Veja no Blog

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Vereador Dr. Miguel retorna para a Câmara depois de 90 dias de licença em Inhambupe



O vereador Dr. Miguel falou do seu retorno e do apoio e compreensão de todos os companheiros e que deixou fortalecido, muitas pessoas questionavam por que não retornava por que tinha vendido o mandato por 300 mil, 400 mil ou milhão de reais, e disse que esse deve ir para casa de cada um que estava necessitando, disse que eram comentários pequenos e mesquinhos e sem procedência, e disse que está acima de todos eles graças a Deus, disse que resolveu os seus problemas e agradeceu a compreensão de todos e hoje se sente recuperado e pronto para retornar as atividades da casa e disse a todos que gostaria de vê expedido um oficio da casa concordando um representante legal do Instituto Nacional do Meio Ambiente, para que preste esclarecimento, por quê houve a interrupção do Rio Pequeno e devastaram grande parte do Rio Inhambupe, interceptaram o curso do afluente do Rio Inhambupe, rancaram as árvores, mataram os animais, destruíram e fizeram o novo curso modificando o curso natural daquele afluente, aplicaram uma multa de R$ 10 mil ao município que até hoje não foi recolhido e o INEMA nem se quer notificou o município para pagar, está lá o Rio Pequeno interceptado, as fazendas ribeirinhas prejudicadas e todos sem produzi com atos irresponsáveis, e disse que ninguém toma providencias, disse que já denunciou na Câmara e gostaria que fosse convocado um responsável desse setor do INEMA para se tenha uma resposta, para que se possa ir ao Juiz pedir uma autorização e desobstrução desse afluentes, pois o Rio Inhambupe já está morrendo cheio de lixo, é preciso que se conciente que a agua doce do mundo está acabando, o rio Inhambupe é uma dadiva de Deus para o município, da administração publica como todo e da população que é fiscalizar e tentar salvar esse patrimônio, disse se não tomar as providencias agora em breve não terá mais água no Rio Inhambupe, disse que queria está ali naquela cadeira para brigar em defesa do Rio Inhambupe, disse que foi aprovado no ano passado uma lei ambiental do município que determina que o Poder Público Municipal dentro de 12 meses retire todo o sistema de esgoto que é despejado no Rio Inhambupe, e já passado 2 anos, disse quando era criança tomava banho no rio e hoje ninguém queira entrar e sai se coçando e espera que não fique no esquecimento, falou também da segurança publica está na UTI e disse que cuide da segurança e disse que teve assassinatos brutais no Novo Inhambupe foi assassinado um trabalhador a facadas, recentemente perdeu um empresário e outro no Entrocamento de Sátiros com 6 tiros, e as pessoas vivem com medo pensando que pode ser a próxima vitima a morrer assassinada, esse povo não pode viver no seio da sociedade, é preciso que se convoque o chefe da Polícia Militar para traçar metas e cobrar do Poder Publico municipal condições para que eles desenvolvam melhor serviço e possam trazer mais segurança, trazer mais polícias para a cidade, quando você chega na delegacia a noite e tem um carcereiro e chega uma pessoa armada e coloca todos os presidiários na rua, pois não tem segurança, disse também que liga para a polícia militar 50 vezes 10 horas da noite para pedir socorro e ninguém atende telefone, disse que o bairros estão tomados de traficantes ou usuários de drogas, e as famílias se sentem seguras e abandonadas, as famílias inhambupenses estão presas em suas casas, enquanto os bandidos estão na rua fazendo e acontecendo, tudo que está se vendo aí no dia-a-dia, chamou todos os vereadores e disse que é missão de todos, se o Prefeito não fizer é problema dele, disse que irá cobrar e disse que os vereadores estão preocupado, a Vereador Simone Rocha falou que no tempo que ela era presidente da Câmara tinha solicitado os três poderes e disse que se reuniram lá Fórum para que fosse traçado esse meta, essa reunião seria mensalmente e logo depois que ela deixou o cargo de Presidente da Câmara acabou as reuniões com o Delegado da Polícia Civil, com a Polícia Militar e com o Poder Judiciário, disse que do jeito que está não pode mais ficar como tem pais de famílias vê seu filho baleado, morto lá nas ruas  e disse que precisa urgentemente de proteção, o Vereador Eliezer falou que não só o poder o município e agora tem que dá a resposta a esses deputados, pois se prende um marginal e logo depois está nas ruas, por causas das leis e é isso que precisa ser mudado, é o código penal do país,  falou da sua revolta com os deputados e senadores que chegam sem fazer nada, o Vereador Dr. Miguel disse que tinha em Inhambupe escolinha de futebol no Novo Inhambupe com 50 a 60 alunos, Inhambupe precisa de escolinha instalada de futebol no Formoso, Flechas com 60 ou 70 alunos, com equipes nos três turnos, e as crianças eram atraídas pelo o esporte, e fugiam das drogas, e hoje não tem mais essas escolas, disse que administração não se preocupa em conduzi essas crianças a uma atividade licita, para tirar do foco das drogas e da criminalidade, disse que tem escola em tempo integral no Novo Inhambupe, onde a criança chega 7 horas toma café as 10 horas, almoça as 12 horas, tem oficinas as 14 horas, toma café e vai para a casa as 17 horas, tem o dia inteiro na escola enquanto os pais trabalham, disse que é preciso fazer novas escolas em tempo integral, precisa dessas escolas no Bairro da Pedreira, Amarela, Mandacaru, Nova Olindina, são áreas pobres onde as crianças, os pais que precisam trabalhar.