Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

domingo, 1 de março de 2015

Em jogo movimentado, Bahia e Vitória empatam no Barradão

Em jogo movimentado, Bahia e Vitória empatam no Barradão

   Um jogo muito movimentado marcou o primeiro clássico entre Bahia e Vitória no ano de 2015, disputado neste domingo (1º) no Barradão. Pela 5ª rodada do Campeonato Baiano, o polêmico Neto Baiano (no 1º tempo) e o argentino Maxi Biancucchi (no 2º tempo) marcaram em um Ba-Vi que foi assistido por 14.305 torcedores e terminou empatado em 1 a 1. Com o resultado, o Vitória chegou aos 9 pontos conquistados, enquanto o tricolor baiano chegou aos 7 pontos.

O JOGO
 
O primeiro Ba-Vi de 2015 começou com muita correria e pouca efetividade. Aos 7 minutos, em cobrança de falta, o Bahia foi o primeiro a finalizar. Souza cobrou, mas não assustou o goleiro Fernando Miguel. O Vitória não demorou a responder. Aos 8, Vander levantou bola e causou confusão na área tricolor. Aos 10 minutos, Maxi fez ótimo passe para Kieza na grande área, mas o zagueiro Ednei foi providencial na roubada de bola. Aos 16 minutos, o Bahia perdeu uma ótima chance. Tony fez boa jogada e achou Maxi de frente para o gol, mas o argentino finalizou mal.
 
Leão abre o placar
 
Um minuto depois, o Vitória fez o primeiro gol da partida. Pelo lado direito, Vander invadiu a área e chutou forte para a defesa de Jean. No rebote, Neto Baiano, o maior artilheiro do Barradão, não perdoou. Aos 23 minutos, o Bahia chegou ao ataque em cruzamento de Tony e cabeceio de Titi para grande defesa de Fernando Miguel. 
 
Pittoni expulso
 
Aos 27, expulsão no tricolor baiano. Após deixar o braço em Neto Baiano, o paraguaio Wilson Pittoni recebeu o cartão vermelho do árbitro Jailson Macedo Freitas. Com a vantagem numérica, o Vitória teve maior facilidade para se aproximar da meta tricolor. Aos 38, Vander mandou um chute rasteiro ao lado do gol de Jean. Aos 45 minutos, o Vitória chegou com força ao ataque em uma boa trama, mas a zaga tricolor conseguiu segurar o ímpeto rubro-negro. Aos 48, no último minuto da primeira etapa, o Bahia teve mais uma chance. Souza cobrou falta na área e o arqueiro rubro-negro soltou. No rebote, Thales chutou mas foi bloqueado pela defesa do leão.


 
Segundo tempo
 
No segundo tempo, Élton substituiu Neto Baiano, que teve uma queda de pressão. No primeiro minuto, o Bahia tomou a iniciativa. Souza mandou um chute forte, mas passou por cima do gol rubro-negro. Aos 6, Vander tentou um chute, mas saiu fraco e foi facilmente interceptado pelo zagueiro Thales. O técnico Sérgio Soares promoveu uma substituição dupla aos 8 minutos. Souza e Léo Gamalho deram lugar a Bruno Paulista e Willians Santana. Aos 10, Bruno Paulista levantou bola na área para cabeceio de Kieza. O goleiro Fernando Miguel fez uma espetacular defesa.
 
Tricolor chega ao empate
 
Aos 11 minutos, Willians Santana invadiu a grande área e tocou para Kieza. O camisa 9 do tricolor baiano chuta para mais uma defesa de Fernando Miguel. O pequenino Maxi Biancucchi aproveitou o rebote e empurrou de cabeça para as redes: Vitória 1 x 1 Bahia.´Aos 15 minutos, o Vitória tentou uma resposta com um chute de Élton, mas a finalização passou longe. Aos 18, Ricardo Drubscky promoveu a estreia de Rhayner, ex-Bahia, no lugar de Rogério, que saiu machucado. 
 
Aos 28 minutos, a última alteração no Bahia: Maxi, aplaudido pela torcida tricolor, saiu para a entrada de Rômulo. Aos 30, a cria da base do Bahia teve a chance para virar o placar, mas chutou fraco para a defesa do arqueiro do Vitória. Um minuto depois, o atacante Élton perdeu uma chance incrível depois de um cruzamento de Flávio. Aos 36 minutos, a vez foi do Bahia: Rômulo arriscou e o chute passou ao lado. Aos 39, mais Bahia: Bruno Paulista mandou um chute de muito longe e Fernando Miguel encaixou.

Aos 41, Willians Santana recebeu bom passe na grande área, o goleiro Fernando Miguel se adiantou e interceptou o lance. Aos 44, Jorge Wagner cobrou falta e Jean defendeu.  Aos 46, mais uma ótima chance pro Vitória: Jean fez boa defesa. Um minuto depois, o Bahia perdeu uma ótima oportunidade de virar a partida: Rômulo recebeu ótimo passe de Kieza, limpou o goleiro e chutou pra fora. A última chance da partida foi do leão. Jorge Wagner cobrou falta perigosa, Jean fez ótima defesa. Fim de jogo: Vitória 1 x 1 Bahia.

FICHA TÉCNICA:
Campeonato Baiano­ 5a rodada
Vitória x Bahia
Local: Barradão, em Salvador
Data: 01/03/2015
Árbitro: Jailson Macedo Freitas
Auxiliares: José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias.
Cartões amarelos: Fernando Miguel, Euller, Amaral, Vander, Èlton (Vitória) / Maxi, Titi, Tony, Rômulo, Thales, Raul (Bahia)
Cartão vermelho: Pittoni
Gols: Neto Baiano (Vitória) / Maxi (Bahia)
 
Vitória:  Fernando Miguel, Nino Paraíba, Ednei, Saimon, Euller; Amaral (Jorge Wagner), Flávio, Vander, Escudero; Rogério (Rhayner), Neto Baiano (Élton).
 
Bahia: Jean; Tony, Railan, Thales, Titi e Raul; Tiago Real, Souza (Bruno Paulista), Pittoni; Maxi (Rômulo), Léo Gamalho (Willians Santana) e Kieza. Técnico: Sérgio Soares.

Fonte:http://www.bahianoticias.com.br/esportes/vitoria/11017-em-jogo-movimentado-bahia-e-vitoria-empatam-no-barradao.html