Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Campanha de vacinação contra o HPV tem baixa adesão em Sorocaba

A campanha de imunização contra o HPV está com baixa adesão em Sorocaba (SP). De acordo com o último levantamento da secretaria de saúde, menos de 5% das adolescentes que têm entre 11 e 13 anos de idade receberam a dose nos postos de saúde nessa segunda etapa da campanha.

A vacina é importante porque é usada na prevenção contra o câncer de colo do útero. HPV é a abreviação de papiloma vírus humano, transmitido principalmente pela relação sexual. No corpo das mulheres o vírus pode causar lesões que levam ao desenvolvimento do câncer do colo de útero.

A mãe de Ana Paula Amaral se preocupa com a saúde da filha e acompanha direitinho as datas em que ela vai precisar tomar as outras duas doses. “ Essa campanha é importante, a vacina é gratuita, então não tem porque não levar”, diz Gilmara Amaral.

Segundo o médico Carlos Alberto Lazar, a doença dá poucas manifestações, as vezes nenhuma. “As vezes a pessoa não sabe que foi infectada pelo HPV, e mais tarde pode desenvolver problemas muito mais sérios”, afirma.

De acordo com o Ministério da Saúde, 15 mil casos de câncer de colo de útero devem surgir no país durante 2014, com estimativa de 4.500 mortes. A dose de reforço está sendo aplicada nas meninas que têm entre 11 e 13 anos e que receberam a primeira dose há seis meses. Um segundo reforço ainda é necessário cinco anos depois da aplicação da primeira dose.
Mesmo quem não recebeu nenhuma vacina contra o HPV e está dentro da faixa etária de imunização pode procurar o posto de saúde mais próximo.

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2014/09/campanha-de-vacinacao-contra-o-hpv-tem-baixa-adesao-em-sorocaba.html