Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Veja como foi a Sessão da Câmara de Vereadores dessa terça (06-10-2015)







A sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe dessa terça começou às 17h15min e durou cerca de 2h03min, contou com a presença de todos os vereadores.
O Vereador Dr. Miguel falou que nos grupos de rede sociais informaram que 95% dos vereadores aprovam a gestão, essa informação não representa a realidade e que cada vereador tem sua opção, essa informação é irresponsável, disse que não faz parte do governo e nunca fez, disse que está indignado com o Setor de Educação do município, falou que o transporte não aparece para pegar os alunos, a educação é a base para o crescimento do município, falou que não é diferente com os funcionários efetivos e disse que sempre acompanhou os governo de Leônidas, Simone e Euberto e sempre pagaram os funcionários em dias e nesse governo sempre tem atrasos, na gestão de Euberto o professor foi valorizado e na atual gestão sempre tem atraso de salário, disse que a reforma da Prefeitura irá custar mais de R$ 300 mil e que seria melhor pagar os salários atrasados, disse que não está concordando com a gestão que tem lixo de todo o lado, que o sonho inhambupense está indo embora com esse grupo da reconstrução, Inhambupe sempre foi uma cidade limpa, tem o dever de fazer Inhambupe uma cidade melhor para se viver, falou que os vereadores precisa se mobilizar com o preço do botijão de gás que pode chegar a R$ 55 e que Olindina e Crisópoles pode chegar a R$ 40.
O  Vereador Eliezer falou que é o mesmo  gás de Olindina é o de Inhambupe e por que o preço diferente, falou que o calçamento do  Formoso que começou na gestão passada terminou por causa que o Prefeito da época não se reelegeu, falou dos banheiros do Mercado de Cereais que era para terminar há pouco tempo e nada por enquanto e terminou falando que tem contratados com salários atrasados por mais de 3 meses.
O Vereador Jeovan falou das eleições do Conselho Tutelar que felizmente saíram cinco vencedores que foram: David, Darcilene, Hélia, André e Edleuza; falou que quase 3 mil participaram das eleições, disse que a Maternidade de Pojuca permanece e agradeceu o apoio dos vereadores, falou da dificuldade de saber o que estava escrito em uma receita por um médico da Emergência e que nenhum lugar foi reconhecida a letra do profissional, disse que a regulação na saúde da Bahia é algo aterrorizante, falou que o Brasil é uma democracia que não existe, e disse que o 13º salário não será pago de forma alguma aos funcionários da Prefeitura.
O Vereador Marcos falou que foi abordado por um pai de família com a preocupação da falta de professores na sala de aula, falta de merenda, falta de transporte, que muitos contratados estão tirando licença e que não receberam os seus salários que estão atrasados, falou que é importante que o Sindicato dos professores venha para a Câmara para defender os alunos, falou que o sindicato tirou proveito da situação e sumiram, falou que o sindicato não usou a bandeira verdadeira e sim os seus interesses quando estive na Câmara, disse que a situação dos alunos tem o problema nos professores, no município e de toda a sociedade, os mais justo e decente é que o Prefeito renuncie é um voto de compromisso.

O Vereador Dai falou que a cidade está abandonada e o lixo tomando conta, tem buracos que já tem um mês com galhos no meio da rua, a Creche é uma vergonha, sendo um lugar que passa por uma reforma em plena aula, e que faz a reforma é o marido da Secretária de Educação com o dinheiro do PDE (Programa Dinheiro na Escola) e que no seu entender era para uma empresa fazer a reforma da Creche, disse que as estradas é um descaso, disse que ainda tem vereador que defende o atual Prefeito.