sábado, 12 de março de 2016

Tatuagens diminuem risco de contrair doenças, diz pesquisa

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade do Alabama, nos Estados Unidos, promete incentivar ainda mais as pessoas a fazerem tatuagens. Segundo o estudo, o corpo reage cada vez melhor a cada novo desenho feito na pele. Com a melhor resposta imunológica, o organismo se torna menos suscetível a infecções, diminuindo o aparecimento de novas doenças. Isso só acontece, no entanto, a partir do momento que a pessoa faz a segunda tatuagem. Ainda segundo os cientistas, a cada nova tatuagem feita caem as taxas de imonuglobina A e cortisol, hormônio relacionado ao estresse, no organismo; o que, de acordo com a pesquisa, fortalece o corpo. O estudo foi feito com um grupo de 24 mulheres e cinco homens.

Fonte: http://www.aragaonoticias.com.br/