Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

sábado, 3 de janeiro de 2015

UPB: proximidade de eleição acirra disputa entre Quitéria e Machado

Há pouco mais de dez dias da disputa pela presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB), os candidatos apertam o passo para tentar conquistar os votos dos 417 prefeitos vinculados à entidade. Uma grande demonstração da corrida aconteceu na última quinta-feira (1º), na posse do governador Rui Costa (PT), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Enquanto a cerimônia acontecia, Maria Quitéria (PSB) – que tenta a reeleição – e Ricardo Machado (PT) – que quer chegar ao cargo – distribuíam material de campanha e conversavam com prefeitos presentes na cerimônia. 

Com o lema “Município Forte”, Quitéria propõe, entre outras coisas, trabalhar pela adequação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), nomeação do Conselho Consultivo da UPB, que será formado pelos Presidentes das Associações Regionais e Consórcios, com objetivo de garantir a representatividade de todas as regiões do estado nas decisões da entidade e intensificar a luta pelo aumento do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A socialista anunciou, recentemente, que o seu candidato a vice é o prefeito da cidade de Ruy Barbosa, José Bonifácio Dourado (PT). Segundo o Correio, Quitéria diz ter o apoio de mais de 300 prefeitos. 

Machado, em seu material de campanha, ressalta o que chama de “parceria” com o governador Rui Costa. “Após assumir o mandato de prefeito, Ricardo Machado e o então secretário de Relações Institucionais, Rui Costa, uniram forças para trazer recursos, obras e investimentos jamais vistos na história política de Santo Amaro”, diz a peça destruída por militantes do petista no evento. O folheto traz ainda fotos de Ricardo e Rui. Para o pleito, ele tem como propostas a defesa da adoção de um novo pacto federativo, o apoio jurídico a ex-prefeitos e gestores e a ampliação e eficiência do setor de projetos da UPB. 

Como vice da chapa, Ricardo tem Márcio Paiva (PP), prefeito da cidade de Lauro de Freitas, em uma tentativa de reeditar a dobradinha PT-PP, que elegeu Rui Costa e João Leão. Com a promixidade da votação, Quitéria e Machado já trocaram farpas através da imprensa. Em entrevista ao Bahia Notícias, Ricardo acusou a gestão de Quitéria à frente da UPB de usar demais da propaganda, fazer pouco pelos municípios e de ser "mesquinha". Em sua defesa, a socialista disse que o colega prefeito foi "machista", usou "artifício sórdido e mentiroso".

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/municipios/noticia/401-upb-proximidade-de-eleicao-acirra-disputa-entre-quiteria-e-machado.html