Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

domingo, 21 de setembro de 2014

Papa critica uso de religião por extremistas como forma de justificar violência em Tirana

O papa Francisco fez duras críticas neste domingo (21) a extremistas que segundo o pontífice estão “pervertendo” a religião para justificar a violência. Francisco fez a declaração em sua chegada a Albânia, país onde cristãos e muçulmanos sofreram com perseguições e opressão durante o regime comunista. No discurso de abertura, o papa disse ao presidente Bujar Nishani e a autoridades presentes que a harmonia entre religiões da Albânia era um “exemplo inspirador” para o mundo. 

Francisco frisou que a convivência de cristãos e muçulmanos não só é possível como benéfica para o desenvolvimento do país. “O clima de respeito e confiança mútua entre católicos, ortodoxos e muçulmanos é um presente precioso ao país”, declarou Francisco. Durante a visita do papa ao país de maioria muçulmana, a segurança foi mais rigorosa do que de costume em meio a notícias de que militantes que treinam no Iraque e na Síria teriam retornado ao país e poderiam representar uma ameaça. 

Segundo o Estadão, o Vaticano insistiu para que nenhuma medida especial de segurança fosse tomada, mas as interações de Francisco com a população foram diferentes do que ocorreu em viagens anteriores. O carro aberto acelerou pela capital Tirana sem paradas. O papa só fez contato com a população ao beijar alguns bebês no final do caminho, enquanto se aproximava da praça onde celebrou uma missa.

Fonte:  http://www.bahianoticias.com.br/noticia/160641-papa-critica-uso-de-religiao-por-extremistas-como-forma-de-justificar-violencia-em-tirana.html