quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Papa afirma ter incertezas em sua fé

Todo mundo, inclusive o Papa, tem incertezas e dúvidas sobre sua fé, mas isso não é motivo de preocupação, afirmou na quarta-feira o sumo pontífice argentino Francisco durante sua audiência geral.

"Todos experimentamos extravios, incertezas, dúvidas. Quem não experimentou? Todos, eu também! Faz parte da fé", afirmou diante de mais de 50.000 fieis de todo o mundo reunidos na praça de São Pedro, no Vaticano. "Somos seres marcados por fragilidades e limites, não há por que preocupar-se", acrescentou.

Francisco também pediu aos fieis que rezem e "encontrem o valor e a humildade para abrir-se aos demais e pedir-lhes ajuda" em momentos de crise.

Com um enfoque muito diferente de seu predecessor, Bento XVI, Francisco se coloca no nível dos cristãos e assegura que quer ser um "papa normal", reconhecendo que é pecador, tem grandes defeitos, como ser desorganizado ou autoritário, e que cometeu erros e viveu crise morais.

Esta forma de apresentar-se é criticada por alguns crentes, que acham que o Papa, o vigário de Deus na Terra, não deveria descer de seu pedestal. 

Fonte: http://camacarinoticias.com.br/leitura.php?id=234437