica 3 a 2 Japão.

FICHA TÉCNICA
Bélgica 3x2 Japão
Copa do Mundo – oitavas de final
Local: Arena Samara, em Samara (Rússia)
Data: 02/07/2018 (segunda-feira)
Horário: 15h (de Brasília)
Árbitro: Malang Diedhiou (Senegal)
Assistentes:  Djibril Camara e El Hadji Samba (ambos do Senegal)
Cartão amarelo: Shibasaki (Japão)
Gols: Vertonghen, Fellaini e Chadli (Bélgica) / Haraguchi e Inui (Japão)


Bélgica: Courtois; Alderweireld, Kompany e Vertonghen; Meunier, De Bruyne, Witsel e Carrasco (Chadli); Mertens (Fellaini) e Hazard; Lukaku. Técnico: Roberto Martínez.

Japão: Kawashima; Sakai, Yoshida, Shoji e Nagatomo; Hasebe, Shibasaki (Yamagushi), Haraguchi (Honda), Kagawa e Inui; Osako. Técnico: Akira Nishino.

Fonte: https://www.bahianoticias.com.br/esportes/noticia/48313-belgica-sua-mas-vira-o-jogo-contra-japao-e-enfrenta-o-brasil-nas-quartas-de-final.html