Impostômetro de Inhambupe

Veja no Blog

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Câmara Municipal poderá afastar prefeito Benoni Leys na sexta(5) em Inhambupe

A Câmara Municipal de Vereadores do Município de Inhambupe (a 160 quilômetros de Salvador) decidirá, nesta sexta-feira (5), se afasta o prefeito do município, o agrônomo Benoni Eduard Leys (PT).

 Benoni Leys é alvo de denúncia por irregularidades no processo licitatório dos festejos juninos de 2013.  De lá até os dias atuais, o governo municipal mergulhou em uma série de desencontros que levou o município aos um caos total.
 
A pedido da Comissão Parlamentar Processante - CPP, o presidente da Câmara Municipal de Inhambupe, Everaldo Batista Andrade, convoca um Sessão Extraordinária para a próxima sexta(5), às 18:00h, para que seja votada o afastamento de 90 dias do Prefeito Municipal, Benoni Leys.    
Segundo o vereador Jeovan Vieira, “A comissão processante está sendo prejudicada por manobras da administração não houve se quer um testemunha ouvido pois os mesmos são orientados a não irem sendo que o advogado disponibilizou o endereço do seu escritório errado para dificultar as notificações e consequentemente a comissão” - que escreveu em um grupo de whatsapp.
Ainda segundo o vereador, o documento de afastamento já conta com sete assinaturas, precisando de mais uma ou duas para afastar o gestor.

Caso o prefeito municipal seja afastado, o vice-prefeito Fortunato Silva, assumira a administração por 90 dias ou a depender do desenrolar dos processos. 
O presidente da CPP é o vereador Marcos Martins.
(Fonte- Blog Ronaldo Leite) 
http://davidgouveiablogshow.blogspot.com.br/2016/02/inhambupe-camara-municipal-podera.html