Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Sistema Cantareira chega a 4,1% da capacidade; presidente da Sabesp assume 'grave crise'

O nível do Sistema Cantareira apresentou nova queda e agora está com 4,1% de sua capacidade. Não há previsão de chuva para os próximos cinco dias, portanto a tendência é que a situação permaneça. A presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), Dilma Pena, admitiu nesta quarta-feira (15) que o estado passa “por uma grave crise”, e que, caso não chova nos próximos dias, a primeira cota do volume morto do Sistema Cantareira pode acabar em meados de novembro e causar falta d’água na capital paulista. Ainda de acordo com Dilma, restam apenas 40 bilhões de litros de água da primeira cota da reserva técnica. A retirada  começou no dia 16 de maio e há uma possibilidade de utilizar a segunda cota ao acrescentar mais 106 bilhões de litros, que abastecerão 6,5 milhões de consumidores. Em ofício encaminhado ao Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee), a Agência Nacional de Abastecimento (ANA) alertou que a captação da segunda parte já foi iniciada. No documento, a ANA cobra medidas urgentes e a realização de uma vistoria conjunta com o Daee.

Fonte: http://www.bahianoticias.com.br/noticia/161887-sistema-cantareira-chega-a-4-1-da-capacidade-presidente-da-sabesp-assume-039-grave-crise-039.html