Veja no Blog

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Veja como foi a Sessão da Câmara de Vereadores de Inhambupe (16-05-2017)












A sessão da Câmara de ontem(16) foi demorada, pois começou às 18h07min e terminou por volta das 20h25min, com a presença da grande maioria dos vereadores, e a ausência do Presidente Jeovan que estava em Brasília junto com o Prefeito Nena, de Edilson e Zé de Dite.


Inha da Lagoa falou sobre o colégio Fábio Souto que tem um gato de energia e pediu providência, disse que a Direção não tem diálogo aberto, que a bomba da região fica a noite toda ligada, falou que a filarmônica tem mais de 9 meses sem aula, falou do trabalho de Jhunner Luz que precisa de um espaço cultural juntamente com o seu grupo de dança, disse também que falta comunicação para os vereadores.


O Vereador Eres falou que terminaram as melhorias das estradas da região de Feijão de Corda e agora a máquina irá para outro lugar e falou que a Prefeitura juntamente com a Coelba irá fazer um levantamento e diagnosticar onde tem gato de energia.


O Vereador Jardiel falou sobre o PPA (Plano Pluri Anual) e disse que não sabe onde tem as reuniões, falou que patrocina quase tudo, falou da abertura da Creche Professora Florença para o próximo dia 22 na Baixa Grande, falou que foi feita a vistoria do transporte dos estudantes e que muitos vereadores não sabiam, e o Vereador Gleibson disse que foi feita duas vistorias.


O Vereador Uelson falou da situação da comarca que poderá sair do município a qualquer momento, e tomou a responsabilidade e pediu que é preciso um ofício com assinatura dos 13 vereadores e encaminhar ao Tribunal Eleitoral de Salvador, já tem 8 dias sem transporte para os alunos na Lagoa.

O Vereador Gleibson falou que atravessa momentos difíceis na cidade, disse que os vereadores estão sendo esquecidos de ser avisados, citando que ficou sabendo de última hora a vistoria do transporte dos estudantes, disse que a Moacir Tur ganhou a licitação e ainda não foi homologado, falou que é preciso que a comarca de Inhambupe não saia do município, que todos lutem para ter uma Previdência Social, um melhor hospital, reativar o Banco do Brasil, resolver a situação da Caixa, disse que não concorda com a saída da Comarca e falou da situação do Botelho, Lagoa Seca e Pedreira que tem uma situação de água que não é boa, passam um dia com água e oito dias sem.

O Vereador Dai disse que gostou de todas as falas e fica triste por causa do secretariado que não passam o que acontecem em suas secretarias, falou que muitos agricultores perguntam sobre as sementes e horas de trator e que não tem respostas, disse que não tem merenda suficiente nas escolas, algumas tem bolacha seca sem café, leite ou nescau.


O Vereador Eliezer falou sobre a licitação do transporte dos estudantes e que todos sabiam quem iria vencer, ganhou que deu o maior preço.