Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

terça-feira, 13 de junho de 2017

Com direito a gol relâmpago, Brasil passeia no 2° tempo e goleia a Austrália


Com direito a gol relâmpago, Brasil passeia no 2° tempo e goleia a Austrália
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
 
 O Brasil fez as pazes com a vitória. Depois de perder para a Argentina, a equipe comandada pelo técnico Tite passeou no segundo tempo e goleou a Austrália por 4 a 0, nesta terça-feira (13), em Melbourne (AUS). O primeiro gol saiu tão logo foi dado o apito inicial do árbitro, aos dez segundos de jogo, através do atacante Diego Souza. Os outros três tentos saíram na etapa final. O segundo foi de Thiago Silva, de cabeça, aos 16 minutos e o terceiro com Taison, aos 29. Diego Souza, que abriu o placar, fechou a noite de gala brasileira.

O próximo compromisso do Brasil será pelas eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. A Seleção vai encarar o Equador no dia 31 de agosto, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Na sequência, no dia 5 de setembro a equipe de Tite visita a Colômbia. Já calssificada para o Mundial que acontecerá na Rússia, o time Canarinho é o líder com 33 pontos, contra 24 da Colômbia, segunda colocada.

JOGO

Assim que o árbitro deu início à partida, aos dez segundos de jogo, Giuliano roubou a bola dos australianos, que haviam dado a saída. Ele avançou e tocou para Diego Souza na direita. O atacante do Sport bateu firme e abriu o placar.

Na cobrança de falta, cinco minutos depois do gol, a Austrália respondeu com um lance perigoso. Wright levantou a bola na área e Cahill conseguiu sair da marcação e apareceu livre para finalizar. Apesar do jogador australiano tocar para fora, a arbitragem assinalou um impedimento, invalidando a jogada.

Com a desvatagem no placar, os donos da casa passaram a tomar a iniciativa e criar mais chances de gols. Enquanto que o Brasil, ficou jogando em cima dos contra-ataques, mas sem conseguir sair muito no ataque.

Aos 23 minutos, Diego Souza ganhou pela direita e chegou na linha de fundo. Ele cruzou para a pequena área, Douglas Costa apareceu para finalizar, mas só conseguiu desviar de leve a bola, que passou na frente do gol de Langerak.

Aos poucos o Brasil começou a se soltar e mostrar um belo futebol de se ver. Dez minutos depois, Alex Sandro avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Diego Souza deu um toque de letra, mas no desvio de Paulinho, a bola acabou subindo e passando por cima da meta australiana.

Segundo Tempo

Sem alterações, as duas equipes voltaram do vestiário. O Brasil reiniciou a partida um pouco mais ofensivo. Mas aos 12 minutos, o técnico da Austrália resolveu trocar três jogadores. Já Tite, aproveitou o ensejo, só que foi um pouco mais comedido. Ele colocou apenas Taison no lugar de Douglas Costa.

O Brasil ampliou o placar quatro minutos depois das substituições. Na cobrança de escanteio de Philippe Coutinho, David Luiz subiu e cabeceou na trave. No rebote, Rodrigo Caio, sem ângulo, escorou para o lado e Thiago Silva marcou de cabeça o segundo gol do jogo.

Willian entrou no lugar de Coutinho e logo no primeiro toque na bola aos 25 minutos, ele avançou em velocidade e tocou para Diego Souza. O goleiro australiano salvou. Três minutos depois foi a vez de Taison ser lançado e, de novo, Langerak salvar. Mas água mole e pedra dura, tanto bate até fura. No minuto seguinte o Brasil chegou ao terceiro gol. Paulinho tabelou com Willian na pequena área e de calcanhar toca para Taison. O atacante do Shakhtar não desperdiçou a segunda oportunidade e balançou a rede.

O Brasil ainda tentou fazer o quatro gol. Jogando fácil e bonito, o time até criou boas chances, principalmente com Alex Sandro e Taison, mas esbarrou no goleiro e na defesa da Austrália. Enquanto que os donos da casa ficaram acuados sem conseguir quase nenhuma investida mais aguda à meta de Diego Alves. Mas aos 48 minutos, Diego Souza fechou a goleada de cabeça em cobrança de escanteio

FICHA TÉCNICA
Brasil 4x0 Austrália
Amistoso Internacional
Local: Estádio de Melbourne Cricket Ground, em Melbourne (AUS)
Data: 13/06/2017
Horário: 7h05 no horário de Brasília (19h no horário local)
Árbitro: Mark Clattenburg (ING) 
Assistentes: Ian Hussin e Gary Beswick (ambos da ING)
Cartões amarelos: 
Gols: Diego Souza, duas vezes, Thiago Silva e Taison (Brasil)
 
Brasil: Diego Alves, Rafinha, Thiago Silva (Jemerson), Rodrigo Caio e Alex Sandro; David Luiz (Fernandinho); Paulinho (Renato Augusto), Philippe Coutinho (Willian), Giuliano (Rodriguinho) e Douglas Costa (Taison); Diego Souza. Técnico: Tite.
 
Austrália: Langerak, Sainsbury (Irvine), Milos Degenek e Wright (McGowan); Milligan e Luongo (Mooy); Leckie (Hrustic), Troisi, Behich e Kruse; Cahill (MacLaren). Técnico: Ange Postecoglu.
 
Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/esportes/noticia/44521-com-direito-a-gol-relampago-brasil-passeia-no-2-tempo-e-goleia-a-australia.html