Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

sábado, 20 de maio de 2017

Quase 2.000 candidatos de 28 partidos teriam recebido propina da JBS, aponta delator


Quase 2.000 candidatos de 28 partidos teriam recebido propina da JBS, aponta delator
Foto: Reprodução / PGR 
 
O diretor da JBS, Ricardo Saud, fez uma relação com os nomes de todos os políticos para que a empresa pagou propina, direta ou indiretamente. Ao todo foram quase R$ 600 milhões desmembrados para 1.829 candidatos de 28 partidos. Com a quantia, a empresa teria conseguido eleger 179 deputados estaduais de 23 estados e 177 deputados federais de 19 partidos, além de 16 governadores, sendo 4 do PMDB, 4 do PSDB, 3 do PT, 2 do PSD, 1 do PP e 1 do PSB. Com relação ao senado, 28 senadores federais teriam recebido propina da JBS, alguns que disputavam para o cargo de governador estaduais, outros que queriam se reeleger e outros corriam pela eleição na casa. O empresário fez questão de destacar que dos R$ 600 milhões, apenas R$ 15 milhões não eram propina. "Tudo é propina", alertou. A relação com nomes de partidos, valores, cargos, entre outras informações, foi entregue aos investigadores. Saud destacou, ainda, que todos os candidatos que receberam propina tinham conhecimento do processo. "Se ele recebeu o dinheiro ele sabe que de um jeito ou de outro foi propina", disse o empresário.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/207457-quase-2000-candidatos-de-28-partidos-teriam-recebido-propina-da-jbs-aponta-delator.html