Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Veja como foi a sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe (20-10-2015)










A noite dessa terça-feira(20) na sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe começou por volta das 17h19mim e durou cerca de 1h14mim, onde teve poucas pessoas para assistirem o que falam os vereadores.

O Vereador Dr. Miguel cobrou uma data para que entregue os títulos de cidadania inhambupense na oportunidade o Presidente Querido falou que na próxima sessão irá decidir uma data, o Vereador Dr. Miguel deu a sugestão que esses títulos fossem entregues agora em novembro no dia 15, falou também sobre a Lei orgânica da casa que precisa ser reformulada já que a mesma que tem muitos anos, falou também que é necessário convocar a Secretária de Ação Social para que ela informe sobre o abandono do Projeto “Minha Casa, minha vida” que está em abandono no Bairro do Novo Inhambupe e espera que as pessoas contempladas possam entrar e concluir as obras, falou também que o preço do gás de cozinha que tem a empresa Liquigás que falou se os vereadores se unirem pode vender o gás por apenas R$ 40, falou que em Aporá e Crisópoles o gás curta apenas R$43 e em Inhambupe que chega o valor de R$ 62, e se alguém ligar para a empresa Liquigás em nome do Vereador Dr. Miguel a empresa vende por R$ 43. Falou sobre os medicamentos da Universidade de São Paulo que é necessário que o município adquira para salvar vidas, nem que seja com a urgência da justiça federal, falou que o projeto de redução dos salários dos vereadores, Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários será incluído na pauta na próxima sessão, agradeceu aos vereadores Jeovan e Marcos que irão apoiar e a outros vereadores também, pois é um projeto no qual o vereador que votar a favor é por que ama a sua terra.

O Vereador Jeovan falou que o projeto deve ser analisado, falou também que segundo a APLB o município já está perdido o ano letivo e nessa quarta será paralisação e todos tem o conhecimento da atual situação que passa o município, disse que na próxima sexta irá sair o Secretário de Meio Ambiente Nélio e a Secretária de Saúde Wilma, disse que o município tenta tapar o buraco e chamou a todos para a paralisação.