Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Veja como foi a Sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe (03-05-2016)
















A sessão da Câmara teve uma grande quantidade de professores na assembleia da casa que durou por volta de 17h17min e durou 2h17min.
O Vereador Marcos falou sobre a greve dos professores e que a categoria mostra que vem fazendo o papel dos vereadores, falou que a classe está de parabéns e falou que a situação das escolas é deplorável e que os professores merecem o seu aumento, falou que a Secretária nunca aparece e não foi protocolado nenhum tipo de denuncia, chamou os vereadores a apoiar a causa, disse que os professores vêm conseguindo vencer os professores pelo o cansaço.
O Vereador Jeovan falou sobre a nota de esclarecimento da Prefeitura que contesta a greve que tenta desqualificar o movimento dos professores, falou que a nota é uma breve maquiagem, disse que precisa os vereadores precisa se comportar como representante do povo e não da gestão, disse que esse muitos vereadores terão dificuldades em pedir votos nas eleições, citou que tem cargos no município que não existe como exemplo de ascensorista que é um cargo que trabalha em elevadores, falou que o legislativo faz sua parte.
O Vereador Fabrício falou da importância da ALB  e que todos sabem da situação do município, e pelo o jeito que está indo pode acabar em pizza se não partir para o profissionalismo, tem que ter uma posição e assinar um termo e procurar o Ministério Público para resolver essa situação.
O Vereador Uelson falou que a vida dos professores de Inhambupe, onde várias vezes não tiveram uma posição da Câmara e o professor não foi respeitado e maltratado pela a Secretária de Educação, irá pedir uma ação escrita ao Ministério Público em defesa do professor,  disse que a Secretária de Educação não tem educação pelo o povo de Inhambupe e ainda quer aumentar a carga horária do professor que briga pela a estrutura da escola, pela a merenda escolar, pelo o material didático, onde pede respeito.
O Vereador Dr. Miguel falou sobre os problemas graves das agencias bancárias e que muitos idosos estão perdendo dinheiro pedindo algumas pessoas para que tragam dinheiro de sua aposentadoria de Alagoinhas, a cidade vive uma insegurança, não tem prefeito e os vereadores precisam tomar uma direção e resolver, falou que o calendário escolar que até o momento só teve 23 dias letivos, os alunos no prejuízo e os professores com salários cortados, disse que o Prefeito não resolve a situação da greve e acha graça, falou que todas as profissões se passa pelo o professor, parabenizou a Professora Janete que é a coordenadora da APLB que cumpriu toda a legalidade da greve, parabenizou a classe pela a coragem.

Terminou a Sessão e teve a reunião entre Janete que falou os motivos da greve e os vereadores que fizeram uma discussão de quase uma hora sobre a situação da Educação do município perante a greve.