Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Nota de Esclarecimento da Secretaria de Educação de Inhambupe sobre o vídeo de Leda Mattos

A Secretaria Municipal de Educação de Inhambupe vem esclarecer à população dúvidas que pairam a respeito de um vídeo publicado no Facebook pela senhora Leda Mattos, onde a mesma expõe seu filho e diz que o mesmo está sendo impedido de frequentar a escola, atribuindo a culpa ao prefeito Benoni Leys e à secretária da Educação Iranilda Figueiredo, de forma desrespeitosa.
Inicialmente, cumpre destacar que a Lei 12.764, de dezembro de 2012, institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa portadora de TEA (Transtorno do Espectro Autista), estabelece diretrizes para sua consecução e assegura o acesso à educação, mas não garante que familiares escolham o cuidador.
Vale salientar também que os direitos da criança em questão estão sendo respeitados, e não violados, como tenta confundir a opinião pública a Sr.ª Leda Mattos.
É sabido por todos que o país vem atravessando uma crise financeira que tem afetando diversos municípios e Inhambupe não está fora deste contexto. Devido ao agravamento desta crise, o prefeito Benoni Leys, responsavelmente em busca de manter o equilíbrio das contas públicas, foi obrigado a tomar uma série de precauções, a exemplo do cancelamento de todos os contratos temporários no último dia 28 de agosto.
A Creche Municipal, por sua vez, também sofreu redução no seu quadro de contratados, mas prontamente foi colocada uma outra profissional do quadro efetivo para fazer o acompanhamento da criança. A creche municipal possui cerca de 80 servidores efetivos, com 35 auxiliares de classe.
Mas, de forma intransigente e pessoal, a Sr.ª Leda Mattos não aceita outra cuidadora–auxiliar para acompanhar seu filho e a mesma vem fazendo exigência junto a Secretaria de Educação quanto à recontratação da ex – cuidadora que acompanhava seu filho alegando que o mesmo não se adapta a outra cuidadora, mas nunca deu oportunidade para essa nova adaptação. Dessa forma, a criança acabou ficando um período sem frequentar a escola.
A Secretaria de Educação, sensível a causa da inclusão no município, sediou recentemente a IV Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em conjunto com os municípios de Araçás, Alagoinhas, Cardeal da Silva, Esplanada, Itapicuru, Ouriçangas, Olindina e Sátiro Dias, no qual foram discutidas ações pertinentes para o atendimento das pessoas com deficiência nos municípios, e essas ações serão levadas para a Estadual e Nacional.
A Administração municipal, preocupada com o crescimento de dados coletados em relação à criança com deficiência intelectual na rede, promoveu palestras em algumas escolas discutindo a deficiência intelectual. Vem fazendo também formação na área de Inclusão para 40 professores, que acontece às quintas-feiras na Escola Dr. Luís Coelho.
A secretaria de Educação também foi parceira do Seminário Sobre Transtorno do Espectro do Autismo e Deficiência Intelectual e promoveu palestra sobre o tema “A inclusão pede passagem” e orientou atividades para comemorar a Semana da Pessoa com Deficiência.
Está em processo de implantação salas de recursos multifuncionais nas escolas Dep. Fábio Souto (Lagoa) e Agenor Batista (Colônia). No próximo ano será instalada a da Escola Dr. Sátiro Dias e como também está em processo de implantação o Núcleo de Inclusão que tem o objetivo de promover o atendimento, o desenvolvimento e a inserção efetiva das pessoas com deficiência nas escolas da rede municipal.
Por fim, a secretaria reitera sua intenção de manter o diálogo aberto e se coloca à disposição da família da criança em questão a fim de encontrar uma solução racional e factível para o problema.
IRANILDA FIGUEIREDO SILVA BATISTA
Secretária Municipal de Educação e Cultura
 Fonte: https://prefeituradeinhambupe.wordpress.com/