Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Trabalhadores bebem água com ratos mortos e passam mal

Cerca de 50 trabalhadores da construtora Prefac, da cidade de Pojuca (distante a 67 km de Salvador), passaram mal na tarde de segunda-feira, 5, após ingerirem água de um reservatório que estava com oito ratos mortos. O incidente aconteceu em uma fazenda na zona rural de Mata de São João, na região metropolitana (RMS).
A água consumida pelos funcionários vinha de um tanque, que possuía um filtro colocado pela própria empresa. Segundo o sargento Radson, da 32ª Companhia Independente da Polícia Militar de Pojuca, eles sentiram mau cheiro na água e subiram no tanque para olhar, foi quando encontraram os animais mortos no reservatório.
"Os funcionários estavam com sede, e mesmo sentindo o mal cheiro continuaram bebendo a água. Por volta das 13h, um deles passou mal, e quando os outros subiram ao tanque avistaram os oito ratos mortos", explica o policial.
Ainda de acordo com o Radson, os funcionários foram encaminhados para um pronto-socorro e, em seguida, para o Hospital Municipal Doutor Carlito Silva, em Pojuca, onde a maioria reside. "Nem todos passaram mal, mas por precaução alguns foram encaminhados para uma avaliação médica", disse o sargento.
Os funcionários deram entrada no hospital por volta das 17h30, porém, na mesma noite foram liberados pela equipe médica. Segundo equipe de enfermagem da unidade, os pacientes receberam soro e ficaram em observação por algumas horas.
Oito ratos foram encontrados no tanque (Foto: Reprodução)
 

Com sede em Pojuca, a Prefac prestava serviço para a empresa Ferbasa, localizada em Mata de São João. Procurada pela reportagem de A TARDE, uma funcionária do setor de recursos humanos, que preferiu não se identificar, informou que ainda não há um posicionamento sobre o caso.
"Nós ainda não podemos passar nenhum detalhe, pois o caso está sendo investigado. A suspeita é que tenha sido uma sabotagem, mas a polícia técnica vai apurar e, em seguida, a empresa se posicionará", disse a funcionária.
Ainda segundo ela, a empresa prestou toda assistência aos funcionários durante a ocorrência. "A médica do trabalho acompanhou toda situação, orientou os funcionários desde o momento que eles começaram a passar mal", disse.
Fonte: http://atarde.uol.com.br/bahia/noticias/1650741-trabalhadores-bebem-agua-com-ratos-mortos-e-passam-mal