Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Veja como foi a Sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe (09-05-2017)

 
















A sessão da Câmara dessa terça-feira(09) começou exatamente às 18 horas e terminou por volta das 20 horas, onde teve a presença da grande maioria dos parlamentares, com ausência de Inha da Lagoa e Uelson.
O Vereador Dai pediu que melhore as estradas da zona rural, e também coloquem lâmpadas nos postes, falou que Nena é um bom Prefeito e quer as coisas certas.
O Vereador Osvaldinho falou que os parlamentares precisam do apoio do povo e que compareça as sessões, falou da importância da lei orgânica, lembrou que é preciso que o povo faça o recadastramento biométrico, para as eleições do ano que vem e que agora será obrigatório.
O Vereador Zé de Dite falou sobre o seu projeto de Lei e que o parecer é um cópia tirada da internet e serve para calar a voz da música, falou que o Projeto que intitulou “Neto Lima” não irá acarretar custos para o município, e que irá crescer a cultura do município, falou da sua tristeza e conta com o voto de todos.
O Vereador Eliezer lembrou do dia das mães que tinha bingo com prêmios, e que era promovido pelo o ex-diretor de cultura Cosminho, falou que Zé de Dite quer valorizar os artistas inhambupenses e no final elogiou o trabalho de Eduardo da garagem que vem trabalho um ótimo trabalho na melhoria das estradas.
O Vereador Gleibson iniciou sua fala citando o salmo 23, falou da audiência pública sobre a lei orgânica onde ele é o Presidente da Comissão e que precisa de uma lei que seja atual, falou da máquina para consertar as estradas que só tem uma patrol e que precisa adiantar antes da chuva e terminou falou do projeto de Zé de Dite que precisa de algumas ressalvas.
A demora da sessão foi por causa do Projeto de Lei de Zé de Dite sobre a obrigatoriedade de contratação de artistas locais para as festas particulares e públicas, muitos disseram que essa lei era inconstitucional e o jurídico da casa confirmou, no final das contas o Vereador Zé de Dite mesmo não gostando, pediu que fosse analisado pela a casa e retornasse em breve.
No final o Projeto foi retirado para fazer algumas ressalvas.