Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Veja como foi a primeira Sessão da Câmara de Vereadores do ano em Inhambupre 16-02-2016













Na noite dessa terça-feira(16)  a primeira sessão da Câmara de Vereadores no ano de 2016 começou com poucos vereadores,  o início estava previsto para começar às 17 horas e começou por volta das 17h44min, tendo apenas sete vereadores.

Antes por volta das 17h30min só tinha cinco que foram: Humberto, Fabrício, Jeovan, Dai e Dr. Miguel, por volta das 17h32min chegou o Vereador Zé de Dite, ás 17h35min chegou o Vereador José Uelson.

Na falta do Presidente, o Vereador Jeovan assumiu os trabalhos da Sessão que começou às 17h44min.

Depois que começou a Sessão ainda chegaram Cloves por volta das 17h54min, às 18h05min chegou o vereador Marquinhos pensando que a sessão iria começar às 18 horas, a Vereador Izabel chegou por volta das 18h14min, Querido chegou por volta das 18h25min.

Ainda faltaram os vereadores Eliezer e Simone, mas a sessão durou 1h41min.

No início ficou informado que as indicações serão votadas no plenário.

O Vereador Humberto agradeceu a todos.

O Vereador Uelson falou que o Projeto de lei de licença ambiental não está claro, falou que a reunião com o Prefeito para tratar do transporte dos estudantes universitário, onde ficou o pedido para se fazer um levantamento da quantidade, falou também sobre o corte de energia que já ficou restabelecida na Comunidade de Mandacaru onde a bomba da água parou de funcionar, bomba essa que era da Associação que ficou desativado e agora quem toma conta é a Prefeitura, a água da região atendeu cerca de 22 famílias que agoniza quando falta água, pediu a todos que se caminhe em harmonia para levar a política e a cidadania para todos os inhambupenses.

O Vereador Dr. Miguel falou sobre a sua revolta em relação da gestão trata o atual parlamento com uma falta de respeito, disse que houve o espaço da defesa do Poder Público, mas entregou o documento de defesa em branco, falou que não adianta mas criticar o governo que tem que se afastar sim e não pode esperar até o fim do ano, falou que não admite que um vereador defenda o Poder Público e que é preciso saber que os interesses da coletividade é mais importante do que o individualismo, disse que tem que arquivar a Comissão Parlamentar Processante e fazer outra imediatamente, falou que se paga cerca de R$ 59 mil para a Escola Agrícola para implantar uma horta nas escolas e não existe.

O Vereador Jeovan falou da comoção sobre a morte de Vera Gonçalves que é uma pessoa da Comunidade de Volta de Cima e que é necessário que se preste uma homenagem para os familiares, falou que nessa quarta(17) os estudantes do Colégio Estadual Simone Nery estará ao vivo na aula inaugural na TV Educativa de Salvador no horário de 08 horas até às 10 horas, falou que esteve com mais de 100 alunos juntamente com os vereadores Uelson e Querido, onde se reuniram com o Prefeito Benoni, falou ao Prefeito que é justo que ele termine o mandato fechando com chave de ouro, sendo o único Prefeito que atendeu os estudantes universitário com transporte escolar, falou que antigamente era difícil, falou que a ex-Prefeita Simone comprou  o terreno do Saguin, que o ex-Prefeito Leônidas comprou as terras do finado José Bispo que foi o terreno que tem hoje o Colégio Simone Nery, disse que tem pessoas da Prefeitura tentando grilar os terrenos, tentando vender os lotes.

O Vereador Marcos falou sobre o sinal de vontade do Poder Executivo para tentar melhorar, falou sobre o horário da Sessão e que seria melhor às 18 horas, mas aceita a opinião da maioria, falou que a Comissão Parlamentar Processante foi dificultada pelo o Poder Executivo e disse que é necessário que se cumpra o CPP que tem data para terminar, disse que tem uma quadrilha que quer se apropriar dos terrenos públicos e parabenizar o Vereador José Uelson que pediu em indicação as escrituras de todos os terrenos públicos.