Veja no Blog

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Com um a menos, Bahia sai na frente mas sofre virada para o Vitória no Barradão

Com um a menos, Bahia sai na frente mas sofre virada para o Vitória no Barradão
por Júlia Belas
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias
 
O Vitória saiu atrás, mas buscou o resultado e garantiu uma boa vantagem nas semifinais da Copa do Nordeste ao vencer o Bahia por 2 a 1. Com gols de Euller e André Lima, o rubro-negro aproveitou o fato de o Bahia ter um jogador a menos desde os 19 minutos do primeiro tempo para garantir a virada. As duas equipes voltam a se enfrentar na Arena Fonte Nova, no próximo domingo (30), a partir das 16h. Com o resultado, o Bahia precisa de um triunfo simples para garantir a vaga na final; já o Leão pode empatar o duelo fora de casa e terá disputar o título contra o vencedor de Santa Cruz x Sport.

Esquadrão abre o placar

O tricolor abriu o placar logo no primeiro lance de perigo da partida, aos cinco minutos do primeiro tempo. O atacante Allione cobrou o escanteio e Edson subiu sozinho para cabecear no canto direito de Fernando Miguel, sem chances para o arqueiro rubro-negro.

Bahia com um a menos

Após uma falta cometida em David, Hernane sentiu o joelho e teve que deixar o clássico mais cedo. Devido ao lance, o camisa 9 do Esquadrão levou o terceiro cartão amarelo e não poderá disputar o jogo de volta da semifinal no próximo domingo (30), na Arena Fonte Nova.

Hernane foi substituído por Gustavo, mas a situação do Bahia piorou. Em seus primeiros minutos em campo, o camisa 21 foi expulso ao deixar o cotovelo e atingir o rosto de Kanu. O zagueiro rubro-negro saiu sangrando do lance e o atleta tricolor foi expulso aos 19 minutos da primeira etapa. Após a expulsão, jogadores das duas equipes se envolveram em uma discussão, mas a briga foi apartada.

Leão pressiona e empata

Após quase 20 minutos de pressão rubro-negra, o Vitória empatou o duelo com um cabeceio de Euller. O goleiro do Bahia, aos 38 minutos, estava adiantado e não conseguiu impedir o empate.

Aos 40 minutos, Willian Farias levou perigo para os rivais. O rubro-negro mandou a bola no travessão de Jean. A bola chegou a bater na linha do gol, mas não entrou. Menos de um minuto depois, Euller pegou uma sobra do goleiro do Bahia e, com o gol vazio, perdeu a chance de virar a partida e chutou para fora.

Virada do Leão

Com cinco minutos do segundo tempo, após três cobranças de escanteio consecutivas, André Lima alcançou a sobra de bola na pequena área e não hesitou em virar o placar para os rubro-negros. Com o triunfo e a torcida em seu favor, o Vitória passou a pressionar ainda mais os rivais.

O Bahia buscava jogo e tentava empatar, mas não conseguia superar o fato de ter um jogador a menos. Aos 15 minutos de jogo, Zé Rafael e Edigar Junio conseguiram chegar à entrada da área, mas o chute do meia tricolor foi por cima do gol de Fernando Miguel.

Apagão no Barradão

O atacante André Lima teve que deixar o campo com dores musculares e o técnico Argel Fucks havia queimado as três alterações. No entanto, devido à queda de energia em duas das torres de refletores no Barradão, aos 42 minutos do segundo tempo, o rubro-negro teve tempo de se recuperar e voltar a campo para os minutos finais. Após os três minutos regulares e os quatro minutos de acréscimos, o jogo foi encerrado com o triunfo rubro-negro.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Bahia
Copa do Nordeste – Semifinal (jogo 1)
Local:
Estádio Manoel Barradas, em Salvador
Data: 27/04/2017 Horário: 20h30 Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN) Assistentes: Lorival Candido das Flores e Luis Carlos de França Costa (RN) Cartões amarelos: André Lima e Kanu (Vitória), Hernane e Edson (Bahia) Cartão vermelho: Gustavo (Bahia) Gols: Euller e André Lima (Vitória), Edson (Bahia)
 
Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Fred e Geferson; Willian Farias, Bruno Ramires e Cleiton Xavier (Paulinho); David (Pineda), André Lima e Euller (Dátolo). Técnico: Argel Fucks.
Bahia: Jean; Éder, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Edson (Juninho), Renê Júnior e Régis (Zé Rafael); Allione, Edigar Junio e Hernane (Gustavo). Técnico: Guto Ferreira.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/esportes/vitoria/16813-com-um-a-menos-bahia-sai-na-frente-mas-sofre-virada-para-o-vitoria-no-barradao.html