segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Saiba quando começar a usar cremes anti-idade

Muitas mulheres se perguntam qual a hora certa de começar um tratamento contra rugas, mas só mesmo o seu médico poderá dizer. Isso vai depender muito do tipo e da cor de pele de cada paciente. O que se pode garantir é que o acúmulo de tempo de exposição ao sol também conta muito. As marcas de envelhecimento da pele são consequência da degradação das fibras de colágeno e elastina, num processo que acontece naturalmente com a idade. Entretanto, cerca de 85% dos casos são agravados devido à exposição exagerada ao sol, principalmente sem proteção.

Para a especialista em cosmiatria Raquel Tancsik Cordeiro, o mais importante anti-idade é o filtro solar e seu uso deve ser iniciado o quanto antes. Porém, seus efeitos só começam a ser percebidos exatamente nessa fase em que se indicaria um creme contra o envelhecimento. Quanto mais frequente e precoce for a proteção da pele, mais tarde os antirrugas serão necessários. "Normalmente, ninguém precisa de recursos anti-idade antes dos 30 anos", diz a dermatologista Ediléia Bagatin.

Outros fatores como distúrbios hormonais, consumo excessivo de álcool, cigarro e alimentação inadequada somam mais pontos a favor do envelhecimento. "Prevenir o aparecimento de rugas nada mais é que controlar os fatores desencadeantes", simplifica Ediléia. Para uso diário, um filtro com boa proteção UVB e UVA aplicado de duas a três vezes ao dia já é suficiente. "A partir dos 30 ou 35 anos, podem ser iniciados os tratamentos considerados anti-idade, sempre com orientação dermatológica", afirma Raquel. Os cremes com este objetivo, normalmente, contém vitaminas, substâncias antioxidantes, produtos que estimulam o colágeno, hidratantes, clareadores para manchas, entre outros.

Para Ediléia, os antirrugas que realmente funcionam devem ter as seguintes substâncias na fórmula: retinol, retinladeído, ácido retinoico, ácido glicólico ou vitamina C, na forma de ácido ascórbico levógero. Entre a seleção, o destaque absoluto é para o ácido retinoico: Trata-se de um derivado da vitamina A, com inúmeras funções. "Ele ajuda no controle da proliferação das células, acelera a perda das células mortas e reverte os danos causados pelo sol ao DNA das células", explica.

O que acontece é que muitos jovens, a partir dos 25 anos, despertam para a necessidade deste cuidado específico com a pele do rosto como forma de prevenção contra flacidez, algumas ruguinhas e manchas. As peles normais ou secas podem necessitar de tratamento mais precoce. Pessoas que tensionam muito os músculos do rosto, principalmente o orbicular, ou porque têm os olhos claros ou porque possuem problemas de visão, têm mais propensão e podem iniciar o tratamento um pouco mais cedo.

Nesta infinidade de produtos para escolher e aplicar, comece sempre pelo hidratante. Muitos já têm componentes antirrugas, manchas, olheiras e flacidez. Deixe o protetor solar sempre por último, para que a absorção não seja prejudicada por outras camadas de cosméticos.

Fonte:http://yahoo.minhavida.com.br/conteudo/12608-Saiba-quando-comecar-a-usar-cremes-antiidade.htm

Um comentário:

  1. CUIDADOS GLOBAIS PARA O ROSTO E COLO DA PELE MADURA OU AMADURECENDO AGREGANDO EFEITO CLAREADOR

    Conheço o sofisticado creme HELIXIENCE CREME de cuidados globais para o rosto com efeito clareador para peles maduras com rugas e / ou com sinais de hiperpigmentação

    Ele contem nanocápsulas de flavonoides de frutas cítricas que inibem a síntese de melanina, diminuindo a hiperpigmentação.assim como ativos com ação hidratante, Antiinflamatória e anti-edematosa. Contem silanol com ação refirmadora, acido marunico com efeito quelador e Algisuim C com efeito anti-glicolização.

    E um dos lideres de mercado de institutos na França e o resultado é simplesmente glamouroso como a origem dele, produzido em MÔNACO, NA RIVIEIRA FRANCESA .


    ELE É TAMBÉM PRESCRITO POR DERMATOLOGISTAS.


    ESTUDOS DE EFICACIA MENSURAVEL:

    Estudo 1 : período 6 horas
    Diminuição em 21% da taxa de peróxidos cutâneos

    Estudo 2 : período 60 dias
    Medições: 60% das voluntárias apresentaram clareamento da hiperpigmentação, medido por cromatômetro.
    Avaliações sensoriais: 100% das voluntárias julgaram sua pele 'mais bonita', 100% mais suave e macia, 90% mais lisa, 80% com manchas mais claras, 60% com diminuição do tamanho das manchas, e 40% que suas manchas desapareceram. A associação foi apreciada e bem tolerada por todas as voluntárias.

    consulte os sites ( são sites técnicos e não de venda):

    www.asepta.com ( da França )
    www.asepta.com.br ( no Brasil )

    ResponderExcluir